Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/14771
metadata.dc.type: TCC
Title: A importância dos jardins sensoriais para o processo de ensino-aprendizagem na educação de pessoas com deficiência na APAE/Areia-PB
metadata.dc.creator: Silva, Bruno Ferreira da
metadata.dc.contributor.advisor1: Daxenberger, Ana Cristina Silva
metadata.dc.description.resumo: Sabemos como a inclusão plena ainda é vista pela sociedade como uma utopia. Muitos acham que incluir é apenas receber as pessoas com deficiência ou necessidade especial em uma sala de aula, ou ainda adaptar um banheiro ou uma sala, com corrimões, rampas, pisos táteis, portas e alavancas, entre outras adaptações necessárias; todavia, a inclusão social ultrapassada estas incipientes práticas. A inclusão vai muito além disso, muitos anos se passaram após a criação das leis que garantem direitos iguais para todos, entre elas a Lei magna que rege esses direitos, a Constituição Federal Brasileira de 1988. No entanto essas mudanças não aconteceram da forma que deveriam, muitos ainda fecham os olhos e os ouvidos para as situações ocorridas todos os dias, as quais impedem muitas pessoas com deficiência e/ou necessidade educativa especial a usufruírem de espaços e lugares, dos quais pessoas sem deficiência frequentam. Para desenvolver nossa pesquisa, partimos do pressuposto ao qual detectamos a necessidade das pessoas com deficiência tem de frequentar jardins, praças, passeios turísticos, do direito de realizarem trilhas entre outras atividades de lazer e que desperte o prazer de estar em contato com outras pessoas e a natureza. O nosso trabalho teve como objetivo analisar a importância dos jardins sensoriais no processo de ensino-aprendizagem para as pessoas com deficiência e/ou necessidade educativa especial (N.E.E). Utilizamos como base em nossa pesquisa alguns autores que de certa forma contribuíram muito para embasar nossa pesquisa, ARANHA, 2001; DETONI, 2001; BORGES; PAIVA, 2009; entre outros que traz uma riqueza a mais para nosso trabalho. A Pesquisa foi realizada na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais- APAE, no Município de Areia/PB. A mesma contou com a participação de 1 gestor, 6 professores e 1 Estagiário o qual fazia a manutenção, realização das atividades, e acompanhamento das visitas. Utilizou-se de siglas para identificar os participantes da pesquisa, por questões de ética, achamos mais viavél preservar a identidade dos mesmos, desse modo segue: (GE) para o gestor, (PR1 à PR6) para os professores e (ES) para o estagiário. A Pesquisa foi realizada na Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais- APAE, no Município de Areia/PB. A mesma contou com a participação de 1 gestor, 6 professores e 1 Estagiário o qual fazia a manutenção,realização das atividades, e acompanhamento das visitas. Utilizou-se de siglas para identificar os participantes da pesquisa, por questões de ética, achamos mais viavél preservar a identidade dos mesmos, desse modo segue: (GE) para o gestor, (PR1 à PR6) para os professores e (ES) para o estagiário. Para o gestor fizemos 7 questionamentos, para os professores e o estagiário foi aplicado um questionário com 10 questões (anexo no final deste trabalho). Vimos que é de extrema importância a interação das pessoas com o meio ambiente, percebeu-se também que há um desenvolvimento e um interesse maior da parte dos educandos, buscando tocar as espécies sentindo as texturas, vendo as cores, os sabores de algumas, como algumas ervas que utilizamos para fazer chás, outras que utilizamos em nossas refeições. Sendo assim concluímos que mais ações semelhantes a essas devem ser desenvolvidas não apenas nas APAEs, mas também nas escolas de ensino regular, em casa, em apartamentos, devido a facilidade de criação dos mesmos.
Abstract: We know that the complete inclusion is still seen for society as something utopic. Many people think of that as a necessity to accommodate people with disabilities or special needs in a classroom, or to adapt a bathroom or room, with rails, ramps, tactile floors, doors and levers, among other adaptations; however, a social inclusion surpassed these incipient practices. The inclusion goes much further than that, many years have passed since the creation of laws that guarantee equal rights for everyone, among them the Magna Law that governs these rights, a Brazilian Federal Constitution, of 1988. However, the change did not happen in the way that they should, and many people close they eyes and ears in front of situations that occurs everyday, which prevent many people with disabilities and / or special educational needs from enjoying spaces and places in which people with no disability attend. To develop our research, we start from the assumption of people’s with disabilities need to attend gardens, squares, sightseeing, the right to carry out trails among other leisure activities and that arouses the pleasure of being in contact with nature. The aim of our study was to analyze the importance of sensory gardens teaching and learning process for people with disabilities and/or special educational need (N.E.E). We used as base in our research some authors that somehow contributed to base our research, ARANHA, 2001; DETONI, 2008; BORGES; PAIVA, 2009 among others that bring rich content to our study. The research was carried out at the the Association of Parents and Friends of the Exceptional (APAE), in the municipality of Areia- Paraíba. The study had the participation of 1 manager, 6 teachers and 1 Trainee, who did the maintenance, the accomplishment of the activities, and the follow-up of the visits. We used acronyms to identify the participants of the research, because of ethics, we found it more viable to preserve their identity, as follows: (GE) for the manager, (PR1 to PR6) for teachers and (ES) for the trainee. For the manager we made 7 questions, for the teachers and the trainee a questionnaire with 10 questions was applied (attached at the end). We saw that it is extremely important the interaction of people with the environment, it was also noticed that there is a development and a greater interest on the part of the students, trying to touch the species feeling the textures, seeing the colors, the flavors of some, like some herbs we use to make teas, others we use in our meals. Therefore, we concluded that actions like that, should be performed with more frequency, not only in the APAEs, but also in regular schools, at home, in apartments, due to their facility.
Keywords: Jardim pedagógico
Necessidade educativa especial
Inclusão
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciências Fundametais e Sociais
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/14771
Issue Date: 19-Feb-2018
Appears in Collections:TCC - Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
BFS19062019.pdf1,68 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons