Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12030
metadata.dc.type: TCC
Title: Eficiência dos hospitais da Paraíba: uma comparação entre a administração direta e a indireta
metadata.dc.creator: Souza, José Eduardo Sobral de
metadata.dc.contributor.advisor1: Diniz, Josedilton Alves
metadata.dc.description.resumo: A mídia brasileira constantemente tem apresentado problemas em relação à prestação de serviços públicos na área da saúde pública. O principal usuário destes serviços é a população do nosso país e a mesma é a interessada na qualidade da gestão dos recursos aplicados. A sociedade repassa os recursos em forma de pagamento de impostos e contribuições e o Estado executa ações de governo em prol da sociedade. Atualmente, um tema que tem sido bastante debatido é a terceirização dos serviços prestados pelo governo, seja a nível nacional ou estadual. Uma alternativa que o governo tem encontrado, como forma de compartilhar a gestão das inúmeras unidades de saúde, é a partir da terceirização dos serviços públicos. Assim, o objetivo dessa pesquisa é investigar se a forma de gestão seja executada diretamente pelo estado ou indiretamente pelas organizações sociais temsociais tem influência na eficiência dos gastos recursos aplicados. Para o cálculo da eficiência das Decisions Making Unit (DMUs), utilizou autilizou a Análise Envoltória de Dados (DEA), e para comparar a eficiência do tipo de gestão da saúde (direita ou indiretamente) utilizou o teste não paramétrico de Mann Whitney. Os dados revelaram que não há diferença de eficiência, estatisticamente significativa, no que diz respeito ao tipo de gestão.
Abstract: In the area of public health, the media has repeatedly cited problems related to this subject. The main user of public services is the population of our country, and the same is interested in the quality and appropriateness of the information on the management of the resources applied. The society applies resources in the form of payment of taxes and contributions and the State executes government actions in favor of society. Currently a topic that has been much debated is the outsourcing of services provided by the government, be it at the national or state level. One way that the public entities have found as a way of sharing the management of the numerous health units, is contracting the service so that they can be provided by third parties. From this, it is by society that the administration is direct or indirect, execute the expenses in an efficient way. Be efficient when a Decision Making Unit (DMU) produces more services using the least amount of inputs, that is, available resources. For the calculation of the efficiency of the DMUs studied in this work, Data Envelopment Analysis (DEA) will be used, after which it will be possible to make an efficiency analysis comparing the direct and indirect administration. The data revealed that there is no statistically significant difference in efficiency regarding the type of management.
Keywords: Administração pública
Saúde pública
Sistema Único de Saúde (SUS)
Terceirização
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO PUBLICA::CONTABILIDADE E FINANCAS PUBLICAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Finanças e Contabilidade
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12030
Issue Date: 4-Jun-2018
Appears in Collections:CCSA - TCC - Ciências Contábeis

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JESS15102018.pdf1.69 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons