Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/11771
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Potencialidades de argilas bentoníticas naturais e organofílicas da paraíba para aplicação cosmética
metadata.dc.creator: Cavalcanti, Roberta Kelly Bondade De Caldas
metadata.dc.contributor.advisor1: Ferreira, Heber Sivini
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Macedo, Rui Oliveira
metadata.dc.description.resumo: A maquiagem mineral é uma formulação cosmética que traz dentre seus componentes matérias-primas minerais a exemplo dos materiais argilosos, neste contexto cita-se as bentonitas como sendo as argilas mais comumente utilizadas. Suas características tecnológicas, comercialmente já conhecidas, sustentam um forte indicativo da positividade do uso deste material em formulações para maquiagem mineral. Nesse sentido, o uso de argilas bentoníticas do estado da Paraíba no desenvolvimento de formulações de pó mineral para maquiagem foi o objetivo central deste trabalho. Estas argilas foram obtidas e estudadas também em sua forma organofílica, e esta modificação foi viabilizada por meio de sais quaternários de amônio. Inicialmente foi realizada a caracterização físico-química das argilas bentoníticas naturais e organofílizadas, os resultados indicaram que as argilas, apresentam perfil tecnológico com potencial cosmético, assim ressalta-se a faixa granulométrica baixa e estreita, apreciável capacidade de troca catiônica e propriedade de fluxo dentro do esperado para estas argilas, permitindo que as formulações fossem desenvolvidas para estudo. Para formulação cosmética foi utilizado 50% de cada uma das argilas e demais componentes minerais, dando origem a seis diferentes formulações. A partir destas amostras foi estudado seu comportamento estável frente a condições extremas de temperatura por meio de ensaio de estabilidade acelerada sob ciclos de congelamento a ±5° C e aquecimento a ± 50° C desenvolvido de acordo com os métodos da ANVISA, posteriormente foram verificados as propriedades de fluxo e características organolépticas do produto. O controle de qualidade toxicológico e microbiológico foi realizado de acordo com os padrões descritos pela ANVISA e Farmacopéia Brasileira. As amostras foram testadas para investigação da irritabilidade oftalmica por meio de ensaio in vitro da membrana cório-alantóide do ovo da galinha (HET-CAM), e os ensaios microbiológicos foram feitos pelo método de plaqueamento em superfície. Todas as amostras apresentaram-se estáveis quanto as suas características físico-químicas e nenhuma alteração de cor, aparência e odor foi observada. Nenhuma das formulações apresentaram citotoxicidade para as respectivas concentrações das formulações. O controle microbiológico assegurou a segurança biológica do material em relação a ausência de bactérias.
Abstract: Mineral makeup is a cosmetic formulation that brings among its components mineral raw materials example of clay materials in this context refers to the bentonite as the most commonly used clays. Its technological features already known commercially, support a strong indication of positive use this as an asset in formulations for mineral makeup. In this sense, the use of bentonite clays of Paraíba State in the development of mineral powder formulations for makeup was the central objective of this work. It was initially performed the physicochemical characterization of the natural bentonite clays and organoclays, the results indicate that the clays have potential technological profile with cosmetic, with a low and narrow range of particle size, aceitávell oil adsorption capacity and flow property as expected for these clays, allowing the formulations were developed for the study. Cosmetic formulation was used 50% of each of clays and other mineral components, giving rise to six different formulations. From these samples was studied its stable front behavior at extreme conditions through accelerated stability test under freezing cycles at ± 5 ° C and heating at ± 50 ° C developed according to the methods of ANVISA properties were subsequently verified flow and organoleptic characteristics of the product. The control of toxicological and microbiological quality was performed according to the standards set by ANVISA and the Brazilian Pharmacopoeia. Samples were tested to investigate the ophthalmic irritability by in vitro assay of chicken egg chorioallantoic membrane (HET-CAM) and microbiological testing was done by the plating method on the surface. All samples were stable as its physical and chemical characteristics and no change in color, appearance and odor was observed. None of the formulations showed cytotoxicity to the respective concentrations of the formulations. The microbiological control ensures the biological safety of the material in relation to the absence of bacteria.
Keywords: Argilas Bentoníticas
Maquiagem Mineral
Citotoxicidade
Clays Bentonite
Mineral Makeup
Cytotoxicidade
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Engenharia de Materiais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/11771
Issue Date: 31-Aug-2016
Appears in Collections:Centro de Tecnologia (CT) - Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivo total2.65 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons