Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12268
metadata.dc.type: TCC
Title: Ressocialização de jovens infratores: medida socioeducativa de internação executada no Centro Socioeducativo Edson Mota
metadata.dc.creator: Malaquias, Laís de Andrade
metadata.dc.contributor.advisor1: Mota, Flávio Perazzo Barbosa
metadata.dc.description.resumo: Atos ilegais cometidos por indivíduos entre 12 e18 anos incompletos (seres inimputáveis) são denominados infracionais. Para esses jovens infratores o Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA) estabelece que o tratamento deva ocorrer por meio de medidas socioeducativas, aplicadas de acordo com a idade e gravidade do ato (BRASIL, 1990). Entre essas medidas está à medida socioeducativa de privação de liberdade. Em João Pessoa/ PB, para adolescentes do sexo masculino essa medida é executada pelo Centro Socioeducativo Edson Mota (CSE), vinculado à Fundação de Desenvolvimento da Criança e do Adolescente (FUNDAC). O presente trabalho tem como objetivo estudar como a estrutura física, as medidas socioeducativas e os programas desenvolvidos pelo CSE que contribuem para a reinserção social de seus ingressos. Por meio de uma pesquisa qualitativa básica, analisou – se dados obtidos do ECA, do projeto político pedagógico do CSE e de entrevista semi-estruturada com o diretor do centro. Os resultados sugerem que a estrutura, medidas socioducativas e programas socioeducativas são oferecidos aos adolescentes de acordo com o que é proposto no Projeto Político Pedagógico e pela legislação. Percebe-se que alguns fatores influenciam na ressocialização, como a superlotação. Esta, além de tirar o conforto físico e mental, diminui as oportunidades de que todos participem de capacitação profissional, já que a unidade não tem suporte e recursos suficientes para isso. Os programas desenvolvidos atendem em termos de políticas públicas de medidas socioeducativas trabalhadas em torno da reeducação e com a finalidade de reinserir esse adolescente na sociedade. Portanto, essa pesquisa pode ajudar para que gestores públicos envolvidos nesse processo possam refletir sobre a execução de políticas de ressocialização dos adolescentes infratores.
Abstract: NÃO POSSUI ABSTRACT
Keywords: Políticas públicas
Menor infrator
Medida socioeducativa de internação
Ressocialização de jovens infratores
Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO PUBLICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Gestão Pública
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12268
Issue Date: 30-May-2017
Appears in Collections:CCSA - TCC - Tecnologia em Gestão Pública

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
LAM08112018.pdf856,87 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons