Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/14235
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Caracterização de micro e nanofibras de PLA produzidas através da fiação por sopro em solução com a incorporação de óleo de candeia e a-bisabolol
metadata.dc.creator: Martins, Martina Fonseca
metadata.dc.contributor.advisor1: Oliveira, Juliano Elvis de
metadata.dc.description.resumo: No emergente campo dos materiais nanoestruturados, destacam-se as nanofibras poliméricas, devido seu elevado número de possíveis aplicações, como, por exemplo, em sistemas de liberação de fármacos, devido sua bioabsorbilidade e capacidade de controlar a velocidade de substâncias ativas encapsuladas. As nanofibras podem ser produzidas por diversas técnicas, entre elas a fiação por sopro em solução (SBS), que permite a produção de fibras micro e nanométricas com menor custo em relação às demais técnicas. Um dos polímeros mais utilizados para essa finalidade é o poli(ácido lático), PLA, por possuir propriedades de biodegradabilidade e biocompatibilidade. O objetivo deste trabalho foi produzir micro e nanofibras de PLA com e sem a incorporação de diferentes concentrações do óleo essencial extraído da candeia (Eremanthus erythropappus) e de seu principal fitoconstituinte, o α bisabolol. Devido à hidrofobicidade do PLA, já bastante conhecida, também foram produzidas mantas contendo DMSO, o qual agiu como um agente surfactante, visto que se trata de um composto orgânico com elevada capacidade higroscópica. Após a produção, as mantas foram caracterizadas por MEV, TGA, DSC, DRX e FTIR. Os resultados mostraram a natureza miscível das soluções poliméricas produzidas. A adição do DMSO, do óleo de candeia e do α bisabolol gerou aumento dos diâmetros das fibras, bem como de sua distribuição. As análises cristalográficas mostraram a natureza semicristalina do PLA, e um resultado contrário ao encontrado no DSC para a cristalinidade, o qual não foi descartado por se tratar de técnicas diferentes. Em geral, pode-se concluir que a técnica de SBS foi adequada para a produção de micro e nanofibras de PLA com adição do óleo de candeia e do α-bisabolol e que, em relação às propriedades físico-químicas das mantas produzidas, não houve diferenças em encapsular o óleo de candeia e/ou o α-bisabolol em nanofibras de PLA. Apresentando assim, o potencial do óleo de candeia para uso em dispositivos nanoestruturados poliméricos. O qual, de acordo com a literatura e após alguns testes, como a avaliação da atividade antimicrobiana, por exemplo, pode vir a confirmar sua utilização em dispositivos de liberação controlada em aplicações biomédicas, assim como em diversas outras aplicações cosméticas.
Abstract: In the emerging field of nanostructured materials, there are the polymeric nanofibers, because to its large number of possible applications, such as in drug delivery systems because of their ability to bioabsorbilidade and controlling the rate of active substances encapsulated. The nanofibers may be produced by various techniques, including blow spinning solution (SBS), which can be used to produce micro and nanofibers at lower cost compared to other techniques. One of the most commonly used polymers for this purpose is poly (lactic acid) PLA, due to its biodegradability and biocompatibility. The aim of this study was to produce micro and nanofibers of PLA, using the SBS technique, with and without the addition of different contents of candeia (Eremanthus erythropappus) essential oil and its main fitoconstituint, the α-bisabolol. Due to the hydrophobicity of the PLA, as well known, they have also been produced webs containing DMSO, which acted as a surfactant since it is an organic compound with high hygroscopic capacity. Produced mats were characterized by SEM, TGA, DSC, XRD and FTIR. Results showed the immiscible nature of the produced polymer solutions. The addition of DMSO, of candeia oil and the α-bisabolol generated an increase in fiber diameters, as well as its distribution. The crystallographic analysis showed the semi-crystalline nature of the PLA, and a result contrary to that found in DSC for crystallinity, which was not discarded because it is different techniques. It can be concluded micro- and nanofibers of PLA with the addition of candeia oil and α-bisabolol were successfully produced by the SBS technique and that, in relation to the physicochemical properties of the mats produced, there was no differences encapsulate the candeia oil or α-bisabolol in nanofibers of PLA. The candeia oil potential applicant for use in polymeric nanostructured devices. This, according to the literature and after a few tests, such as the evaluation of antimicrobial activity, for example, could confirm their use in a drug delivery system in biomedical applications, as well as in various other cosmetic applications.
Keywords: Nanofibras poliméricas
Poli( ácido lático)
Óleo de candeia e α-bisabolol
Polymeric nanofibers
Poly(lactic acid)
Candeia essential oil and α-bisabolol
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Engenharia de Materiais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/14235
Issue Date: 10-Apr-2015
Appears in Collections:Centro de Tecnologia (CT) - Programa de Pós-Graduação em Ciência e Engenharia de Materiais

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivo total9,12 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons