Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5881
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorNascimento, Juliano Moreira do-
dc.date.accessioned2015-05-14T12:17:28Z-
dc.date.accessioned2018-07-21T00:10:28Z-
dc.date.available2011-04-14-
dc.date.available2018-07-21T00:10:28Z-
dc.date.issued2011-02-25-
dc.identifier.citationNASCIMENTO, Juliano Moreira do. Os bancos de sementes comunitários na construção dos territórios de Esperança: o caso do assentamento Três Irmãos/ PB. 2011. 245 f. Dissertação (Mestrado em Geografia) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2011.por
dc.identifier.urihttps://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/5881-
dc.description.abstractThe valorization of the cultivation of sustenance is related to the construction of new territories, strengthened by various local cultures, in many cases, assigned to a mystical value, social, historical, political and economical. In Brazil, mainly in the Northeast, the tradition of seed storage today reduced due to new techniques introduced by agricultural modernization is a form of guarantee power in times of drought and of quality seeds for planting at the right time. This thesis aims to analyze a form of pleasant resistance to the process of capital‟s domination in the agriculture, the Seed Bank comunities (BSC acronyn in Portuguese), through the case study of BSC from settlement called Três Irmãos. To do this, we highlight as specific objectives: a) to debate the meanings on the territory, rural development and sustainable agricultural practices, while categories of theoretical reasoning and analysis; b) redeem the historical process of territorial from Sertão of Paraíba - one region from the state- formation in the light of uneven development of capitalism and combined in the field; c) retrieve and discuss the historical process of construction of the territory of the settlement and BSC Três Irmãos (Triunfo PB); d) understand the social, economic, cultural and political dynamics of seed banks and their reflections on the territories. The locus of research was the settlement Três Irmãos composed of 74 families, distributed in 6 parts: Três Irmãos, Mulunguzinho, Tabuleiro Grande, Cróa and Vertente, located in the microregion of Cajazeiras. Choosing this Settlement occurred due to the fact he was the first in the Sertão of Paraiba to develop a Community seed bank in the 1990s being the third in Brazil. The methodology used was a case study of quantitative and qualitative approach with emphasis on second. Data collection was performed from Exploratory Research interviews, testimonials of family farmers, people from NGOs and technicians, plus comments, field visits and attendance at events. The Paper is divided into four chapters, besides the introduction and final considerations. It is concluded that seed storage represents a form of resistance to negative impacts on the field, caused by the prevailing capitalist model; Furthermore, it contributes to the strengthening of territories of hope by sharing knowledge and seeds to farmers about their localities; also, collaborates with the rescue of new and old peasant production techniques, in Paraíba, which culminates in the State Party of Seed of Passion.eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2015-05-14T12:17:28Z (GMT). No. of bitstreams: 1 parte1.pdf: 2181706 bytes, checksum: c9955f222106de763afe071b312bcaf3 (MD5) Previous issue date: 2011-02-25eng
dc.description.provenanceMade available in DSpace on 2018-07-21T00:10:28Z (GMT). No. of bitstreams: 2 parte1.pdf: 2181706 bytes, checksum: c9955f222106de763afe071b312bcaf3 (MD5) parte1.pdf.jpg: 5311 bytes, checksum: 51fcc19f5149d94525ecff9a7dd93b3e (MD5) Previous issue date: 2011-02-25en
dc.description.sponsorshipCoordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior-
dc.formatapplication/pdfpor
dc.languageporpor
dc.publisherUniversidade Federal da Paraí­bapor
dc.rightsAcesso Abertopor
dc.subjectBanco de Sementes Comunitáriopor
dc.subjectAssentamento Três Irmãospor
dc.subjectSertão da Paraíbapor
dc.subjectCommunity Seed Bankeng
dc.subjectSettlement Três Irmãoseng
dc.subjectSertão of Paraíbaeng
dc.titleOs bancos de sementes comunitários na construção dos territórios de Esperança: o caso do assentamento Três Irmãos/ PBpor
dc.typeDissertaçãopor
dc.contributor.advisor1Moreira, Emilia de Rodat Fernandes-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/1864540448909833por
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/4992776835525253por
dc.description.resumoA valorização do cultivo de alimentos está relacionada à construção de novos territórios, fortalecidos por diversas culturas locais, em muitos casos, atribuídos a um valor místico, social, histórico, político e econômico. No Brasil, principalmente no Nordeste, a tradição da estocagem de sementes - hoje reduzida devido às novas técnicas introduzidas pela modernização agrícola - é uma forma de garantia de alimentação em tempos de estiagem e de sementes de qualidade para o plantio na época certa. Esta dissertação objetiva analisar uma forma de resistência camponesa ao processo de dominação do capital na agricultura, o Banco de Sementes Comunitário, através do estudo de caso do BSC do Assentamento Três Irmãos. Para isso, elencamos como objetivos específicos: a) rediscutir as acepções sobre território, desenvolvimento rural e práticas agrícolas sustentáveis, enquanto categorias de fundamentação e análise teórica; b) resgatar o processo histórico de formação territorial do Sertão paraibano à luz do desenvolvimento desigual e combinado do capitalismo no campo; c) recuperar e discutir o processo histórico de construção do território do Assentamento e do BSC Três Irmãos (Triunfo - PB); d) entender a dinâmica social, econômica, cultural e política dos Bancos de Sementes e seus reflexos sobre o território. O locus da pesquisa foi o Assentamento Três Irmãos, composto por 74 famílias, distribuídas em 06 glebas: Três Irmãos, Mulunguzinho, Saco, Tabuleiro Grande, Croá e Vertente, localizadas na microrregião de Cajazeiras. A escolha desse Assentamento ocorreu devido ao fato dele ter sido o primeiro, no Sertão Paraibano, a desenvolver um Banco de Sementes Comunitário, na década de 1990, sendo o terceiro do Brasil. A metodologia utilizada foi um estudo de caso, de abordagem quanti-qualitativa, com ênfase à segunda. A coleta de dados foi realizada a partir de entrevistas semiestruturadas, depoimentos de agricultores familiares, agentes de ONGs e técnicos, além de observações, visitas de campo e participação em eventos. O trabalho está dividido em quatro capítulos, além da introdução e das considerações finais. Conclui-se que a cultura de estocagem de sementes representa uma forma de resistência aos impactos negativos no campo, causados pelo modelo capitalista vigente; Ademais, contribui para o fortalecimento dos territórios de esperança através da partilha de sementes e dos conhecimentos dos camponeses sobre suas localidades; também, colabora com o resgate de novas e antigas técnicas de produção camponesa que, na Paraíba, culmina na Festa Estadual da Semente da Paixão.por
dc.publisher.countryBRpor
dc.publisher.departmentGeografiapor
dc.publisher.programPrograma de Pós Graduação em Geografiapor
dc.publisher.initialsUFPBpor
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS EXATAS E DA TERRA::GEOCIENCIASpor
dc.thumbnail.urlhttp://tede.biblioteca.ufpb.br:8080/retrieve/14313/parte1.pdf.jpg*
Appears in Collections:Centro de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN) - Programa de Pós-Graduação em Geografia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
parte1.pdf2,13 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.