Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/11737
metadata.dc.type: Dissertação
Title: O lótus e a rosa: aspectos éticos entre o Budismo e a União do Vegetal
metadata.dc.creator: Canella, Lídice da Costa Ieker
metadata.dc.contributor.advisor1: Gnerre, Maria Lúcia Abaurre
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Santos, Deyve Redyson Melo dos
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho tem como foco principal proceder a uma hermenêutica comparativa entre a Doutrina Budista – representada pelo Primeiro Discurso de Buda que trata das Quatro Nobres Verdades, dando-se destaque ao elemento ético do Nobre Caminho Óctuplo – e a Doutrina do Centro Espírita Beneficente União do Vegetal – representada pelos Boletins da Consciência e pela oratória de seu fundador, Mestre Gabriel,– tendo as virtudes morais como fio condutor. Na medida em que ambas as religiões são dotadas de forte cunho ético, transformador de condutas, o objetivo geral do trabalho busca estabelecer um paralelo, neste aspecto específico, entre as duas tradições religiosas, de modo a perceber, ao mesmo tempo, elementos comuns, como também diferenças. Ou seja: este paralelo é traçado, tanto pela análise dos códigos de conduta, bem como das ações que conduzem ao discernimento e à virtude, ou seja, ações transformadoras de conduta. No presente trabalho proceder-se-á à fundamentação teórica da “ética” utilizando principalmente os estudos de Aristóteles (2014) no seu Ética a Nicômaco e de Alasdair MacIntyre , notadamente em seu livro Depois da Virtude: um estudo em teoria moral (2001), onde o autor parte do diagnóstico de que a sociedade contemporânea vive uma crise moral graças ao fracasso da moderna filosofia liberal, concluindo que apenas uma filosofia moral capaz de garantir racionalidade à moral e à ética é capaz de dar conta desse fenômeno. Além desse enfoque mais amplo, o trabalho tem como recortes metodológicos questões relativas à oralidade, memória e simbolismo que se encontram presentes nessas duas tradições. Isto porque não só as fontes sobre as vidas de Buda e do Mestre Gabriel entrelaçam um universo simbólico de grande riqueza, como ambos trouxeram sua doutrina e ensinamentos de forma oral, o que privilegia a memória. Não se ignora a diferença significativa que permeia o presente estudo que é o uso do chá ayahuasca, pelos adeptos da UDV, como meio para atingir a concentração. O que se pode concluir é que, embora com linguagens diferentes, essas duas tradições apontam para um uso cuidadoso da palavra, primando pela sua correção e que o agir deve se dar dentro de padrões de conduta éticos. Pontos de divergência específicos também são apontados, como por exemplo, a abordagem diferente que as duas tradições trazem do modo de viver.
Abstract: The present work has as main focus a comparative hermeneutic between the Buddhist Doctrine – represented by the First Discourse of Buddha dealing with the Four Noble Truths, emphasizing the ethical element of the Noble Eightfold Path – and the Doctrine of the Centro Espírita Beneficente União do Vegetal – represented by the Bulletins of the Consciousness and by the oratory of its founder, Master Gabriel, having the moral virtues as the guiding thread. As both religions are endowed with a strong ethical, transformer of conducts, the objective is to establish a parallel, in this specific aspect, between the two religious traditions, in order to perceive, at the same time, common elements as well as existing differences, on this specific aspect. Saying in other way: this parallel is drawing on the basis of the ethics that inspire each of them, both by the analysis of the codes of conduct, as well as the actions that lead to discernment and virtue, that is, transformative actions of conduct. In the present work we will proceed to the development of “ethics” based mainly on the studies of Aristotle (2014) in his Nicomachean Ethics and Alasdair MacIntyre, notably in his book After Virtue: a study in moral theory (2001), where this author starts from the diagnosis that contemporary society experiences a moral crisis thanks to the failure of modern liberal philosophy, concluding that only a moral philosophy capable of guaranteeing rationality to morality and ethics is able to account for this phenomenon. Besides this approach, it has as methodological cuts questions related to orality, memory and symbolism that are present in these two traditions. That occurs because the sources originating a symbolic universe of great treasure, as both brought their doctrine and teachings orally, which privileges memory. It is not ignored the significant difference that permeates the present study, such as the use of the ayahuasca tea, by the adepts of UDV, as a means to reach the concentration. We can conclude that, although with different languages, these two traditions point first to a careful and correct use of the word and second that action must take place within ethical standards of conduct. Points of divergence specific are also pointed out, for example, the different approach that the two traditions bring from the way of life.
Keywords: Ética
Budismo
UDV
Conduta
Palavra
Ação
Modo de Viver
Ethics
Buddhism
Behavior
Word
Action
Way of Life
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::TEOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciência das Religiões
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/11737
Issue Date: 12-Dec-2016
Appears in Collections:Centro de Educação (CE) - Programa de Pós-Graduação em Ciências das Religiões

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivo total6,01 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons