Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12686
metadata.dc.type: TCC
Title: DESEMPENHO DO SOLO-CIMENTO COM INCORPORAÇÃO DE BENTONITA
metadata.dc.creator: Brito, Alicia Nayana dos Santos Lima de
metadata.dc.contributor.advisor1: Melo, Fernanda Fernandes de
metadata.dc.description.resumo: Devido ao alto valor socioeconômico e ambiental das nascentes, mostra-se necessário a conservação das mesmas para garantir a qualidade da água. Considerando a localização de uma nascente em meio a uma pastagem, visando sua vulnerabilidade à diversos agentes externos, emprega-se a técnica de proteção com o solo-cimento. O cimento possui a capacidade de estabilidade e resistência, porém outras incorporações podem ser feitas melhorando as propriedades físicas. Nesse sentido, a incorporação de argilas como a bentonita podem trazer benefícios como a redução da porosidade e aumento da plasticidade da mistura. Diante do exposto, o objetivo foi determinar o percentual ideal de substituição de solo por resíduo de bentonita, proporcionando melhorias das propriedades físicas e de estabilidade nas misturas solo-cimento visando a aplicação em barreiras de proteção de nascentes. A mistura foi elaborada no traço de 1:3 utilizando cimento Portland e solo de textura média, sendo que o solo foi constituído de misturas com bentonita, em substituições percentuais de 0, 10, 30, 50 e 100% em peso de solo por resíduo. Foram testadas física e mecanicamente, em testes de resistência, absorção de água e estabilidade volumétrica. Observou-se que o percentual adequado de bentonita em substituição do solo que houve um melhor comportamento para esse caso foi o tratamento com 10%, proporcionando melhores plasticidade e trabalhabilidade na hora da preparação das misturas, apresentando viabilidade, porém a retração hidráulica e consequente formação de fissuras podem fragilizar a sua utilização na proteção das nascentes.
Abstract: Due to the high socioeconomic and environmental value of the springs, it is necessary to conserve them to guarantee the quality of the water. Considering the location of a spring in the middle of a pasture, aiming at its vulnerability to various external agents, the soil-cement protection technique is used. The cement has the capacity of stability and resistance, but other incorporations can improve the physical properties. In this sense, the incorporation of clays such as bentonite can bring benefits such as reduction of porosity and increase of plasticity of the mixture. Considering the above, the objective was to determine the ideal percentage of soil substitution by bentonite, providing improvements of the physical properties and stability in the soil-cement mixtures, aiming at the application in the protection barriers of springs. The mortars was formed in the 1:3 trace using Portland cement and medium textured soil; and the soil was composed of mixtures with bentonite, in percent substitutions of 0, 10, 30, 50 and 100% by weight of soil per residue. They were physically and mechanically tested in resistance tests, water absorption and volumetric stability. It was observed that the adequate percentage of bentonite in substitution of the soil that had a better behavior in this case was the treatment with 10%, providing better plasticity and workability at the time of preparation of the mixtures, presenting viability, however the hydraulic retraction and consequent formation may weaken its use in the protection of springs.
Keywords: Argamassa
Resíduo mineral
Plasticidade
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Solos e Engenharia Rural
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12686
Issue Date: 29-Nov-2018
Appears in Collections:TCC - Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ANSLB18122018.pdf1,67 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.