Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/14233
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Caracterização de resíduos da indústria cerâmica e seu emprego em argamassas de cimento Portland.
metadata.dc.creator: Carvalho, Carlos Maviael de
metadata.dc.contributor.advisor1: Barbosa, Normando Perazzo
metadata.dc.description.resumo: O desenvolvimento sustentável impulsiona as empresas a tomar medidas que auxiliem na minimização dos seus impactos ambientais. No Estado da Paraíba existem cerca de 140 empresas de cerâmica vermelha descartando diariamente grande quantidade resíduos oriundos de falhas do sistema produtivo. Esse tipo de resíduo não é facilmente reincorporado na Natureza, constituindo-se um produto que causa impacto ambiental. Esta pesquisa procura fazer a caracterização completa desse material visando seu emprego em argamassa à base de cimento Portland. O resíduo foi coletado em uma indústria parceira e foi cominuído, passando por três diferentes métodos de análise de finura, quando se escolheu a mais conveniente. Em seguida, foram feitas as caracterizações química, mineralógica, física e de atividade pozolânica por três métodos: com cal; com cimento Portland; e pelo método de Chapelle modificado. Foram usados dois resíduos cerâmicos: de blocos e de telhas. Ao mesmo tempo, foram também caracterizadas duas pozolanas usadas em fábricas de cimento locais e dois metacaulins industriais. Os resultados indicaram que os resíduos em estudo não se tratam de uma pozolana muito reativa, por conta do relativamente baixo grau de amorficidade, demonstrado pelo método de Rietveld. No entanto, apresentaram bom desempenho no ensaio de atividade pozolânica com cal. Os resíduos cerâmicos foram, então, usados como material de substituição do cimento em uma argamassa industrializada, nos teores de 0%; 10%; 15%, 20%, e 25%. Foram obtidas propriedades como densidade, retenção de água, velocidade de propagação de onda ultrasônica, módulo de elasticidade dinâmico e resistência à compressão nas idades de 7, 28 e 56 dias, além de se analisar a absorção de água por capilaridade. Os resultados indicam que a presença dos resíduos cerâmicos interferem pouco nas propriedades das argamassas, permitindo a obtenção de resistências próximas daquela da argamassa de referência, com economia de cimento Portland. Aos 56 dias, todas elas superaram a resistência de 5 MPa. Também foi desenvolvida uma argamassa de alta fluidez para revestimento de pisos. Feito o estudo de fluidez da pasta, chegou-se a um teor de substituição de cimento de 20% com boa reologia e resistência superior a 20 MPa. Portanto, o resíduo industrial em questão tem forte potencialidade de aplicação em argamassas, e seu emprego nelas em alta escala pode tornar a empresa parceira ecologicamente mais limpa, servindo de exemplo para o ramo ceramista local, além de contribuir para o desenvolvimento sustentável da região.
Abstract: Sustainable development drives companies to take steps to assist in minimizing the environmental impact. In the state of Paraiba there are about 140 red ceramic enterprises daily discarding lot of waste from failures of the production system. This type of waste is not easily reincorporated in nature, constituting a product which causes environmental impact. This research seeks to do the complete characterization of this material aimed at its use in mortar with Portland cement. The residue was collected in a partner industry and reduced through three different methods of fineness analysis, when it chose the most convenient. Then were made the chemical, mineralogical, physical characterization and pozzolanic activity by three methods: with lime; Portland cement; and the Chappelle modified method. They used two ceramic residues: blocks and roof tiles. The same time, were also featured two pozzolans used in local cement factories and two industrial metacaulins. The results indicated that the residue in the study did not deal with a very reactive pozzolan, because of the relatively low degree of amorphization, demonstrated by the Rietveld method. However, they performed well in the test pozzolanic activity with lime. The ceramic waste were then used as a cement replacement material in an industrialized mortar, at 0%; 10%; 15%, 20% and 25% content. Properties were obtained such as density, water retention, ultrasonic wave propagation velocity, dynamic modulus of elasticity and compressive strength at ages 7, 28 and 56 days, as well as to analyze water absorption by capillarity. The results showed the presence of ceramic wastes slightly interfere in the mortar properties, allowing to obtain loads close to the reference mortar with Portland cement economy. On day 56, all exceeded 5 MPa of resistance. In addition, a flowable mortar for flooring was developed. Made fluidity study of the paste, has come up to a 20% cement replacement content with good rheology and load higher than 20 MPa. Therefore, the industrial residue in question has strong potential application in mortars, and their use therein on a large scale can make the most ecologically clean business partner, setting an example for the local ceramist branch, and contribute to the sustainable development of the region.
Keywords: Cerâmica vermelha
Resíduo
Pozolana
Argamassa
Red ceramic
Residues
Pozzolans
Mortars
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Engenharia de Materiais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/14233
Issue Date: 30-Mar-2016
Appears in Collections:Centro de Tecnologia (CT) - Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivo total2,11 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons