Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5046
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorCarneiro, Ana Cristina Guimarães-
dc.date.accessioned2015-05-08T14:45:03Z-
dc.date.accessioned2018-07-20T23:53:16Z-
dc.date.available2010-12-29-
dc.date.available2018-07-20T23:53:16Z-
dc.date.issued2010-02-25-
dc.identifier.citationCARNEIRO, Ana Cristina Guimarães. Avaliação das Mudanças Recentes na Matriz Energética Brasileira e nas Emissões de CO2 Através do Modelo Insumo- Produto. 2010. 89 f. Dissertação (Mestrado em Economia do Trabalho e Economia de Empresas) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2010.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5046-
dc.description.abstractThe global energy mix, including Brazil, has shown changes as their main sources of energy, in order to ensure efficiency and continuity of the production process. In this sense, this work aims to verify, through the hybrid input-output, such as changes in the Brazilian energy matrix between 2000 and 2005 impacted the intensity of CO2 emissions in Brazil. The hybrid matrix built account the energy consumed in the production process as a whole, taking into account the energy consumed in the production of final goods as well as the as the one used in the production of intermediate goods. Such research is necessary because there is a growing concern about environmental issues, and increased use of energy, whatever the source, increases the emission of CO2 in the atmosphere at the same time that energy resources are fundamental inputs for growth economic. For this, we used the input-output hybrid contemplating energy sectors to meet both cross-industry fuel consumption and thus CO2 emissions. In addition, we use the structural decomposition analysis to assess whether the change in emission is a result of technological change or whether it is a result of a demand shock. The result observed is that between the years 2000 and 2005 was the replacement of more polluting sources by less polluting as gas, mainly in the sectors of oil refining. But the increase in energy intensity generated an increase in CO2 emissions despite the natural gas is less polluting. For the energy sector, this variation is due mainly to changes in final demand.eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2015-05-08T14:45:03Z (GMT). No. of bitstreams: 1 arquivototal.pdf: 658080 bytes, checksum: e04e46eeccee4aa62cffa4e241b4f09f (MD5) Previous issue date: 2010-02-25eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-07-20T23:53:16Z (GMT). No. of bitstreams: 2 arquivototal.pdf: 658080 bytes, checksum: e04e46eeccee4aa62cffa4e241b4f09f (MD5) arquivototal.pdf.jpg: 3604 bytes, checksum: 7281c110d0cd2618076d58a0cbe12325 (MD5) Previous issue date: 2010-02-25en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal da Paraí­bapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectInsumo-Produtopor
dc.subjectEnergiapor
dc.subjectEmissão de CO2por
dc.subjectAnálise de Decomposição Estruturalpor
dc.subjectInput-outputeng
dc.subjectEnergyeng
dc.subjectCO2 emissioneng
dc.subjectStructural Decomposition Analysiseng
dc.titleAvaliação das Mudanças Recentes na Matriz Energética Brasileira e nas Emissões de CO2 Através do Modelo Insumo- Produtopor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Araújo Júnior, Ignácio Tavares de-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/3420532885237215por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/7641686662966528por
dc.description.resumoAs matrizes energéticas mundiais, inclusive a brasileira, vêm apresentando mudanças quanto as suas principais fontes de energia, como forma de garantir a eficiência e a continuidade do processo de produção. Nesse sentido, o presente trabalho objetiva verificar, através da matriz insumo-produto híbrida, como transformações na matriz energética brasileira entre 2000 e 2005 impactaram na intensidade de emissão de CO2 no Brasil. A matriz insumo-produto híbrida contabiliza a energia consumida no processo produtivo como um todo, levando em consideração a energia gasta na produção de bens final como também aquela utilizada na produção de bens intermediários. Tal pesquisa faz-se necessário porque há uma crescente preocupação com a questão ambiental, e o aumento do uso de energia, seja qual for à fonte, aumenta as emissões de CO2 na atmosfera ao mesmo tempo em que os recursos energéticos são insumos fundamentais para o crescimento econômico. Para isso, foram contemplados setores energéticos para conhecer as mudanças intersetoriais do consumo de combustíveis, e consequentemente da emissão de CO2. Além disso, utiliza-se a Análise de Decomposição Estrutural para avaliar se a variação da emissão é resultado de uma mudança tecnológica ou se é consequência de um choque de demanda. O resultado observado é que entre os anos de 2000 e 2005 houve a substituição de fontes mais poluentes por menos poluentes como o gás natural, principalmente nos setores de refino de petróleo. Mas, o aumento da intensidade energética, gerou um acréscimo na emissão de CO2 apesar do gás natural ser menos poluente. Para o setor energético, essa variação é conseqüência, principalmente, de mudanças na demanda final.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentEconomia do Trabalho e Economia de Empresaspor
dc.publisher.programPrograma de Pós Graduação em Economiapor
dc.publisher.initialsUFPBpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ECONOMIApor
dc.thumbnail.urlhttp://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/retrieve/13389/arquivototal.pdf.jpg*
Appears in Collections:Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA) - Programa de Pós-Graduação em Economia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf642,66 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.