Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/11337
metadata.dc.type: TCC
Title: Prevalência de deficiência/insuficiência vitamina D e consumo alimentar em adolescentes de escolas públicas do município de João Pessoa - PB
metadata.dc.creator: Souza, Kamilla Trigueiro Fagundes de
metadata.dc.contributor.advisor1: Gonçalves, Maria da Conceição Rodrigues
metadata.dc.description.resumo: A adolescência é um período de transição entre infância e vida adulta e caracteriza-se como um período de grandes alterações biológicas e psicossociais. Nessa fase de crescimento acelerado é de grande importância a atenção a alguns nutrientes, tendo em vista que é considerada como um período sujeito à deficiência de micronutrientes por elevada necessidade. Dentre esses nutrientes, destaca-se a vitamina D, que é reconhecida como um pró-hormônio envolvido no metabolismo ósseo e funcionamento dos sistemas imunológico, endocrinológico e cardiovascular. Pode ser obtida a partir da dieta de forma variável, bem como a partir da síntese cutânea após exposição à luz solar aos raios ultravioletas. Dados recentes demonstraram significativa prevalência de deficiência de vitamina D em todo o mundo, incluindo alguns países com climas ensolarados. Baseando-se nestes fatos esta pesquisa teve como objetivo avaliar a prevalência de vitamina D e o consumo alimentar em adolescentes de escolas públicas do Município de João Pessoa-PB. Trata-se de um estudo transversal, descritivo e observacional, que contou com 65 adolescentes, com idades entre 15 a 19 anos, estudantes de duas escolas públicas da cidade de João Pessoa/PB. Foram coletados dados pessoais, história clínica, avaliação clínica e dietética. Para isto foi aplicado um questionário sócio-demográfico, aferido peso e altura e determinado o Índice de Massa Corporal (IMC) para classificação do estado nutricional dos adolescentes. Para a determinação do consumo alimentar foi aplicado o inquérito recordatório alimentar de 24 horas e realizado a avaliação de material bioquímico para a determinação da vitamina D sérica. Dos sujeitos envolvidos na pesquisa, 61,9% eram do sexo feminino e 38,1% do sexo masculino, com IMC médio de 23,7 ± 5,7 kg/m². Foi possível identificar uma alta prevalência de insuficiência/deficiência de vitamina D, observando-se 9,2% de deficiência, 43,1% de insuficiência e 47,7% de suficiência, totalizando 52,3% de insuficiência/deficiência de vitamina D. Quanto ao consumo alimentar de vitamina D, eles apresentaram uma ingestão média de 1,06mcg por dia. Os adolescentes do sexo masculino apresentaram concentrações séricas e consumo alimentar médio de vitamina D maiores que os adolescentes do sexo feminino. Em relação à exposição solar, 71% se expunham menos de 60 minutos/dia. Os que se expunham ao sol 60 minutos/dia apresentaram volumes séricos de vitamina D maiores em relação aos demais. Dessa forma, percebe-se que vários fatores interferem nos níveis séricos de vitamina D, dentre eles a exposição solar, o consumo alimentar e o sexo, assim observados neste estudo, o que leva a necessidade de mais estudos que reforcem esses dados para que políticas públicas sejam efetivadas e estes fatores sejam revertidos, principalmente quanto ao incentivo para fortificação de alguns alimentos em vitamina D e que sejam acessíveis a toda população.
Abstract: Adolescence is a period of transition between childhood and adult life and is characterized as a period of great biological and psychosocial changes. In this phase of accelerated growth, it´s relevant attention to some nutrients, in view of that it is considered a period subject to micronutrient deficiency by high necessity. Among these nutrients, vitamin D stands out, which is recognized as a prohormone involved in the bone metabolism and functioning of the immune, endocrinological and cardiovascular systems. It can be obtained from the diet in a variable way, as well as from cutaneous synthesis after exposure to sunlight to ultraviolet rays. Recent data have demonstrated a significant prevalence of vitamin D deficiency worldwide, including some countries with sunny climates. Based on these facts, this research aimed to evaluate the prevalence of vitamin D and food consumption in adolescents of public schools in the municipality of João Pessoa-PB. It is a sectional, descriptive and observational study that included 65 adolescents, aged 15 to 19 years, students from two public schools in the city of João Pessoa / PB. Personal data, clinical history, clinical and dietary assessment were collected. For this purpose a socio-demographic questionnaire was applied, weight and height were checked and the Body Mass Index (BMI) was determined to classify the nutritional status of adolescents. For the determination of food consumption, the 24-hour recall was applied and the biochemical material for the determination of serum vitamin D was evaluated. Of the subjects involved in the research, 61.9% were female and 38.1% were male, with a mean BMI of 23.7 ± 5.7 kg / m². It was possible to identify a high prevalence of vitamin D deficiency / disability, with 43.1% of deficiency, 9.2% of disability and 47.7% of sufficiency, totaling 52.3% of deficiency / disability of vitamin D. As for food consumption of vitamin D, they had an average intake of 1.06 mcg per day. Male adolescents showed higher serum concentrations and higher mean intakes of vitamin D than female adolescents. Regarding sun exposure, only 29% of adolescents were exposed to the sun 60 minutes / day, while 71% were exposed to less than 60 minutes / day. Those exposed to the sun 60 minutes / presented higher serum vitamin D levels than the others. Thus, several factors interfere with serum vitamin D levels, such as sun exposure, food consumption and sex, as observed in this study conducted only in two public schools, which leads to the need for more studies that reinforce this data so that public policies are implemented and these factors are reversed, mainly as regards the incentive to fortify some foods in vitamin D and that are accessible to the entire population.
Keywords: Adolescência
Vitamina D
Deficiência
Insuficiência
Nutrição
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::NUTRICAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Nutrição
metadata.dc.rights: Acesso aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/11337
Issue Date: 30-Nov-2017
Appears in Collections:TCC - Nutrição

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
KTFS05072018.pdf1,08 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.