Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12219
metadata.dc.type: TCC
Title: Prática esportiva e sua relação com o rendimento escolar em escolares do ensino secundário de João Pessoa
metadata.dc.creator: Silva, Iago Santana Figueiredo da
metadata.dc.contributor.advisor1: Pontes, Luciano Meireles de
metadata.dc.description.resumo: O objetivo do presente estudo foi identificar a percepção de estudantes do ensino secundário sobre a prática esportiva e a melhora do rendimento escolar. Metodologia: Trata-se de um estudo transversal, descritivo com abordagem quantitativa. A amostra foi formada por 58 adolescentes, sendo 18 do sexo masculino (31,0%) e 40 do sexo feminino, com idades entre 14 a 19 anos (15,9±1,0anos), matriculados em escola pública de João Pessoa. As variáveis investigadas foram o perfil sociodemográficos (sexo, idade, escolaridade e renda) e a prática esportiva (Passado esportivo, hábitos esportivos, percepção da prática esportiva e rendimento acadêmico). O instrumento de coleta dos dados foi um questionário adaptado de Gonçalves (2011) com 14 questões abertas e fechadas. A análise dos dados utilizou estatística descritiva de distribuição de frequências absolutas e relativas e medidas de tendência central. Resultados: Sobre o passado esportivo, 39,7% disseram sempre praticar esportes, 20,7% praticam desde crianças com interrupções. 25,9% praticaram apenas quando criança e 13,8% nunca praticaram esportes. Em relação a prática atual, 58,6% são ativos e 41,4% não; 67,2% praticam três vezes por semana e 32,8% por mais de três dias; 70,7% praticam menos de 300 minutos por semana e 29,3% por tempo superior. O principal contexto para a prática de esporte é o lazer (58,8%), seguido pela escola (26,5%) e o esporte competição (14,7%). 94,8% acreditam que o esporte melhora o rendimento escolar e 5,2% não. Os fatores relacionados a melhora no rendimento escolar conforme a percepção de ambos os sexos foram: 35,0% diminuição do estresse, 24,2% atenção, 17,5% memorização, 13,3% socialização e 10,0% tomada de decisão. Conclusão: A maioria dos estudantes declararam-se ativos fisicamente, mas foi constatada uma frequência e um tempo insuficiente na prática esportiva. O principal contexto para a realização do esporte foi o lazer e a maioria expressiva dos estudantes reconheceram que a prática esportiva pode melhorar o rendimento escolar, com maior destaque na diminuição do estresse, melhora na atenção e memorização.
Abstract: The objective of the present study was to identify the perception of secondary school students about sports practice and improvement of school performance. Methodology: This is a cross-sectional, descriptive study with a quantitative approach. The sample consisted of 58 adolescents, 18 males (31.0%) and 40 females, aged 14 to 19 (15.9 ± 1.0 years), enrolled in a public school in Joao Pessoa. The variables investigated were the sociodemographic profile (sex, age, schooling and income) and sports practice (Sports past, sports habits, perception of sports practice and academic performance). The instrument of data collection was a questionnaire adapted from Gonçalves (2011) with 14 open and closed questions. Data analysis used descriptive statistics for the distribution of absolute and relative frequencies and measures of central tendency. Results: On the sports past, 39.7% said they always practice sports, 20.7% practiced since children with interruptions. 25.9% practiced only as a child and 13.8% never practiced sports. In relation to current practice, 58.6% are active and 41.4% are not; 67.2% practice three times a week and 32.8% for more than three days; 70.7% practice less than 300 minutes per week and 29.3% for a longer time. The main context for the practice of sports is leisure (58.8%), followed by school (26.5%) and sport competition (14.7%). 94.8% believe that sport improves school performance and 5.2% does not. The factors related to improvement in school performance according to the perception of both sexes were: 35.0% stress reduction, 24.2% attention, 17.5% memorization, 13.3% socialization and 10.0% decision making. Conclusion: Most students declare themselves to be physically active, but there was insufficient frequency and time in sports practice. The main context for the accomplishment of the sport was the leisure and most expressive of the students recognized that the sports practice can improve the school performance, with greater emphasis in the decrease of the stress, improvement in the attention and memorization.
Keywords: Educação física
Esporte
Avaliação de rendimento
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ: Ciências da Saúde: Educação Física
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Educação Física
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12219
Issue Date: 29-Nov-2017
Appears in Collections:TCC - Educação Física (Bacharelado)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ISFS26122017.pdf1.34 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.