Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/14386
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Memória e identidade institucional: inventário do acervo da Escola de Agronomia do Nordeste (1934-1968)
metadata.dc.creator: Souza, Katiane da Cunha
metadata.dc.contributor.advisor1: Correia, Maria Ivete Martins
metadata.dc.description.resumo: A implantação da Escola de Agronomia do Nordeste, em Areia, no Estado da Paraíba, repousa sobre um encadeamento de fatores políticos, econômicos e socioculturais, que, no contexto nacional, estadual e municipal, confluíram para sua criação em 1934. Primeira instituição laica de ensino superior da Paraíba, existiu como instituição isolada até 1968, quando passou a integrar a Universidade Federal da Paraíba. Esta pesquisa assenta-se no pressuposto de que o valor da memória de uma instituição reside na sua capacidade generativa de subsidiar o presente, apontar caminhos, indicar perspectivas de estudo, revelar contextos e intencionalidades e expressar a cultura de uma comunidade. Objetiva ressignificar a memória da Escola de Agronomia do Nordeste, a partir das suas fontes documentais, com vistas à elaboração de um inventário do seu acervo, no interstício 1934-1968. Ancora-se em um aporte teórico que privilegia as categorias memória e identidade institucional, à luz de autores clássicos e atuais a exemplo de Nora (1993), Bosi (1995), Le Goff (2003), Ricoeur (2007), Halbwachs (2009) e Thiesen (2013). Alimenta-se no método historiográfico fundamentado em Arostegui (2006) e Vergara (2010). É um estudo descritivo de caráter exploratório e de natureza qualitativa. Caracteriza-se como uma pesquisa bibliográfica e documental, privilegiando, tanto quanto possível, fontes originais que possam colocar o pesquisador e a coletividade em contato com a história. A coleta dos dados foi realizada no Campus II, o Centro de Ciências Agrárias da Universidade Federal da Paraíba, privilegiando os seguintes lugares de memória: Arquivo, Biblioteca, Diretoria, Coordenação de Agronomia e Praças. Os achados apontam para a delimitação de três importantes momentos que imprimem identidade plural à Escola de Agronomia do Nordeste: o primeiro, da sua criação, em 1934, até a federalização, em 1950, conferindo-lhe identidade como Centro de Pesquisa e Estação Agrícola Experimental. O segundo compreende a década de 1950, quando se deu o incremento das atividades de Extensão, com destaque para as Feiras Ruralistas e para a criação dos Centros Domésticos de Artesanato Feminino. O terceiro abarca a década de 1960 até sua integração à UFPB em 1968, quando o ensino se destacou em relação às demais atividades. Como resultado, organizamos os documentos da Instituição em formato de inventário, com o objetivo de preservar, divulgar e ressignificar sua memória. Nosso escopo é converter este estudo em um auxílio prático para o reconhecimento da Instituição, que extrapole o âmbito interno da academia, recomponha a história do ensino superior na Paraíba e revele a ciência como um domínio coletivo. O inventário resultante deste trabalho é um ponto de partida para uma efetiva intervenção no acervo da Escola e um instrumento pioneiro para novas pesquisas sobre a história, a memória e a identidade da Instituição, do Ensino Superior na Paraíba e do Ensino Agrícola no Brasil.
Abstract: The establishment of the School of Agronomy of the Northeast, in Areia, in the State of Paraíba, rests on a chain of political, economic and socio-cultural factors that, in the national, state and municipal context, came together for its creation in 1934. First lay educational institution superior of Paraíba, existed as an isolated institution until 1968, when it became part of the Federal University of Paraíba. This research is based on the assumption that the value of an institution's memory lies in its generative capacity to subsidize the present, to point out ways, to indicate perspectives of study, to reveal contexts and intentionalities, and to express the culture of a community. It aims to re - signify the memory of the School of Agronomy of the Northeast, from its documentary sources, with a view to the elaboration of an inventory of its collection, at the intersection 1934-1968. It is anchored in a theoretical contribution that favors the categories of memory and institutional identity, in the light of classic and current authors such as Nora (1993), Bosi (1995), Le Goff (2003), Ricoeur (2007), Halbwachs (2009) and Thiesen (2013). It feeds on the historiographical method based on Arostegui (2006) and Vergara, (2010). It is a descriptive study of an exploratory and qualitative nature. It is characterized as a bibliographical and documentary research, privileging, as far as possible, original sources that can put the researcher and the community in contact with the history. Data collection was carried out in Campus II of the Center of Agrarian Sciences of the Federal University of Paraíba, privileging the following places of memory: Archive, Library, Directorate, Coordination of Agronomy and Squares. The findings point to the delimitation of three important moments that imply plural identity to the School of Agronomy of the Northeast: the first, from its creation in 1934, to federalization in 1950, granting it identity as a Research Center and Experimental Agricultural Station. The second includes the 1950s, when the Extension activities were increased, with emphasis on the Ruralista Fairs and the creation of the Domestic Crafts Centers for Women. The third covers the 1960s until its integration with the UFPB in 1968, when teaching stood out in relation to the other activities. As a result, we organize the Institution's documents in an inventory format, with the aim of preserving, disseminating and re-meaning their memory. Our scope is to convert this study into a practical aid for the recognition of the Institution, which goes beyond the internal scope of the academy, recomposes the history of higher education in Paraíba and reveals science as a collective domain. The inventory resulting from this work is a starting point for an effective intervention in the collection of the School and a pioneering instrument for new research on the history, memory and identity of the Institution, Higher Education in Paraíba and Agricultural Education in Brazil.
Keywords: Memória institucional
Escola de Agronomia do Nordeste
Identidade institucional
Ensino Superior na Paraíba
Universidade Federal da Paraíba
Inventário
Institutional memory
School of Agronomy of the Northeast
Institutional identity
Higher Education in Paraíba
Federal University of Paraiba
Inventory
Ensino superior - Paraíba
Escola de Agronomia - Nordeste brasileiro
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Mestrado Profissional em Políticas Públicas, Gestão e Avaliação da Educação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/14386
Issue Date: 28-Feb-2018
Appears in Collections:Centro de Educação (CE) - Mestrado Profissional em Políticas Públicas, Gestão e Avaliação da Educação Superior

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivo total26,11 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons