Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/14132
metadata.dc.type: Dissertação
Title: O limite do crescimento econômico com equidade social na perspectiva neodesenvolvimentista no Brasil
metadata.dc.creator: Cruz, Maria da Conceição da Silva
metadata.dc.contributor.advisor1: Gomes, Claudia Maria Costa
metadata.dc.description.resumo: A dissertação desenvolve a discussão entre combate à pobreza, transferência de renda, equidade social e precarização do trabalho. Com o objetivo de analisar os programas de transferência de renda no combate à pobreza no neodesenvolvimentismo na perspectiva da equidade social pela via da precarização das relações de trabalho. Especificamente, os objetivos giram em torno do debate da precarização das relações de trabalho e sua relação com a perspectiva neodesenvolvimentista de crescimento econômico com equidade social no Brasil; a verificação da forma como os programas de transferência de renda atuam no combate à pobreza no Brasil como mecanismo de reprodução da força de trabalho; e, por fim, demonstrar que a proposta neodesenvolvimentista de crescimento econômico com equidade social para o combate à pobreza, reproduz um exército qualificado de força de trabalho precarizada na contemporaneidade, fazendo o apontamento dos limites da proposta de crescimento econômico com equidade social. A hipótese sustentada é de que a promoção do crescimento econômico com equidade social proposta pelo neodesenvolvimentismo encontra em si mesmo os seus limites, pois o desenvolvimento das forças produtivas necessário ao crescimento econômico tende a acarretar a expulsão da força de trabalho e ao promover a qualificação dos trabalhadores com vistas a proporcionarlhes as condições de competir no mercado, acaba por aumentar a sua condição de trabalhador precarizado e explorado, sujeito às formas mais degradantes de uso da sua força de trabalho, bem como, subjuga a parcela de trabalhadores empregados às condições mais intensas de exploração. Nossa pesquisa é de caráter teórico e, em sendo assim, para construção da mesma nos debruçamos em leituras, análises e sistematizações das principais obras que tratam do tema proposto, fazendo um resgate histórico das formas pretéritas de precarização do trabalho, tomando como base O Capital (livro I) de Marx, até chegarmos às formas contemporâneas, tendo como principais referências os autores Ricardo Antunes, Giovanni Alves, Luciano Vasapollo e Graça Druck; para o debate sobre a equidade social, utilizamos o conceito de justiça social elaborado por John Rawls. E para fundamentar nossa hipótese, utilizamos ainda dados secundários disponibilizados, entre outros, pelo IBGE, DIEESE, IPEA, MDS/MDSA, CEPAL, ONU e OIT. No tocante a metodologia, utilizamos o método histórico dialético, que busca uma apreensão real dos fatos, ou seja, além do aparente, investigando a essência dos objetos através de aproximações sucessivas da realidade.
Abstract: The dissertation develops the discussion between fighting poverty, income transfer, social equity and job insecurity. In order to analyze the income transfer programs to combat poverty in neo-developmentism the perspective of social equity by way of casualization of labor relations. Specifically, the objectives revolve around the debate casualization of labor relations and its relationship with neodesenvolvimentista prospect of economic growth with social equity in Brazil; verification of how the income transfer programs work to combat poverty in Brazil as a playback mechanism of the workforce; and, finally, demonstrate that neodesenvolvimentista proposal for economic growth with social equity to combat poverty plays a qualified army of precarious labor force in contemporary times, making note of the limits of the proposed economic growth with social equity. Sustained hypothesis is that the promotion of economic growth with social equity proposed by neo-developmentism finds itself its limits, for the development of the productive forces necessary for economic growth tends to lead to the expulsion of the workforce and promoting qualification of workers in order to provide them with the conditions to compete in the market, ends up increasing your working condition precarious and exploited, subjected to the most degrading forms of use of its workforce, and subjugates the share of workers employed the most severe operating conditions. Our research is of theoretical character, and therefore, to build the same worked through the readings, analysis and systematization of the major works that deal with the theme, making a historical review of past forms of precarious work, based Capital (book I) Marx, until we reach the contemporary forms, the main references of the authors Ricardo Antunes, Giovanni Alves, Luciano Vasapollo and Grace Druck; to the debate on social equity, we use the concept of social justice elaborated by John Rawls. And to support our hypothesis, we still use secondary data available, among others, by IBGE, DIEESE, IPEA, MDS / MDSA, ECLAC, UN and ILO. Regarding the methodology we used the historical dialectic method which seeks a real grasp of the facts, that is, beyond the apparent, investigating the essence of objects through successive approximations of reality.
Keywords: Combate à pobreza
Equidade social
Precarização do trabalho
Neodesenvolvimentismo
Fighting poverty
Social equity
Precarious work
Neodevelopment
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::SERVICO SOCIAL
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Serviço Social
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Serviço Social
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/14132
Issue Date: 22-Sep-2016
Appears in Collections:Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes (CCHLA) - Programa de Pós-Graduação em Serviço Social

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivo total1,83 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons