Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/15172
metadata.dc.type: Dissertação
Title: “Hoje, se espremer o espelho, sai sangue” : etnografia da produção de notícias de feminicídio para o telejornal JPB 1º edição (PB)
metadata.dc.creator: Paz, Pedro Henrique Gomes da
metadata.dc.contributor.advisor1: Benevides, Pedro
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho tem o objetivo de apresentar a produção de notícias sobre possíveis crimes de feminicídio para o telejornal local e vespertino JPB 1º Edição (PB), da TV Cabo Branco, afiliada da Rede Globo em João Pessoa. Inspira-se nas teorias do jornalismo, principalmente na de Newsmaking, que se articula dentro dos limites da cultura profissional dos jornalistas e da organização do trabalho e dos processos produtivos (Wolf, 2005, p. 188). Com base no Mapa da Violência 2015 – Homicídios de Mulheres no Brasil e no projeto “Monitoramento da cobertura jornalística sobre feminicídio e violência sexual contra mulheres”, do Instituto Patrícia Galvão Mídia e Direitos, iniciado em outubro de 2015 e que analisou um total de 3.440 notícias publicadas em 71 veículos de todas as regiões do país, foram realizados os procedimentos metodológicos de etnografia, do tipo observação participante, do cotidiano dos profissionais, durante dois meses, de 24/04 a 20/06 de 2017, de segunda a sexta-feira, das 8 às 14 horas, e empreendidas entrevistas em profundidade com seis jornalistas. No período examinado, foram identificadas sete notícias de prováveis feminicídios veiculadas pelo telejornal. De modo geral, os jornalistas desconhecem a existência e a distinção do crime de feminicídio, previsto desde 2015, pela legislação brasileira. Essa desinformação norteia todo o processo noticioso.
Abstract: This paper aims to present the production of news about possible crimes of feminicide for the local and evening news TV JPB 1st Edition (PB), from TV Cabo Branco, an affiliate of Rede Globo in João Pessoa. It draws inspiration from the theories of journalism, especially Newsmaking, which articulates within the limits of journalists' professional culture and the organization of work and production processes (Wolf, 2005: 188). Based on the Map of Violence 2015 - Homicides of Women in Brazil and the project "Monitoring journalistic coverage on feminicide and sexual violence against women", from the Patrícia Galvão Mídia e Direitos Institute, which began in October 2015 and analyzed a total of 3,440 news published in 71 vehicles from all regions of the country, the methodological procedures of ethnography, of the type participant observation, of the daily life of the professionals, were carried out during two months, from 04/04 to 06/06 of 2017, from Monday to Friday, from 8 am to 2 pm and in-depth interviews with six journalists. During the period under review, seven news reports of likely femicides reported on television news items were identified. In general, journalists are unaware of the existence and distinction of the crime of feminicide, predicted since 2015, by Brazilian legislation. This misinformation guides the whole news process.
Keywords: Jornalismo
Feminicídio
Telejornalismo
Produção de notícias
Etnografia
Journalism
Feminicide
Newscast
Newsmaking
Ethnography
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::COMUNICACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Comunicação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Jornalismo
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/15172
Issue Date: 27-Sep-2018
Appears in Collections:Centro de Comunicação, Turismo e Artes (CCTA) - Mestrado Profissional em Jornalismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivo total918,89 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons