Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/13228
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Corpo, escola, cognição: experiências em oficinas de dança com alunos do ensino fundamental
metadata.dc.creator: Justino, Walderlane Cardoso
metadata.dc.contributor.advisor1: Schulze, Guilherme Barbosa
metadata.dc.description.resumo: Esta pesquisa propõe investigar o corpo e suas percepções no processo de ensino-aprendizagem dentro da escola. O interesse nessa discussão se dá devido à percepção de uma prática escolar que ainda negligencia o corpo e a dança nas suas relações de aprendizagem. A partir da dança, a pesquisa tem por objetivo analisar as relações entre corpo, escola e cognição, por meio de duas oficinas de dança, realizadas na escola Sociólogo Gilberto Freyre no município de RecifePE, com alunos do ensino fundamental. A pesquisa constrói suas bases no pensamento fenomenológico com a figura de Maurice Merleau-Ponty (2011), que investigava o corpo, suas sensibilidades e percepções, em diálogo com os teóricos Humberto Maturana e Francisco Varela (1995). Estes últimos apresentam, em suas pesquisas, estudos a respeito do corpo, enquanto cognição. Sendo assim, as conexões teóricas entre o universo da fenomenologia e a biologia do conhecer estruturam o principal corpus teórico da referida investigação. Na área da dança, dialogo com Rudolf Laban (1978) e Pina Bausch por entender, nas proposições teóricas e práticas destes pesquisadores, uma identificação no que tange ao pensamento e prática na dança. No teatro, faço uma ponte também para falar de um corpo pensante e expressivo com Grotowski (1987). As duas linguagens artísticas −dança e teatro− são concernentes a minha vida artística/profissional e, por isso, há um diálogo entre esses dois universos na construção da metodologia proposta para as oficinas de dança realizadas no transcorrer da pesquisa. O foco é um corpo que dança, reflete, pensa e dialoga. Nessa perspectiva, foi se evidenciando um pensamento metodológico o qual chamei de Corpo-Olha-Sente-Pensa (COSP) e que, durante a pesquisa, foi se desenhando junto com as práticas e identificações teóricas. Isabel Marques (2012) é peça importante neste estudo por situar o lugar da dança no espaço da aprendizagem e também por ter um olhar cuidadoso e conectado com um corpo que é social, contextualizado e crítico. Dessa forma, a pesquisa foi trilhando os caminhos ao trazer para a escola e para os alunos uma vivência corporal significativa, em que o processo diário de percepção de si e, consequentemente, do outro, foi levando os alunos a descobrirem novas relações de mundo e aprendizagem.
Abstract: This research aims to investigate the body and its perceptions in the teaching-learning process within the school. The interest in this discussion is due to the perception of a school practice that still neglects the body and dance in their learning relationships. From the dance the research aims to analyze the relationships between body, school and cognition, through two dance workshops, held at the Gilberto Freyre Sociologist school in the city of Recife-PE, with elementary school students. The research builds its foundations in phenomenological thinking with the figure of Maurice Merleau-Ponty (2011), who investigated the body, its sensibilities and perceptions, in dialogue with the theorists Humberto Maturana and Francisco Varela (1995). The latter present in their research studies on the body as cognition. Thus, the theoretical connections between the universe of phenomenology and the biology of knowledge structure the main theoretical corpus of this research. In the area of dance I dialogue with Rudolf Laban (1978) and Pina Bausch for understanding in the theoretical and practical propositions of these researchers an identification with regard to thinking and practice in dance. In the theater I also make a bridge to speak of a thinking and expressive body with Grotowski (1987). The two artistic languages dance and theater are related to the artistic / professional life of the researcher and therefore there is a dialogue between these two universes in the construction of the methodology proposed for the dance workshops held in the course of the research. Focus is a body that dances, reflects, thinks and dialogues. In this perspective, a methodological thought was called what I called Corpo-Olha-Sente-Pensa (COSP) and that during the research was designed along with the practices and theoretical identifications. Isabel Marques (2012) is an important piece in this study also for situating the place of dance in the learning space and also for having a careful and connected look with a body that is social, contextualized and critical. In this way, the research was tracing the ways of bringing a significant bodily experience to the school and to the students, where the daily process of first perception of itself and consequently of the other, was leading the students to discover new relationships of world and learning.
Keywords: Dança
Corpo
Escola
Cognição
Percepção
Dance
Body
School
Cognition
Perception
Dança - escola
Vivência corporal - alunos do ensino fundamental
Oficinas de dança
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::ARTES::TEATRO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Artes Cênicas
metadata.dc.publisher.program: Mestrado Profissional em Artes em Rede Nacional
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/13228
Issue Date: 20-Jun-2018
Appears in Collections:Centro de Comunicação, Turismo e Artes (CCTA) - Mestrado Profissional em Artes em Rede Nacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivo total1,88 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons