Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12198
metadata.dc.type: TCC
Title: A atuação da terapia ocupacional na perspectiva de profissionais de uma unidade de saúde da família
metadata.dc.creator: Cabral, Wladimir Lenin da Nóbrega
metadata.dc.contributor.advisor1: Amado, Cláudia Fell
metadata.dc.description.resumo: Com o objetivo de efetivar o direito à saúde para todos, foi criado o Sistema Único de Saúde (SUS). Para garantir o acesso da polução e efetivar os princípios do SUS, as diretrizes da Atenção Básica devem ser o eixo norteador, organizadas por meio da Estratégia de Saúde da Família. As equipes de saúde da Família contam com a ajuda do Núcleo de Apoio à Saúde da Família (NASF), que são equipes de apoio multiprofissionais e interdisciplinares. A criação dos NASF favoreceu de forma mais efetiva a inserção de algumas categorias profissionais na Atenção Básica, incluindo o terapeuta ocupacional. No município de João Pessoa-PB, a atuação do Terapeuta Ocupacional na Atenção Básica apresenta algumas fragilidades, uma vez que existe apenas um profissional vinculado a equipe do NASF, no distrito sanitário V, que dá suporte à Equipe de Saúde da Família da Unidade Básica do Bessa. Nesse sentido, o objetivo desta pesquisa foi avaliar a percepção dos profissionais que trabalham na Unidade de Saúde da Família (USF) Bessa, acerca das práticas do Terapeuta Ocupacional na Atenção Básica. Através de um estudo exploratório descritivo de abordagem qualitativa, cujo instrumento de coleta de dados foi uma entrevista aberta junto aos profissionais acerca de sua percepção sobre a prática da Terapia Ocupacional. O material foi categorizado e interpretado em conformidade com o referencial teórico, a análise de conteúdo segundo Bardin. No que concerne aos resultados e discussão dos achados, a disseminação de informações passadas durante ações interdisciplinares desempenhadas junto ao Terapeuta Ocupacional mostrou que os participantes possuíam informações básicas a respeito desta profissão notando-se a falta de respaldos informativos sobre tais ações. A falta de profissionais de Terapia Ocupacional na Rede de Atenção Básica no município de João Pessoa também refletiu o desconhecimento por parte dos profissionais das ações desenvolvidas pelos terapeutas ocupacionais. Sendo assim, se faz necessário que os profissionais de Terapia Ocupacional possam ampliar as suas ações e de algum modo registra-las e divulga-las na Atenção Básica.
Abstract: With the objective of realizing the right to health for all, the Unified Health System (SUS) was created. In order to guarantee the access of the pollution and to implement the principles of SUS, the guidelines of Primary Care should be the guiding axis, organized through the Family Health Strategy. Family health teams are assisted by the Family Health Support Center (NASF), which are multiprofessional and interdisciplinary support teams. The creation of NASF favored more effectively the insertion of some professional categories in Primary Care, including the occupational therapist. In the city of João Pessoa-PB, the work of the Occupational Therapist in Primary Care presents some weaknesses, since there is only one professional linked to the NASF team, in district V, which supports the Family Health Team of the Basic Unit of Bessa. In this sense, the objective of this research was to evaluate the perception of professionals working in the Family Health Unit (BFU) Bessa, about the practices of the Occupational Therapist in Primary Care. Through an exploratory descriptive study of qualitative approach, whose instrument of data collection was an open interview with the professionals about their perception about the practice of Occupational Therapy. The material was categorized and interpreted in accordance with the theoretical framework, the content analysis according to Bardin. Regarding the results and discussion of the findings, the dissemination of information passed during interdisciplinary actions performed with the Occupational Therapist showed that the participants had basic information about this profession, noting the lack of informational support for such actions. The lack of Occupational Therapy professionals in the Primary Care Network in the city of João Pessoa also reflected the lack of knowledge on the part of professionals of the actions developed by occupational therapists. Therefore, it is necessary for Occupational Therapy professionals to expand their actions and somehow register them and disclose them in Primary Care
Keywords: Atenção básica
Terapia ocupacional
Saúde da família
Profissionais de saúde
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE::FISIOTERAPIA E TERAPIA OCUPACIONAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Terapia Ocupacional
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12198
Issue Date: 7-Jun-2018
Appears in Collections:TCC - Terapia Ocupacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
WLNC29062018.pdf464,61 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.