Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12037
metadata.dc.type: Tese
Title: De quem é essa voz? um estudo sobre as marcas de subjetividade em monografias de conclusão de curso
metadata.dc.creator: Bastos, Ana Carolina Vieira
metadata.dc.contributor.advisor1: Nascimento, Erivaldo Pereira do
metadata.dc.description.resumo: Esta tese de doutoramento consiste em uma descrição semântico-argumentativa do gênero textual/discursivo monografia de conclusão de curso. A hipótese que norteia esta investigação é a de que a subjetividade se manifesta no referido gênero através de fenômenos polifônicos, em especial, o fenômeno da polifonia de locutores e do ON-locuteur (SE-locutor), além da modalização e de estratégias de impessoalidade que pretendem ocultar a presença do locutor ou isentá-lo da responsabilidade enunciativa. O corpus coletado é constituído por quatro monografias de cursos de diferentes áreas do conhecimento: Engenharia Elétrica, Direito, História e Economia para que pudesse ser o mais representativo possível do gênero investigado. O estudo, de abordagem qualitativa e de natureza descritivo e interpretativista, tem como referencial a Teoria da Argumentação na Língua (TAL), desenvolvida por Ducrot e colaboradores (1977, 1987, 1988, 1994), segundo a qual há elementos na própria língua que marcam a presença da argumentatividade. Este estudo também está baseado na afirmação de Espíndola (2004) de que o uso que fazemos da língua é argumentativo. No âmbito da Teoria da Argumentação na Língua, esta pesquisa está centrada nas noções de polifonia e de impessoalidade, fundamentais para a compreensão do fenômeno ON-locuteur (SE- locutor), investigado por Anscombre (2005, 2010, 2014). Tais fenômenos são tratados também segundo a ótica de Nascimento (2005, 2009, 2012, 2014, 2015). Os estudos acerca da modalização – forma de perceber o ponto de vista do locutor diante do enunciado – estão embasados em Lyons (1975), Palmer (2009), Koch (2002), Castilho e Castilho (2002), Neves (2010), Nascimento (2009) e Silva (2012). A impessoalidade é concebida e descrita de acordo com os moldes propostos por García Negroni (2008 e 2009). No que se refere à descrição do gênero proposto, tomou-se como base os trabalhos de Bahktin (2000) e de Marcuschi (2008). Nesse sentido, o objetivo desta pesquisa é verificar como a subjetividade se processa no gênero monografia de conclusão de curso. Os resultados mostram que esse gênero, embora descrito pelos manuais normatizadores como de caráter eminentemente impessoal, é constituído por um entrelaçamento de vozes e marcas de subjetividade, mesmo com o uso de estratégias por meio das quais o locutor responsável pelo discurso, na maioria das vezes, procura se distanciar do enunciado ao criar a imagem de que o discurso é autônomo e, assim, parece se apresentar como porta-voz da ciência.
Abstract: This doctoral thesis consists of a semantic-argumentative description of the undergraduate final paper genre. The hypothesis behind this research is that subjectivity manifests itself in this genre through polyphonic phenomena, especially the phenomenon of speaker polyphony and ON-locuteur (generic speaker), besides modalization and impersonality strategies whose purposes are to hide the presence of the speaker or exempt him from the enunciative responsibility. The corpus of this research is composed of four undergraduate final papers of different courses: Electrical Engineering, Law, History and Economics. This study – of qualitative approach and descriptive and interpretative nature – has as reference the Theory of Argumentation in Language (TAL), developed by Ducrot and contributors (1977, 1987, 1988, 1994) to whom there are elements in language that mark the presence of argumentativeness. This study is also based on Espíndola's (2004) statement that our use of language is argumentative. In the context of the Theory of Argumentation in Language, this research is centered on the notions of polyphony and impersonality, fundamental to the understanding of the ON-locuteur phenomenon (generic speaker), investigated by Anscombre (2005, 2010, 2014). These phenomena are also treated according to Nascimento's perspective (2005, 2009, 2012, 2014, 2015). The studies about modalization - ways of perceiving the speaker's point of view before the enunciation - are based on Lyons (1975), Palmer (2009), Koch (2002), Castilho and Castilho (2002), Neves (2009) and Silva (2012). Impersonality is conceived and described here according to what is proposed by García Negroni (2008 and 2009). The description of the proposed genre has the studies of Bahktin (2000) and Marcuschi (2008) as basis. In this sense, the objective of this research is to verify how subjectivity is processed in the chosen genre. Results have shown that this genre, although described by the normative manuals as having impersonal nature, is constituted by interlacing voices and marks of subjectivity, even with the use of strategies through which the speaker responsible for the discourse, most of the times tries to hide himself from the utterance by creating the image that discourse is autonomous and thus appears to present itself as spokesperson for science.
Keywords: Argumentação
Subjetividade
Polifonia de locutores
(ON-locuteur) SE-locutor
Estratégias de impessoalidade
Argumentation
Subjectivity
Speaker polyphony
ON-locuteur (Generic speaker)
Strategies of impersonality
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LINGUISTICA::TEORIA E ANALISE LINGUISTICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Linguística e ensino
metadata.dc.publisher.program: Mestrado Profissional em Linguística
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12037
Issue Date: 30-Oct-2017
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Mestrado Profissional em Linguística

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivo total2,47 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.