Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/13368
metadata.dc.type: TCC
Title: Obtenção de zeólita sintética para produção de fluidos de perfuração base oleosa
metadata.dc.creator: Barros, Janetty Jany Pereira
metadata.dc.contributor.advisor1: Ferreira, Heber Sivini
metadata.dc.description.resumo: As zeólitas fazem parte de um amplo grupo de sólidos porosos que são definidos como aluminossilicatos cristalinos com uma estrutura tridimensional composta por um conjunto de cavidades ocupadas por grandes íons e moléculas de água, ambos com considerável liberdade de movimento, permitindo a troca iônica e uma hidratação reversível. Estes materiais podem ser obtidos através de inúmeras formas, e uma maneira eficaz para a síntese das zeólitas é a utilização de sedimentos amorfos, onde uma mistura de espécies de Si e Al, cátions metálicos, moléculas orgânicas e água, são convertidos através de uma solução supersaturada alcalina em um aluminossilicato cristalino microporoso. As matérias primas precursoras utilizadas no presente trabalho foram à sílica amorfa e a alumina amorfa obtida pelo método de Pechini, que consiste em um método de produção de alumina a partir de um precursor polimérico. Esse método tem demonstrado bastante eficácia na preparação de pós com alta homogeneidade e reatividade química, cuja transformação em zeólitas ocorre através da ativação alcalina com hidróxido de sódio (NaOH). Esse estudo tem como objetivo obter zeólitas sintética, para posterior tratamento com tensoativo iônico tornando-as organofílicas para aplicação como agente viscosificante para fluidos de perfuração base oleosa. As amostras foram caracterizadas através das técnicas de Difração de Raios X (DRX), composição química por Fluorescência de Raios X (FRX), Análise Térmica Diferencial (DTA) e Termogravimétrica (TGA) e Microscopia Eletrônica de Varredura (MEV). A análise das propriedades viscosificantes foi baseada na norma da Petrobras EP-1EP-00023A. Os resultados mostraram a obtenção de zeólitas do tipo A e sodalita, em todas as concentrações e tempos distintos de 3,05 ou 3,5 M NaOH por 6, 12 ou 24 horas. Não foi verificado benefício da organofilização das amostras para serem usadas como agente viscosificante em fluidos de perfuração base oleosa. Com a determinação da viscosidade aparente, foi observado que os materiais obtidos não atendem os valores de viscosidade normatizados.
Abstract: The zeolites are part of a large group of porous solids that are defined as crystalline aluminosilicates with a three-dimensional structure composed of a set of cavities occupied by large ions and water molecules, both with considerable freedom of movement, allowing ion exchange and hydration reversible. These materials can be obtained in a number of ways, and an effective way to synthesize the zeolites is the use of amorphous sediments where a mixture of Si and Al species, metal cations, organic molecules and water are converted through a solution supersaturated in a microporous crystalline aluminosilicate. The precursor raw materials used in the present work were amorphous silica and amorphous alumina obtained by the Pechini method, which consists of a method of producing alumina from a polymeric precursor. This method has been shown to be very effective in the preparation of powders with high homogeneity and chemical reactivity, whose transformation into zeolites occurs through alkaline activation with sodium hydroxide (NaOH). This study aims to obtain synthetic zeolites for further treatment with ionic surfactant making them organophilic for application as a viscosifying agent for oily base drilling fluids. The samples were characterized by X-Ray Diffraction (XRD), X-Ray Fluorescence (FRX), Differential Thermal Analysis (DTA) and Thermogravimetric (TGA) and Scanning Electron Microscopy (SEM) techniques. The analysis of the viscosifying properties was based on the Petrobras standard EP-1EP-00023A. The results showed the obtaining of type A and sodalite zeolites at all concentrations and times of 3.05 or 3.5 M NaOH for 6, 12 or 24 hours. No benefit of organophilization of the samples was found to be used as a viscosifying agent in oily base drilling fluids. With the determination of the apparent viscosity, it was observed that the materials obtained do not meet the normalized viscosity values.
Keywords: Método de Pechini
síntese hidrotérmica
fluidos de perfuração
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA DE MATERIAIS E METALURGICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Engenharia de Materiais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/13368
Issue Date: 11-Jun-2018
Appears in Collections:TCC - Engenharia de Materiais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JJPB25062018.pdf1,45 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.