Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/11727
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Análise dos modelos operacionais para detecção de gerenciamento de resultados contábeis através das atividades operacionais
metadata.dc.creator: Leal, Luisa Tomi Yanaguibashi
metadata.dc.contributor.advisor1: Paulo, Edilson
metadata.dc.description.resumo: O objetivo desta pesquisa foi verificar a validade teórica e empírica dos modelos operacionais utilizados para detecção de gerenciamento de resultados contábeis através das atividades operacionais, via custo de produção, com a finalidade de apresentar ajustes aos referidos modelos de modo a contribuir com a redução de problemas relacionadas as evidências empíricas. Atualmente, o modelo mais comumente analisado, Roychowdhury (2006), para este fim considera as variações de custos apenas em função das variações das vendas, estabelecendo uma relação linear. Todavia, a ocorrência e a magnitude do gerenciamento de resultados se pauta em variáveis além do nível de atividades, como fatores relacionados a ambiente econômico, crescimento natural da empresa ou da economia, mudanças nas políticas monetária, fiscal e cambial, bem como especificidades do setor. Nesse sentido, estimou-se o modelo geral de Roychowdhury (2006) e mais quatro formatações, adicionando variáveis de controle para assimetria de custos, ganho de escala, endividamento e flexibilidade contábil. Quanto a população e amostra, as estimações foram realizadas com a amostra completa de 171 empresas sem a separação por setor, e posteriormente, realizou-se a estimação para os 13 setores conforme classificação do Economatica® e as limitações impostas pela teoria, que pressupõe que o modelo de custos de produção apenas poderia ser utilizado para empresas manufatureiras. Desse modo, concluiu-se que o modelo possui flexibilidade para ser adaptado para cada setor, tendo as variáveis escolhidas mediante suas especificidades. Corroborou-se com a teoria no sentido de que a assimetria é reduzida em momentos de decréscimo das taxas de crescimento da economia, tanto pelas evidências de insignificância estatística da variável dummy nos modelos, quanto pelas evidências de melhores métricas de ajustamento nos modelos em que foram incluídos controles de fatores externos as empresas, intrínsecos a seus setores ou à economia como um todo.
Abstract: O trabalho não contém Abstract
Keywords: Gerenciamento de resultados
Atividades operacionais
Custos de produção
Modelos econométricos
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::CIENCIAS CONTABEIS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Finanças e Contabilidade
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/11727
Issue Date: 29-Mar-2017
Appears in Collections:Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivo total1.02 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons