Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/14876
metadata.dc.type: TCC
Title: Percepções de discentes da 1ª série do ensino médio, matriculados/as em uma escola pública de João Pessoa/PB a respeito do termo célula
metadata.dc.creator: Santos, Maria Rosália Ferreira dos
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, José Antônio Novaes da
metadata.dc.description.resumo: A célula é a unidade fundamental da vida e a partir dela, são realizadas diversas funções bioquímicas indispensáveis à manutenção dos organismos vivos. Em decorrência do avanço da ciência e da tecnologia é importante voltar-se para o melhoramento do ensino em biologia em especial o estudo da citologia, e para que os/as alunos/as possam desconstruir essa imagem de que a célula é algo inanimado, temos que desmistificar a ideia que a célula tem um formato ovoide. Desse modo é importante apresentar aos discentes alternativas diferentes para que o ensino e aprendizagem se tornem significativos para que eles/elas tenham a oportunidade de conhecer o quanto essa pequena e essencial unidade que chamamos de célula é importante para o surgimento da vida. Tendo em vista as dificuldades encontradas pelos/as estudantes em relação ao estudo da célula, este trabalho foi desenvolvido com a finalidade de identificar tais carências relativas ao estudo sobre citologia que são encontradas dentro da sala de aula. Sendo assim o estudo teve como procedimento metodológico a pesquisa qualitativa e quantitativa, tal como a pesquisa documental. O trabalho foi desenvolvido no Lyceu Paraibano que é uma escola do ensino médio, localizada na cidade de João Pessoa, Paraíba. O público alvo da pesquisa foram os/as alunos/as da 1ª série do ensino médio, com idades entre 14 e 19 anos, onde foram obtidos um percentual de 48% de um total de 112 estudantes do sexo feminino, 50% de um total de 116 estudantes do sexo masculino e 2% de 6 estudantes que não se identificaram quanto ao sexo. Em relação ao quesito cor foi observado que 64,3 das alunas se autodeclararam ser de cor preta, 22,3% Afirmaram ser de cor branca, 8,0% são amarelas e os que se declararam como indígenas foram 2,7% das alunas e com relação aos alunos foi observado que 64,66 se autodeclararam como sendo de cor preta, 25, 86% responderam ser de cor branca, 5,17 e 1,72 afirmaram ser indígenas. Sobre a percepção dos/as discentes foram observados que o conhecimento sobre a célula é bastante limitado, pois os/as mesmos/as sentem uma grande dificuldade em associar o estudo de citologia com o seu cotidiano escolar quando se refere à disciplina de biologia e também não conseguem fazer um paralelo do tema com sua vida diária. Enfim o trabalho buscou traçar um perfil dos/as estudantes sobre o estudo da célula.
Abstract: The cell is the fundamental unit of life and from it, various biochemical functions are performed, indispensable to the maintenance of living organisms. As a result of the advancement of science and technology, it is important to turn to the improvement of teaching in biology, especially the study of cytology, and for students to deconstruct this image that the cell is inanimate, we have that demystify the idea that the cell has an ovoid shape. In this way it is important to present to students different alternatives so that teaching and learning become meaningful so that they have the opportunity to know how much this small and essential unit that we call cell is important for the emergence of life. In view of the difficulties encountered by the students in the study of the cell, this work was developed with the purpose of identifying such deficiencies related to the study on cytology that are found within the classroom. Thus, the methodological procedure was qualitative and quantitative research, such as documentary research. The work was developed in the Lyceu Paraibano which is a high school, located in the city of João Pessoa, Paraíba. The target audience for the survey were high school students aged between 14 and 19, where a percentage of 48% of a total of 112 female students were obtained, 50% of the total of 116 male students and 2% of 6 students who did not identify themselves as to sex. Regarding the color question, it was observed that 64.3 of the students declared themselves to be black, 22.3% said to be white, 8.0% are yellow and those who declared themselves to be indigenous were 2.7% of the students and in relation to the students it was observed that 64.66 declared themselves to be black, 25, 86% answered that they were white, 5,17 and 1,72 affirmed to be indigenous. Regarding the perception of the students, it was observed that the knowledge about the cell is very limited, as they feel a great difficulty in associating the study of cytology with their daily school life when referring to the discipline of biology and also they can not parallel the theme with their daily lives. Finally the work sought to draw a profile of the students on the study of the cell.
Keywords: Célula
Conhecimento
Percepção
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciências Biológicas
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/14876
Issue Date: 8-May-2019
Appears in Collections:TCC - Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MRFS27062019.pdf2,11 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.