Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12649
metadata.dc.type: TCC
Title: ESTUDO FITOQUÍMICO de Helicteres velutina K. SCHUM (STERCULIACEAE): UMA BUSCA POR SUBSTÂNCIA ATIVAS NO CONTROLE DO AEDES AEGYPTI L.
metadata.dc.creator: Aquino, Ana Karoline Silva de
metadata.dc.contributor.advisor1: Teles, Yanna Carolina Ferreira
metadata.dc.description.resumo: As plantas têm sido uma fonte fundamental de recursos para a humanidade e sua vasta aplicação ocorre graças a grande diversidade de moléculas produzidas pelo metabolismo celular e pela capacidade de interagir em diferentes sistemas biológicos. A Fitoquímica é uma subárea da Química de Produtos Naturais que tem por objetivo isolar e identificar metabólitos vegetais, por meio de diversos métodos analíticos. O Brasil é um país privilegiado no que diz respeito à pesquisa em produtos naturais, devido a sua vasta biodiversidade. A dengue é uma enfermidade viral transmitida pelo mosquito vetor Aedes aegpyti, responsável também pela transmissão da Chikungunya e da Zyka. Essas doenças provocam febre, dores no corpo, nas articulações, vômito, podem provocar má formação fetal e levar a óbito. Existem relatos na literatura de metabólitos vegetais com atividade larvicida e inseticida com potencial utilização contra o mosquito vetor. Tendo por base as informações supracitadas, o objetivo deste trabalho foi realizar o estudo fitoquímico da espécie Helicteres velutina, buscando identificar os seus principais metabólitos secundários, isolar substâncias, avaliar seu teor de compostos fenólicos e posteriormente sua possível atividade larvicida. Para tal, foram utilizados métodos cromatográficos, espectroscópicos e espectrofotométricos. Como resultado, foi possível identificar a presença dos seguintes grupos de metabólitos secundários: esteroides, triterpenos e flavonoides, com isolamento e identificação do flavonoide tilirosídeo, relatado na literatura com importantes atividades farmacológicas. O teor de fenólicos presentes no extrato foi de 26,35 mg de EAG/g. O extrato etanólico de Helicteres velutina foi avaliado quanto ao seu potencial larvicida frente às larvas do Aedes aegypti, apresentando excelente resultado, que indica o seu potencial uso dessa espécie no controle da proliferação do mosquito. A realização deste estudo contribuiu para a ampliação do conhecimento acerca dos metabólitos secundários produzidos pela espécie, contribuindo com a quimiotaxonomia da família Sterculiaceae.
Abstract: Plants have been a fundamental source of resources for humans and their great application is due the great diversity of molecules produced by cellular metabolism and by the ability to interact in several biological systems. Phytochemistry is a subarea of the Natural Products Chemistry that aims to isolate and identify plant metabolites through analytical methods. Brazil is a privileged country in research on natural product, due its great biodiversity. Dengue is a disease caused by a vírus transmitted by Aedes aegypti mosquito as well as Chikungunya and Zyka. These diseases cause fever, pain in the body, in the joints, vomiting, complications in fetal formation and can lead to death. There are reports in the literature of plants substances with larvicidal and insecticide activity that can be used against the mosquito. Based on these informations, the objective of this work to carry out a phytochemical study on Helicteres velutina, to evaluate, its phenolic content, the main secondary metabolites that are present in its extract, its antioxidant potential and its possible larvicidal activity. To accomplish our objectives, spectroscopic, spectrophotometric and chromatographic methods were used. As the result it was possible to identify the presence of steroids, triterpenes, flavonoids and tannins in its extract. The phenolic content was found as 26.35 mg EAG/g of extract and it was possible to isolate a flavonoid compound called tiliroside. The crude ethanolic extract of Helicteres velutina was evaluated as larvicidal against larvae of Aedes aegypti, showing great result that indicates its potential use to control the proliferation of the mosquito. This study contributed to the increase of the knowledge about the secondary metabolites produced by the species, also contributing to chemotaxonomy of the family Sterculiaceae.
Keywords: Helicteres velutina
Sterculiaceae
Potencial larvicida
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ: QUÍMICA E FÍSICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Química e Física
metadata.dc.rights: Acesso aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12649
Issue Date: 4-Dec-2018
Appears in Collections:TCC - Química - CCA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
AKSA14122018.pdf1,17 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.