Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/13933
metadata.dc.type: TCC
Title: O risco demográfico no equilibrio atuarial do RGPS: análise da conjuntura financeira de 2006 a 2017
metadata.dc.creator: Santos, Márcio Soares dos
metadata.dc.contributor.advisor1: Oliveira, Ionara Stéfani Viana de
metadata.dc.description.resumo: A Previdência Social é o seguro dos seus contribuintes garantindo a reposição de suas rendas e de seus familiares em decorrência da incapacidade para o trabalho. E é através dos regimes previdenciários que se concretiza a realização dos princípios constituições para os quais foi criada promovendo seu objetivo de proteção social frente aos riscos sociais. Um desses regimes, o Regime Geral de Previdência Social (RGPS) apresenta-se na atualidade como sendo objeto de estudo de diversos autores na atualidade o qual vem sendo caracterizado como sendo deficitário e incapaz de manter sua estabilidade atuarial, ameaçada pelos riscos demográficos que se tornaram determinantes a partir da transição demográfica, comprometendo desta forma um futuro não tão certo para seus segurados. Por esta razão, o objetivo central deste trabalho é mostrar como o risco demográfico interfere no equilíbrio atuarial, contribuindo para os crescentes resultados deficitários do RGPS, contrapondo-se ao equilíbrio atuarial. Para tal, a partir de uma pesquisa explicatória e bibliográfica, foi realizada uma análise do regime e dos seus principais fatores determinantes, destacando os demográficos. Assim como os resultados das receitas e despesas no período de 2006 a 2017, considerando também outros resultados como o número de contribuintes, benefícios, aposentadorias e beneficiários. Desta forma observou-se, em função da pesquisa aplicada, que o risco demográfico é uma das principais causas dos resultados deficitários do RGPS durante este período, tendo em vista que o país ainda sofre por conta dos resultados das baixas taxas de fecundidade, redução gradativa da taxa de mortalidade, e crescente envelhecimento da população, aumentando a longevidade, consequentemente, elevando o número de pessoas dependentes do sistema, gerando-se mais gastos e tornando as arrecadações insuficientes para o cumprimento do princípio estabelecido constitucionalmente para manter o regime sustentável, o equilíbrio atuarial.
Abstract: The Social Security is one of its main beneficiaries guaranteeing the replacement of its obligations and of its own relatives due to incapacity for work. And it is through social security schemes that a concrete realization of the constituents for the companies that are promoting their objective of social protection against the social risks is materialized. One of these regimes, the General Social Security Regime (RGPS) presents itself as a subject of study by its authors in the present day what has been done while it was deficient and unable to maintain its actuarial stability, threatened by the demographic risks that are new determinants from the transition of the demographic, committing such as future. For this reason, the main objective of this study is to show how the demographic risk interferes in the actuarial balance, contributing to the growth of RGPS deficits, as opposed to the actuarial balance. To do so, from an explanatory and bibliographical research, an analysis of the regime and its main determining factors was carried out, highlighting the demographic ones. As well as the results of revenues and expenses in the period from 2006 to 2017, the results are also considered as the number of taxpayers, benefits, pensions and beneficiaries. As a result of the applied research, it was observed that demographic risk is one of the main causes of RPM weight loss during this period, since the country still suffers because of fertility rates, increasing the longevity, consequently increasing the number of people dependent on the system, generating more expenses and making insufficient collections for the provision of the exercise constitutionally established to maintain the sustainability regime, the actuarial balance.
Keywords: Monografia em Ciências Atuariais
Previdência Social
Regime Geral de Previdência Social (RGPS)
Risco demográfico
Equilíbrio financeiro e atuarial
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::OUTROS::CIENCIAS ATUARIAIS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciências Sociais Aplicadas
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/13933
Issue Date: 24-Oct-2018
Appears in Collections:CCSA - TCC - Ciências Atuariais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MSS26032019.pdf1,88 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons