Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12771
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Diversidade de mamíferos de médio porte e ocorrência de cães domésticos como espécie invasora em unidades de conservação na Mata Atlântica da Paraíba, Brasil.
metadata.dc.creator: Albuquerque, Anna Carolina Figueiredo de
metadata.dc.contributor.advisor1: Estrela, Pedro Cordeiro
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Rocha, Fabiana Lopes
metadata.dc.description.resumo: No Nordeste do Brasil, a porção de Mata Atlântica ao norte do rio São Francisco, conhecida como Centro de Endemismo de Pernambuco (CEPE) por ser um hotspot de biodiversidade, é a região mais impactada e fragmentada do bioma. A fauna de mamíferos de médio porte é pouco conhecida nessa região, a despeito do seu papel ecológico como espécies-chave na estruturação das comunidades biológicas, especialmente na ausência de grandes predadores. Com os processos de antropização e a expansão de áreas urbanizadas próximas aos ambientes naturais, ocorre o aumento da população de mamíferos domésticos, cães e gatos, que acabam afetando diretamente os mamíferos silvestres por competição, predação ou transmissão de parasitos. Este trabalho objetivou analisar a estrutura das comunidades de mamíferos de médio porte por meio da composição de espécies, riqueza e diversidade, em três Unidades de Conservação de Mata Atlântica no estado da Paraíba. Ainda, avaliamos a presença de cães domésticos como espécie invasora, estimando sua abundância, densidade, padrão de uso do espaço e período de atividade. O estudo foi realizado na Reserva Biológica (Rebio) Guaribas e duas Reservas Particulares do Patrimônio Natural (RPPN) Fazenda Pacatuba e Engenho Gargaú. Para tanto, utilizamos armadilhas fotográficas espalhadas em grids com intervalo de 1km2. Obtivemos 642 registros de mamíferos silvestres pertencentes à 14 espécies e 86 registros de cães e gatos domésticos. A ordem mais representativa foi a Carnivora, e as espécies mais frequentes foram Dasyprocta iacki (n= 255; 35%), Didelphis albiventris (n= 184; 25%) e Dasypus novemcinctus (n=60; 8%). Destacamos a presença de Leopardus pardalis, sendo estes os primeiros registros do animal na área de estudo. Destacamos ainda o registro de Cabassous tatouay, devido ao seu baixo número de registros para a região, possuindo apenas dois espécimes na Coleção de Mamíferos da Universidade Federal da Paraíba, Coendou prehensilis, por ser uma espécie com hábitos e habitat arborícola, bem como os primatas Alouatta belzebul e Sapajus flavius, que estão criticamente ameaçados de extinção. A riqueza de mamíferos silvestres representou a metade do pool de espécies regional, podendo isso estar relacionado a elevada fragmentação e perda de habitat da área, como também pode estar ligada a práticas de caça que ocorrem na região, resultando em processo de defaunação. A alta frequência de Didelphis albiventris, pode ser um indicativo de áreas perturbadas, bem como a ausência de espécies de carnívoros esperadas para região podem gerar um efeito cascata nas comunidades biológicas. Em relação aos cães domésticos, foram estimadas a abundância e a densidade na Rebio Guaribas SEMA II (n = 90; 3,2 cães/km²) e na RPPN Fazenda Pacatuba (n=29, 6,2 cães/km²), respectivamente. O horário de atividade dos cães nas UCs teve picos entre 1:00-3:00AM e 5:00-07:00AM, e o padrão de uso foi mais frequente nas bordas na RPPN Fazenda Pacatuba, e na Rebio Guaribas, tanto na borda como em suas estradas internas. Os registros de cães domésticos nas UCs são relevantes para a criação de estratégias visando impedir a presença desses animais nas áreas estudadas, tendo em vista que são considerados como espécie invasora que pode trazer efeitos negativos para a fauna local. Ações envolvendo as comunidades do entorno das áreas para o esclarecimento dos problemas de saúde que a interação entre cães e mamíferos silvestres podem causar, como também a realização de censos da população canina concomitantes com estudos epidemiológicos e campanhas de vacinação e castração nos cães das comunidades dos entornos das áreas também devem ser realizadas.
Abstract: In Northeastern of Brazil, the Atlantic Forest portion north to the São Francisco River, known as the Pernambuco Endemism Center (PEC), a biodiversity hotspot, is the most impacted and fragmented region of the biome. Little is known about the medium-sized mammalian fauna in this region, despite their ecological role as key species in the structuring of biological communities, especially in the absence of large predators. With the processes of anthropization and the expansion of urbanized areas close to natural environments, there is an increase in the population of domestic mammals, which end up directly affecting wild mammals through competition, predation and/or transmission of parasites. This study aimed to analyze the structure of medium - sized mammal communities through the species composition, richness and diversity, in three Atlantic Forest conservation units in the state of Paraíba. Also, we evaluated the presence of domestic dogs as invasive species, estimating their abundance, density, pattern of use of the space and activity. The study was carried out in the Guaribas Biological Reserve (Rebio) and two Natural Heritage Private Reserves (RPPN), Fazenda Pacatuba and Engenho Gargaú. For that, we used cameras traps distributed in grids with interval of 1km². We obtained 642 records of wild mammals, belonging to 14 species and 86 domestic dogs and cats’ records. The most representative order was the Carnivora, and the most frequent species were Dasyprocta iacki (n = 255; 35%), Didelphis. albiventris (n = 184; 25%) and Dasypus novemcinctus (n = 60; 8%). We highlight the records of Leopardus pardalis, which are the first for the species in the study area We should also note the registration of Cabassous tatouay, which has only two specimens in the Mammalian Collection of the Federal University of Paraíba, Coendou prehensilis, for being arboreal species, besides the primates, Alouatta belzebul and Sapajus flavius, which are critically endangered. The wild mammals’ richness we found represented half of the regional pool of species, which may be related to high fragmentation and habitat loss in the area but may be also related to practices of hunting that occur in the region, resulting in a defaunation process. The high frequency of Didelphis albiventris, can be an indicative of disturbed areas, as well as the absence of carnivorous species expected for region can generate a cascade effect in the biological communities. In relation to the domestic dogs, we estimated the abundance and density in Rebio Guaribas SEMA II (n = 90, 3.2 dogs / km²) and RPPN Fazenda. Pacatuba (n = 29, 6.2 dogs / km²), respectively. The activity hours of the dogs in the protected areas had peaks between 1: 00-3: 00 AM and 5: 00-07: 00 AM, and the pattern of use was more frequent at the edges in the RPPN Faz. Pacatuba, and in Rebio Guaribas, on the edge as well on its internal roads. The records found of dogs in the conservation units are relevant strategic planning to avoid the use of these areas by these dogs since they are considered invasive species and can have negative impacts to the fauna. Actions involving the surrounding communities of the areas to explain the health problems between the interaction of wild dogs and mammals. And can cause as well as the accomplishment of canine population censuses concomitant with epidemiological studies and campaigns of vaccination and castration in the dogs of the communities of the areas must also be carried out.
Keywords: Centro de endemismo de Pernambuco
Unidades de conservação
Armadilhas fotográficas
Pernambuco endemic center
Protected areas
Camera traps
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Zoologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/12771
Issue Date: 1-Dec-2017
Appears in Collections:Centro de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivo total8,66 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons