Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12618
metadata.dc.type: TCC
Title: A Unidade de Defesa das Mulheres (YPJ) e sua atuação como ator não-estatal armado na luta contra o ISIS
metadata.dc.creator: Araujo, Bianca Mendes
metadata.dc.contributor.advisor1: Ferreira, Marcos Alan Shaikhzadeh Vahdat
metadata.dc.description.resumo: As mulheres estão adentrando a cada dia lugares mais relevantes na sociedade atual, sobretudo em temáticas que são geralmente relacionadas apenas ao mundo masculinizado, como é o caso de conflitos armados. Quando se pensa em tal cenário, é muito recorrente não associá-lo à presença feminina enquadrando-as como civis, vítimas da guerra, ou apoiadoras de funções designadas para homens. Da mesma forma que a elas são fixados papéis, aos atores não-estatais armados (VNSAs) é frequentemente atribuído a visão de que são grupos operando em oposição ao Estado, sendo ameaças explícitas à segurança e estabilidade, principalmente em Estados frágeis, em que as instituições de governo e a legitimidade geral da nação está enfraquecida. Assim, o presente trabalho tem como pergunta de partida “Como a atuação da Unidade de Defesa das Mulheres (YPJ) no combate ao Estado Islâmico (ISIS) ajuda na quebra de visões tradicionais sobre as mulheres e os atores não-estatais armados no âmbito dos conflitos armados?”. Para responder tal questionamento, será apresentado a visão predominante sobre os atores não-estatais armados e a amplitude de classificação deste, assim como o olhar do gênero como categoria de análise e os debates feministas sobre a área de segurança internacional. Logo após o contexto regional sobre o Curdistão e a luta das mulheres curdas será abordado, seguindo-se para um delineamento sobre o YPJ e o conflito contra o ISIS. Como hipótese, partiu-se da ideia de que a atuação de tal unidade representaria a quebra dos estereótipos que se tem sobre as mulheres e VNSAs. Os resultados demonstram que a Unidade de Defesa das Mulheres é um ator de caráter único e de dinâmica fluida, não se enquadrando nos papéis comumente atribuídos às mulheres e aos atores não-estatais armados.
Abstract: Women are entering more and more important places in today's society, especially in themes that are generally related only to the masculinized world, as is the case of armed conflicts. When one thinks of such scenario, it is very recurrent not to associate it with the feminine presence, framing them as civilians, victims of war, or supporters of functions designated for men. In the same way that roles are assigned to women, armed non-state actors (VNSAs) are often seen as groups operating in opposition to the State, being explicit threats to security and stability, especially in weak states, where government institutions of and general nation legitimacy is weakened. Thus, the present work has as a starting question "How the action of the Women's Defense Unit (YPJ) in the fight against the Islamic State (ISIS) helps in breaking down traditional views on women and non-state armed actors in the context of armed conflicts?". In order to answer this question, the classic view on non-state armed actors and their range of classification will be presented, as well as the view on gender as a category of analysis and feminist debates on international security. Subsequently, the regional context on Kurdistan and the struggle of Kurdish women will be addressed, followed by an outline of the YPJ and the conflict against ISIS. As a hypothesis, it is argued that the performance of such a unit represents the breaking of the stereotypes about women and VNSAs. The results show that de Women’s Defense Unit is a unique actor of fluid dynamics, not fitting the roles that are commonly attributed to women and to armed non-state actors.
Keywords: Feminismo
Feminismo e Segurança
Atores Não-Estatais Armados (VNSA)
Curdistão
Unidade de Defesa das Mulheres (YPJ)
Estado Islâmico (ISIS)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::OUTROS::RELACOES INTERNACIONAIS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12618
Issue Date: 31-Oct-2018
Appears in Collections:CCSA - TCC - Relações Internacionais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BMA13122018.pdf1,11 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons