Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12643
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Extensão popular: debatendo autonomia e participação em hortas urbanas no PINAB/UFPB
metadata.dc.creator: Botelho, Bruno Oliveira de
metadata.dc.contributor.advisor1: Machado, Aline Maria Batista
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo nasceu de reflexões e questionamentos acumulados no transcorrer de oito anos de vivências em trabalhos de Extensão na perspectiva da Educação Popular, em especial do Programa Práticas Integrais de Promoção da Saúde e Nutrição na Atenção Básica (PINAB) e suas frentes de trabalho na Segurança Alimentar e Nutricional e Combate à Fome e à Pobreza através de Hortas Urbanas e Comunitárias. De 2013 a 2015, o PINAB desenvolveu a Horta Popular Boa Esperança e de 2016 até os dias de hoje, a Horta no Vila. Buscava-se com essas iniciativas uma valorização da relação direta com a natureza, potente para a saúde e o bem-estar comunitário, que traz um contraponto à depredação ambiental e a impessoalidade de cada sujeito nesse processo, buscando refletir sobre a sustentabilidade e novas formas de pensar nosso contexto político e econômico. A Extensão Popular na universidade tem um desafio: ela acompanha, apoia e inspira ações de transformação social. Nela, o processo educativo se dá na ação de mudar padrões de conduta, modos de vida, atitudes e reações sociais. Ao questionarmos os alcances dessa transformação social como parte de um aparelho que reproduz a hegemonia atual, bem como em quais aspectos a Extensão Popular poderia exercer seu papel contrahegemônico, pudemos chegar em duas categorias. O objetivo central deste estudo é analisar a Extensão Popular e sua relação com as categorias Autonomia e Participação Popular através das experiências de hortas urbanas do programa PINAB e a partir da visão dos sujeitos nelas envolvidas. Para a realização deste estudo qualitativo e exploratório, optamos por corroborar com o método dialético através da análise de conteúdo de entrevistas semi-estruturadas, documentos e referências bibliográficas e da própria observação participante. No envolvimento com a Agricultura Urbana pela luz da Educação Popular, estudantes, usuários e profissionais de saúde, ao se envolverem uns com os outros, puderam perceber o despertar de resultados da produção coletiva de conhecimento cotidiano. Compreendemos com o estudo que a Participação Popular promove aprendizados e impulsionam ações capazes de convergir elementos fundantes presentes na categoria Autonomia. Essa compreensão arraigada na prática traduz um resultado importante: a Extensão Universitária, mesmo aquela pautada na Educação Popular, dificilmente irá compor ações emancipadoras, a Autonomia plena não virá como uma dádiva messiânica entregue aos sujeitos subalternizados e marginalizados. Entretanto, a Extensão Popular vem consistentemente demonstrando que é capaz de realizar um exercício cotidiano de novas relações e, essas sim, serão capazes de apontar caminhos para uma Autonomia que só será plena caso seja participativa.
Abstract: The present study came to be with reflections and questionings that came together along with eight years of working and experimenting Extension in the light of Popular Education within the university, especially with the Program of Integral Practices of Health Promotion and Nutrition in Basic Attention (PINAB) and it’s fronts with Food and Nutrition Security and Combating Hunger and Poverty through urban and community gardens. From 2013 to 2015, PINAB developed the Community Garden Boa Esperança and from 2016 to this day, the Community Garden Horta no Vila. It saught with these initiatives the appreciation of a direct interaction with nature, strong for basic health care that brings the counterpart to environmental depredation and the impersonality of each individual in this process, seeking out to reflect upon sustaintability e new ways of thinking our political and economical context. Popular Extension in university has its challenges: it comes with, supports and inspires actions of social transformation. The educational process with it comes with changing behavior patterns, attitudes and ways of living. As we question the reaches that this social transformation may have as part of a modern hegemonic pattern stabilished, as well as which aspects of Popular Extension could exercise its counter hegemonic role, we came out to two categories. The main objective of this study is to analyze Popular Extension and it’s relation with the categories Authonomy and Popular Participation through the experience of urban gardens in PINAB, from the involved subjects’s point of view. To make this qualitative and exploratory study happen, we opted to agree with the dialectical method through content analysis of semi-structured interviews, documents, bibliographic references and personal observations. In the involvement with Urban Agriculture and Popular Education, students, public health users and public health professionals could get together and realize the start of collective products results. We comprehended with this study that Popular Paticipation can promote learnigns capable of actions that converge main elements of Authonomy. This comprehension shed its light in Popular Education as, in practice, Popular Extension will hardly compose emancipatory actions, the full extent of Authonomy will not come as a messianic gift to be delivered in the lap of subalternized people. Although, Popular Extention has been consistently capable of exercising everyday new ways of interactions and these ways could be capable of pointing ways to full extent of Authonomy that will only be effective if participative.
Keywords: Extensão popular
Agricultura urbana
Autonomia e participação popular
Popular extension
Urban agriculture
Authonomy and popular participation
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12643
Issue Date: 30-Mar-2017
Appears in Collections:Centro de Educação (CE) - Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivo total8,66 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons