Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12217
metadata.dc.type: TCC
Title: Percepção da saúde e qualidade de vida de idosos praticantes de atividade física de um programa de extensão universitária
metadata.dc.creator: Fernandes, Everton do Nascimento
metadata.dc.contributor.advisor1: Pontes, Luciano Meireles de
metadata.dc.description.resumo: O objetivo do presente estudo foi identificar a percepção da qualidade de vida e saúde de idosos participantes de um programa de condicionamento físico na extensão universitária. Procedimentos metodológicos: Trata-se de um estudo descritivo que teve uma abordagem qualitativa. A amostra foi formada por 31 idosos, de ambos os sexos, com idades entre 60 a 72 anos (66,1±5,2anos), inscritos no semestre de 2016.2 de um programa de condicionamento físico de extensão universitária do Departamento de Educação Física da Universidade Federal da Paraíba. As variáveis investigadas foram a percepção dos idosos sobre a saúde e a qualidade de vida. O instrumento de coleta dos dados foi o WHOQOL-Bref, versão em português, para qualidade de vida; Para a tabulação de dados e tratamento analítico foi usado o software SPSS, versão 20.0 for Windows®. Para construção dos gráficos foi utilizada a planilha do Excel, versão 2016 do Microsoft Office®. Resultados: Na avaliação geral, a maior parte percebeu a qualidade de vida como boa (74,2%), 9,7% excelente e 16,1% nem ruim, nem boa. Em relação à satisfação com a saúde, 67,6% estão satisfeitos, 6,5% muito satisfeitos, 19,4% nem satisfeitos, nem insatisfeitos e 6,5% insatisfeitos. Na análise por domínios se obteve os valores na seguinte ordem: físico (3,90±0,4), psicológico (3,86±0,3), relações sociais (3,77±0,4) e meio ambiente (3,61±0,4). Nas classificações dos domínios da qualidade de vida obteve-se a seguinte aceitação: físico 53,3% de boa qualidade de vida no domínio físico, 48,4% nas relações sociais, 38,7% no psicológico e 29,0% no meio ambiente. Conclusão: A maior parte dos idosos apresentou uma percepção favorável da qualidade de vida geral, considerando os conceitos, bom e regular em cada um dos domínios analisados e de satisfação com a saúde. Foi evidenciada uma percepção de aceitação elevada nas dimensões físico, psicológico, relações pessoais e menor satisfação nas questões relativas ao meio ambiente.
Abstract: The objective of the present study was to identify the perception of the quality of life and health of the elderly participants of a program of physical conditioning in the university extension. Methodological procedures: This is a descriptive study that took a qualitative approach. The sample consisted of 31 elderly men and women, aged between 60 and 72 years (66.1 ± 5.2 years), enrolled in the semester of 2016.2 of a program of physical conditioning of university extension of the Department of Physical Education of the Federal University of Paraiba. The variables investigated were the perception of the elderly on health and quality of life. The data collection instrument was the WHOQOL-Bref, Portuguese version, for quality of life; For data tabulation and analytical treatment SPSS software, version 20.0 for Windows® was used. The Excel spreadsheet, version 2016 of Microsoft Office®, was used to construct the graphs. Results: In the general evaluation, the majority perceived quality of life as good (74.2%), excellent 9.7% and 16.1% neither bad nor good. Regarding health satisfaction, 67.6% are satisfied, 6.5% are very satisfied, 19.4% are neither satisfied nor dissatisfied and 6.5% are dissatisfied. In the domain analysis, the following values were obtained: physical (3.90 ± 0.4), psychological (3.86 ± 0.3), social relations (3.77 ± 0.4) and environment (3.61 ± 0.4). In the classifications of the domains of quality of life the following acceptance was obtained: physical 53.3% of good quality of life in the physical domain, 48.4% in social relations, 38.7% in the psychological and 29.0% in the middle environment. Conclusion: Most of the elderly presented a favorable perception of general quality of life, considering the concepts, good and regular in each of the domains analyzed and satisfaction with health. It was evidenced a perception of high acceptance in the physical, psychological, personal relationships and less satisfaction in issues related to the environment.
Keywords: Qualidade de vida
Educação física
Idosos
Saúde
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ:Ciências da Saúde: Educação Física
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Educação Física
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12217
Issue Date: 29-Nov-2017
Appears in Collections:TCC - Educação Física (Bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ENF22012018.pdf970.46 kBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.