Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/15627
metadata.dc.type: TCC
Title: Utilização de bentonita como adsorvente na remoção do antibiótico amoxicilina em efluentes
metadata.dc.creator: Araújo, Pricila de Souza
metadata.dc.contributor.advisor1: Clericuzi, Genaro Zenaide
metadata.dc.description.resumo: Várias técnicas vêm sendo utilizadas atualmente para o tratamento de águas contaminadas com produtos farmacêuticos. Dentre essas técnicas a adsorção apresenta grandes vantagens quando comparado com outras, pois pode ser utilizada tanto para processos em baletada como contínuos na remoção de compostos químicos persistentes, pode ser aplicada em concentrações mais baixas, é de fácil operação e o material adsorvente pode ser regenerado tornando menos o investimento, quando comparada as outras técnicas. Tendo em vista que a amoxicilina é um dos antibióticos mais prescritos no Brasil e no mundo, o principal objetivo deste trabalho foi avaliar a bentonita como adsorvente na remoção através da técnica de adsorção da amoxicilina de águas contaminadas, pelo estudo da bentonita PMT-3 in natura, submetida a tratamento químico e térmico. Foram aplicados modelos de isoterma e cinética de adsorção. De modo geral, a bentonita tratada termicamente apresentou os piores resultados nos ensaios realizados, com capacidade máxima de adsorção de 24,42% e capacidade de remoção no tempo de equilíbrio de 0,49 mg.g-1. Já a bentonita in natura e tratada quimicamente apresentaram resultados próximos, com capacidade máxima de adsorção de 70,26% e 80,20% respectivamente e capacidade de remoção no tempo de equilíbrio de 0,74 e 0,78 mg.g-1 respectivamente. Concluindo então que a PMT-3, nas condições estudadas, não necessita passar por qualquer tipo de tratamento ou purificações para o alcance de bons resultados. Assim obtêm-se melhores resultados utilizando o processo mais fácil e somandose a isso o fato do argilomineral apresentar um baixo custo e grande abundância como vantagens.
Abstract: Several techniques are currently being used for the treatment of water contaminated with pharmaceuticals. Among these techniques the adsorption presents great advantages when compared to others, since it can be used for both ballet and continuous processes in the removal of persistent chemical compounds, it can be applied in lower concentrations, it is easy to operate and the adsorbent material can be regenerated making the investment less, when compared to other techniques. Considering that amoxicillin is one of the most prescribed antibiotics in Brazil and in the world, the main objective of this work was to evaluate bentonite as an adsorbent in the adsorption of amoxicillin from contaminated waters by the study of bentonite PMT-3 in natura, subjected to chemical and thermal treatment. Isotherm models and adsorption kinetics were applied. In general, the thermally treated bentonite presented the worst results in the tests performed, with a maximum adsorption capacity of 24.42% and a removal capacity at equilibrium time of 0.49. The bentonite in natura and chemically treated presented close results, with a maximum adsorption capacity of 70.26% and 80.20% respectively, and removal capacity at equilibrium time of 0.74 and 0.78 respectively. In conclusion, PMT-3, under the conditions studied, does not need to undergo any kind of treatment or purification to achieve good results. Thus, better results are obtained by using the easier process and adding to this the fact that argilomineral presents a low cost and great abundance as advantages.
Keywords: Amoxicilina
Bentonita
Efluentes
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::ENGENHARIAS::ENGENHARIA QUIMICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Engenharia Química
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/15627
Issue Date: 13-May-2019
Appears in Collections:TCC - Engenharia Química

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
PSA13052019.pdf2,15 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.