Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/11080
metadata.dc.type: TCC
Title: SALA DE AULA INVERTIDA E HISTÓRIA DA CIÊNCIA: EXPLORANDO NOVAS METODOLOGIAS NO ENSINO DE QUÍMICA
metadata.dc.creator: Silva, Thamires Ribeiro da
metadata.dc.contributor.advisor1: Santos, Maria Betania Hermenegildo dos
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Gonçalves, Catarina Carneiro
metadata.dc.contributor.referee1: Pereira, Franklin Kaic Dutra
metadata.dc.contributor.referee2: Xavier, Wilson José Félix
metadata.dc.description.resumo: A disciplina de Química ainda é apresentada de forma mecânica e descontextualizada já que muitos professores limitam-se a expor o conteúdo no quadro e utilizar exercícios que são facilmente solucionados por memorização de conceitos, não instigando o aluno a pensar e desenvolver seu lado crítico. Essas são as chamadas aulas tradicionais, sendo o aluno ainda visto como mero espectador do processo de ensino-aprendizagem. Diante desta realidade, essa pesquisa teve como objetivo analisar a aplicação da Sala de Aula Invertida e da História da Ciência como metodologias para o ensino do conteúdo Modelos Atômicos. O público-alvo foi composto por 28 alunos de uma turma de 1º ano do Ensino Médio de uma Escola Estadual da cidade de Areia-PB, que foram escolhidos por estarem ingressando nesse nível de ensino. A pesquisa teve uma abordagem qualitativa; de caráter exploratório quanto aos objetivos traçados; e estudo de caso, em relação aos procedimentos utilizados. A proposta trabalhou o conteúdo Modelos Atômicos por meio de uma Sequência Didática composta por nove momentos, sendo realizadas atividades como o mapeamento dos conhecimentos prévios dos alunos, a aplicação da Sala Aula Invertida, a confecção de mapa conceitual e utilização da História da Ciência, através da História em Quadrinhos. Os dados foram coletados através de grupos focais, observações in loco, tempestade de ideias e desenhos para coleta dos conhecimentos prévios dos alunos, análise da História em Quadrinhos Mundo dos Átomos e elaboração de uma História em Quadrinhos por parte dos discentes, sendo esses examinados através da análise de conteúdo. Os resultados obtidos permitiram perceber que a proposta da Sala de Aula Invertida associada à História da Ciência possibilitou a realização de aulas interativas, nas quais os alunos eram os protagonistas do processo de aprendizagem. Apesar das dificuldades iniciais, os discentes conseguiram desenvolver as atividades propostas, já que estes tinham a oportunidade de utilizar sua criatividade e conhecimento. Assim sendo, é possível afirmar que a Sala de Aula Invertida pode e deve ser utilizada nas aulas de Química como metodologia ativa e que é possível potencializá-la ao se utilizar como aliada uma metodologia específica do Ensino de Ciências, como é o caso da História da Ciência, mas que para tal é necessário enxergar o processo de ensino-aprendizagem como um momento de aprendizado mútuo entre professor e alunos e não como um monólogo estrelado pelo docente detentor de todo saber.
Abstract: Chemistry classes are still presented in a very mechanical and decontextualized way, where the teacher is limited to the content exposition on the board and uses exercises that are easily solved by memorizing concepts, not instigating the student to think and develop their critical thinking. These are called traditional classes, where the student is still seen as a mere spectator of the teaching-learning process. Based on this reality, this research aimed to use the Inverted Classroom as an active methodology for teaching of the Atomic Models content. Twenty-eight students from the 1st grade class of high school were the target audience from a Public State School in the city of Areia-PB, which were chosen because of this level of education. The research had a qualitative approach; exploratory character, regarding the objectives outlined; and case study, in relation to the procedures used. The atomic models were worked by a teaching sequence in nine moments, where activities, such as the mapping of students' previous knowledge, the application of the Inverted Classroom, the creation of a conceptual map and use of the Story of Science through Comics. Data were collected through focus groups, in loco observations, brain storms, and drawings to obtain students' previous knowledge; analysis of the Story in Comics World of Atoms and elaboration of a Comics Story by the students, examined by the analysis of the content. The obtained results allowed the observation that the Inverted Class Room associated with the Story of Science made possible the classes to be interactive, where the students were the protagonists of the learning process. In spite of the initial difficulties, the students were able to develop the activities, since they had the opportunity to use their creativity and knowledge.Thus, it is possible to state that the use of the Inverted Classroom can be used in Chemistry classes as an active methodology that is capable of potentiate it if used as an ally to a specific methodology of science teaching as the case of Story of Science, but for that it is necessary to look at the teaching-learningprocess as a mutual moment of learning, between the teacher and the students, and not a monologue of the teacher as the owner of all knowledge.
Keywords: Metodologia ativa
História em quadrinhos
Modelos atômicos
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ:QUIMICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Química
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/11080
Issue Date: 10-Jul-2018
Appears in Collections:TCC - Química - CCA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TRS01082018.pdf2,13 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.