Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/14370
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Maturação de frutos e salinidade na qualidade fisiológica de sementes de mandacaru (Cereus jamacaru P. DC.)
metadata.dc.creator: Barbosa Neto, Miguel Avelino
metadata.dc.contributor.advisor1: Bruno, Riselane de Lucena Alcântara
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Andrade, Alberício Pereira
metadata.dc.description.resumo: O consumo de frutos de mandacaru (Cereus jamacaru) in natura é quase que inexistente, mesmo o fruto possuindo benefícios para a saúde e nutrição humana, servindo na maior parte para alimentação animal nas épocas de seca prolongada; trabalhos que configurem os estágios ideais de colheita desses frutos podem servir de subsídios para serem utilizados na culinária futuramente. Além disso, a ocorrência dessa espécie é difusa, desde o litoral até a as zonas de mata de caatinga, localizados no alto sertão, nascendo no campo sem qualquer trato cultural, suportando ambientes xéricos, com altas temperaturas, solo rasos, umidade e salinidade. Diante disso, este trabalho foi dividido em dois capítulos: i) o primeiro teve por objetivo estudar a qualidade física e fisiológica das sementes de Cereus jamacaru nos diferentes estágios de coloração; e ii) no segundo capítulo objetivou-se avaliar o efeito da salinidade na qualidade fisiológica de sementes de mandacaru oriundas de três áreas do Agreste paraibano. No primeiro capítulo foram selecionadas duas áreas (Tacima, PB e Bananeiras, PB) de Caatinga; os indivíduos foram colhidos aleatoriamente em 5 estágios de coloração (1. Verde; 2. Verde com roxo; 3. Amarelo com roxo; 4. Vermelho com roxo e 5. Roxo predominante); nos dados biométricos foram avaliados o peso (g), comprimento (cm), diâmetro (cm), massa de polpa (g), massa de polpa com semente (g) e massa seca de frutos (g); na qualidade fisiológica foi avaliada a Germinação (g%), Primeira contagem (g%), Comprimento de plântula (cm), Massa fresca de plântula (g), Massa seca (g) e Umidade de sementes (%). De acordo com os resultados verifica-se que as sementes procedentes de Bananeiras, PB mostram-se mais vigorosas (primeira contagem de germinação) em todos os estágios de maturação; o estágio 5 de maturação, com a predominância de frutos de coloração roxa, é o indicado para a colheita em ambas as áreas, pois as sementes apresentam maior qualidade fisiológica. No segundo capítulo, as variáveis avaliadas foram: Germinação, Primeira contagem de germinação, Índice de velocidade de germinação, Tempo médio de Germinação, Comprimento de Plântulas, Massa fresca de plântulas, Massa seca de plântulas e Conteúdo relativo de água. Nas áreas de Tacima, Bananeiras e Remígio, estado da Paraíba, os frutos foram colhidos em estágio de maturação 5 (roxo predominante) e submetidos a 8 níveis de concentração salina, em solução de NaCl+ (0,01; 0,5; 1,5; 2; 2,5; 3; 4 e 5 CE dS m-1). Com base nos resultados, a salinidade não afeta negativamente a qualidade fisiológica das sementes nas respectivas concentrações salinas obtendo-se, em todas as áreas, germinação acima de 70%, essa persistência à ambientes salinos denota uma halotolerância da espécie de C. jamacaru.
Abstract: The consumption of mandacaru fruits (Cereus jamacaru) in natura is almost non-existent, even the fruit having benefits for human health and nutrition, serving mostly for animal feed in times of prolonged drought; works that configure the ideal stages of harvesting these fruits can serve as subsidies to be used in cooking in the future. In addition, the occurrence of this species is diffuse, from the coast to the zones of forest of Caatinga, located in the high Sertão, being born in the field without any cultural treatment, supporting xeric environments, with high temperatures, shallow soil, humidity and salinity. Therefore, this work was divided into two chapters: i) the first one had the objective to study the physical and physiological quality of the seeds of Cereus jamacaru in the different staging stages; end ii) in the second chapter the objective was to evaluate the effect of salinity on the physiological quality of mandacaru seeds from three areas of the Agreste region of Paraiba. In the first chapter were selected two areas (Tacima, PB and Bananeiras, PB) of Caatinga; the individuals were randomly collected in 5 staining stages (1. Green 2. Green with purple 3. Yellow with purple 4. Red with purple 5. Predominant purple); In the biometric data the weight (g), length (cm), diameter (cm), pulp mass (g), seed mass (g) and fruit dry mass (g) were evaluated; (g), germination (g%), seedling length (cm), fresh seedling mass (g), dry mass (g) and seed moisture content (%). According to the results it is verified that the seeds coming from Bananeiras, PB show to be more vigorous (first germination count) in all stages of maturation; the maturation stage 5, with the predominance of purple fruits, is indicated for harvesting in both areas, as the seeds present higher physiological quality. In the second chapter, the evaluated variables were: Germination, First germination count, Germination speed index, Average germination time, Seedling length, Fresh seedling mass, Seedling dry matter and Relative water content. In the areas of Tacima, Bananeiras and Remígio, state of Paraíba, fruits were harvested at maturation stage 5 (predominant purple) and submitted to 8 levels of saline concentration in NaCl+ (0,01; 0,5; 1,5; 2; 2,5; 3; 4 e 5 CE dS m-1). Based on the results, the salinity does not negatively affect the physiological quality of the seeds in the respective salt concentrations obtaining in all areas, germination above 70%, this persistence in saline environments denotes a halotolerance of C. jamacaru species.
Keywords: Cactaceae
Salinidade
Semiárido
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Fitotecnia e Ciências Ambientais
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Agronomia
metadata.dc.rights: Acesso aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/14370
Issue Date: 27-Feb-2018
Appears in Collections:Centro de Ciências Agrárias (CCA) - Programa de Pós-Graduação em Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DA380.pdf2,19 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons