Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/15354
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Gestão do apoio acadêmico estudantil à luz de Alice: “Somos todos loucos aqui”
metadata.dc.creator: Leite, Gabriela de Carvalho
metadata.dc.contributor.advisor1: Morais, José Jassuipe da Silva
metadata.dc.description.resumo: Este trabalho buscou estudar a gestão do apoio acadêmico estudantil na Universidade Federal da Paraíba, tendo como objetivo geral compreender como esta se desenvolve no âmbito da Coordenação do Curso de Pedagogia presencial do Centro de Educação desta Universidade. Para a realização desta pesquisa, foram utilizadas como pano de fundo as aventuras de Alice, retiradas dos clássicos da literatura mundial escritos por Lewis Carroll e publicados em 1865 e em 1871. A queda na toca do coelho e outras situações vividas por Alice no País das Maravilhas e no País dos Espelhos constituíram inicialmente o cenário para a descrição dos caminhos tomados para a definição do tema de pesquisa. Tais tentativas relacionam-se com a gestão do apoio acadêmico estudantil porque se situam no campo prático das atividades previstas (e algumas já desenvolvidas) no cargo de Técnica em Assuntos Educacionais na instituição. Em seguida, a partir de um dos diálogos mais conhecidos de Alice com o Gato de Cheshire (o gato risonho), a máxima “somos todos loucos aqui” foi utilizada para a construção do referencial teórico. Apoiando-se nos estudos de CUNHA (1999), CHAUÍ (2001), SANTOS (2004, 2005), COULON (2008, 2017) e CHARLOT (2005) foi construído o quadro para a compreensão das contradições e complexidades envolvidas na gestão do ensino superior e para a descrição do mundo de instabilidades, transformações e novidades a ser experimentado pelos/as estudantes ao ingressarem em uma universidade. Quanto ao enfoque da pesquisa, foram utilizados os princípios metodológicos da pesquisa qualitativa por meio do estudo de caso. A pesquisa foi empreendida a partir do estudo e análise dos documentos relativos à gestão do apoio acadêmico na UFPB e na Coordenação do Curso de Pedagogia presencial do CE. Toda a análise documental foi permeada por relatos de casos e práticas já vivenciados pela Coordenação do Curso de Pedagogia presencial e, neste sentido, foram também apresentadas e discutidas algumas possibilidades já oferecidas pelos instrumentos de apoio à gestão acadêmica estudantil existentes: o Sistema de Gestão das Atividades Acadêmicas (SIGAA) e de Patrimônio e Administração de Contratos (SIPAC). Os resultados encontrados indicam que há muitas dificuldades relativas à interpretação e vivência das regras definidas pelos documentos e instrumentos relacionados à gestão do apoio acadêmico estudantil na UFPB (a confusão do “jogo com coisas vivas”, como no jogo de críquete de Alice com a Rainha de Copas). Conclui-se que, a partir da compreensão da complexidade da gestão do ensino superior, pode-se – como Alice vai aprendendo em suas experiências – encontrar os tamanhos mais adequados para apoiar o/a estudante que necessita atravessar um ambiente de perplexidades que se mostra a todo momento. Nos percursos da gestão acadêmica é preciso mudar e construir perspectivas, aprender e desaprender continuamente. A partir desta concepção, foram feitas algumas propostas de aprimoramentos possíveis, sem deixar de acreditar, contudo, nas que parecem impossíveis.
Abstract: This work aimed to study the management of student academic support at the Federal University of Paraíba, with the general objective of understanding how this management has been developed in the Coordination of the Pedagogy course at the Education Centre of this University. In order to carry out this research, the adventures of Alice, drawn from the world literature classics written by Lewis Carroll and published in 1865 and 1871, were used as background. The fall in the rabbit's hole and other situations lived by Alice in the Wonderland and Through the Looking Glass were initially the scenario for the description of the paths taken to define the research theme. These attempts are related to the management of student academic support because they are located in the practical field of the planned activities (and some already developed) in the position of Technical in Educational Affairs in UFPB. Then, from one of Alice's best-known dialogues with the Cheshire Cat, the maxim "we're all crazy here" was used to construct the theoretical referential. Based on the studies of CUNHA (1999), CHAUÍ (2001), SANTOS (2004, 2005), COULON (2008, 2017) and CHARLOT (2005), it was built the framework for understanding the contradictions and complexities involved in the Higher Education Management and for the description of the world of instabilities, transformations and novelties to be experienced by students upon entering a university. Regarding the research focus, the methodological principles of qualitative research were used through the case study. The research was carried out through the study and analysis of the documents related to the management of academic support in the UFPB and in the Coordination of the Course of Pedagogy at the Education Center. All the documentary analysis was permeated by reports of cases and practices already experienced by the Coordination of the Course of Pedagogy and, in this sense, were also presented and discussed some possibilities already offered by the existing support instruments for academic student management: the Management System of Academic Activities (SIGAA) and Heritage and Administration of Contracts (SIPAC). The results indicate that there are many difficulties related to the interpretation and experience of the rules defined by the documents and instruments related to the management of student academic support in the UFPB (the confusion of "game with living things", as the Queen's Croquet Ground). It is concluded that from the understanding of the complexity of the management of higher education, one can - as Alice learns from her experiences - find the most appropriate sizes to support the student who needs to cross an environment of perplexities that shows at all times. In the paths of academic management it is necessary to change and build perspectives, to learn and to unlearn continuously. From this conception, some proposals for possible improvements have been made, while still believing in those that seem impossible.
Keywords: Gestão no Ensino Superior
Apoio acadêmico
Estudante universitário
Management in higher education
Academic support
University student
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/15354
Issue Date: 28-Feb-2019
Appears in Collections:Centro de Educação (CE) - Mestrado Profissional em Políticas Públicas, Gestão e Avaliação da Educação Superior

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivo total1,11 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons