Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12153
metadata.dc.type: TCC
Title: ADUBAÇÃO ORGÂNICA DO SOLO: A CONSCIENTIZAÇÃO POR MEIO DE CAMPOS DE MULTIPLICAÇÃO DE SEMENTES CRIOULAS NO AGRESTE PARAIBANO
metadata.dc.creator: Francisco, Priscila Maria Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Sá Sobrinho, Rosivaldo Gomes de
metadata.dc.description.resumo: Na agricultura tradicional o declínio da fertilidade do solo era solucionado com o pousio das áreas cultivadas. Com o crescimento populacional e a intensificação do uso do solo, o tempo de pousio foi reduzido, hoje encontramos campos em que praticada a agricultura de forma permanente, o cultivo contínuo em uma mesma área proporcionando condições cada vez menos favoráveis a produção agrícola que contribuem para a degradação socioeconômica e ambiental da região. Este trabalho objetivou-se avaliar o uso esterco nas áreas de produção de sementes crioulas de agricultores familiares do agreste paraibano. A utilização do fogo nas lavouras/roçados; como também a influência dos campos de multiplicação de sementes crioulas como incentivador do uso de adubação orgânica na região de atuação da Rede de Sementes da Paraíba para a produção e resgate de sementes crioulas, como também o fortalecimento dos Bancos de Sementes Comunitários (BSC) no Estado da Paraíba. Para a realização da pesquisa foram adotadas as práticas de visitas, observação participante e aplicação de questionários semiestruturados através de entrevista. Os agricultores entrevistados estão inseridos território da Borborema e participaram de implantações de campos de multiplicação de sementes crioulas promovida pela ONG ASPTA – Organização não governamental de Assessoria e Serviços a Projetos em Agricultura Alternativa e o Polo Sindical da Borborema. Estes participaram de uma, por meio de entrevista semiestruturada, relataram como cuidam do seu solo; se está “forte ou fraco” em relação à fertilidade solo; se ainda colocam fogo na lavoura (roçado) para facilitar o manejo. Conclui-se que todos os entrevistados utilizam o esterco, possuem animais e não vendem o adubo orgânico; Nenhum deles põe fogo na lavoura por inteiro, existe algum que amontoam os restos de culturas e colocam fogo; As entidades como Sindicatos dos trabalhadores rural (STR) e ONG incentivam de forma positiva o manejo ecológico do solo através de oficinas, intercâmbios e reuniões, dias de campo, campos de multiplicação, ensaios comparativos de sementes crioulas. Falta mais incentivo para o uso de técnicas para nutrir o solo, pois todos reconheceram a importância do esterco, muitas vezes o solo está com baixa fertilidade por não ter animais suficientes para produção de quantidade suficiente para atender a necessita do solo.
Abstract: In traditional agriculture declining soil fertility was solved with the fallow cultivated areas. With population growth and intensification of land use , the time was reduced fallow , today we find fields where agriculture practiced on a permanent , continuous cultivation in the same area providing conditions becoming less favorable agricultural production that contribute to socioeconomic and environmental degradation in the region . This work aimed to evaluate the use of manure in production of native seeds to farmers arid Paraíba. The use of fire in the fields / clearings , as well as the influence of the field multiplication of native seeds as encouraging the use of organic fertilizer in the operating region of Paraiba Network seeds for the production and recovery of native seeds , as well as strengthening of Community Seed Banks ( BSC ) in the state of Paraíba . For the research were adopted practices visits, participant observation and semi-structured questionnaires through interviews. Farmers interviewed are inserted territory Borborema and participated in deployments multiplication fields of native seeds promoted by ASPTA ONG - Non-Governmental Organization and Advisory Services Projects in Alternative Agriculture and Polo Association Borborema . They participated in a through semi-structured interviews, as reported care of your soil if it is “strong or weak” in relation to soil fertility: if we put fire on the farm (brushed) to facilitate handling. It is concluded that all respondents use manure , have animals and do not sell organic fertilizer ; Neither sets fire on the farm as a whole, there is some debris that pile of cultures and put fire ; entities such as unions of rural workers ( STR ) and NGOs encourage a positive ecological soil management through workshops , exchanges and meetings , field days , field multiplication , comparative trials of native seeds . Missing more incentive for the use of techniques to nourish the soil, since all recognized the importance of manure , the soil is often low fertility not having enough animals to produce enough to meet the needs of the soil.
Keywords: Agricultura familiar
Bancos de sementes comunitários
Adubação orgânica
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciências Fundametais e Sociais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12153
Issue Date: 16-Jun-2013
Appears in Collections:TCC - Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PMSF30102018.pdf2,14 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.