Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/15680
metadata.dc.type: Tese
Title: Variabilidade Espacial de Atributos Físicos e Químicos de um Antropossolo Decapítico com Aplicação de Água Residuária Tratada
metadata.dc.creator: Martins, Emanoel Lima
metadata.dc.contributor.advisor1: Salcedo, Ignácio Herman
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Fraga, Vânia da Silva
metadata.dc.description.resumo: Devido ao crescente aumento das áreas em processo de degradação decorrente, em sua maioria, de influências antrópicas, faz-se necessário a utilização de alternativas, preferencialmente de baixo custo, que possibilitem o conhecimento do nível de degradação e promovam a recuperação da capacidade produtiva do solo, a fim de viabilizar um manejo adequado e a recuperação dessas áreas. Nesse sentido, o objetivo deste estudo foi avaliar a variabilidade espacial de atributos do solo e como esta interfere no estoque matéria orgânica (MOS) e fósforo (P) no solo e verificar o efeito da aplicação de água residuária tratada (AR) na recuperação dos teores de MOS e P em um Antropossolo Decapítico. Inicialmente, foi realizado georreferenciamento, definido uma malha e realizada amostragem de solo em uma área degradada com Antropossolo Decapítico, a partir da qual determinou-se os seguintes atributos: densidade do solo (Ds), densidade da terra fina (Dtf), proporção da fração grosseira (pFG) e os teores de MOS e P, a partir destes calculou-se a densidade corrigida (Dco) e os estoques de MOS e P. Influenciada pela elevada pFG, a Ds apresentou valores extremamente elevados, na ordem de 1,9 kg dm-3. Sugerindo elevado grau de compactação do solo a Dtf apresentou valores em torno de 1,7 kg dm-3. Por outro lado, a Dco apresentou-se em torno de 1,3 kg dm-3. Todos os atributos físicos apresentaram elevada variabilidade espacial e dependência espacial forte, enquanto os teores de MOS e P, em torno de 3 g kg-1 e 2 mg kg-1 respectivamente, apresentaram variabilidade espacial elevada e dependência espacial fraca. A estimativa do estoque de MOS e P apenas com base na Ds, superestimou o estoque de MOS e P disponíveis no solo em relação ao mesmo cálculo com base na Dco, considerando a massa e volume da pFG. Posteriormente, visando avaliar do efeito da aplicação de água residuária tratada no crescimento de espécies florestais e na recuperação de atributos químicos do solo, foi implantado um experimento em blocos casualizados com cinco espécies florestais irrigadas com três lâminas de água (7 L semana-1 de água de abastecimento (AA), 7 L semana-1 de água residuária tratada (AR7) e de 14 L semana-1 de água residuária tratada (AR14). Após três anos, foi realizada coleta e análise do solo quanto aos teores de P, P orgânico e MOS. E as espécies foram avaliadas quanto a altura e diâmetro à altura do peito (DAP). Ambos os tratamentos AR7 e AR14 promoveram aumento expressivo dos teores de MOS, P e P orgânico no solo em relação ao tratamento AA, atingindo ordens de magnitude de 5 a 8 vezes superior a este. Entretanto, não houve diferença significativa na altura e diâmetro das espécies florestais entre os tratamentos, provavelmente devido a fatores fitossociológicos inerente as espécies utilizadas. Portanto, a AR pode ser tida como uma excelente alternativa de baixo custo para a recuperação de solos degradados em região semiárida.
Abstract: Due to the increase of degraded areas, due mainly to anthropic influences, to use alternatives, low cost preferably is necessary, that allow the knowledge the level of degradation and promote the recovery of the soil productive capacity, in order to enable adequate management and recovery of these areas. In this sense, the objective of this study was to evaluate the spatial variability of soil attributes and how it interferes with phosphorus (P) and soil organic matter (SOM) as to verify the effect of treated wastewater (WW), P and SOM contents in a Decapitated Anthroposol. Initially, a georeferencing was performed, a grid was defined and soil sampling was performed in a degraded area with Decapitated Anthropossoil, from which the soil bulk density (BDs), the fine earth bulk density (BDfe), the proportion of the coarse fraction (pCF) and the contents of P and SOM, from these the corrected density (BDco) and P and SOM stocks were calculated. Influenced by the high pCF, the BDs presented extremely high values, in the order of 1.9 kg dm-3. By suggesting a high soil compaction degree BDfe presented values around 1.7 kg dm-3. On the other hand, the BDco was around 1.3 kg dm-3. All physical attributes presented high spatial variability and strong spatial dependence, while P and SOM contents around 3 g kg-1 and 2 mg kg-1 respectively showed high spatial variability and week spatial dependence. The estimate of the P and SOM stock based only on BDs, disregarding the mass and volume of the pCF overestimated the available P and SOM stock in the soil in relation to the same calculation based on the BDco, discounting the pCF. Later, in order to evaluate the effect of the application of treated wastewater on the growth of forest species and the recovery of soil chemical attributes, a randomized block experiment with five forest species irrigated with three water slides (7 L week-1 of (AR7) and 14 L week-1 of treated wastewater (AR14). After three years, the soil was collected and analyzed for P, Organic P and SOM, and the species were evaluated for height and diameter at breast height (DBH). Reaching orders of magnitude 5 to 8 times higher than AA treatment, both AR7 and AR14 treatments promoted an expressive increase in the levels of P, organic P and SOM. However, there was no significant difference in the height and diameter of the forest species among the treatments, probably due to phytosociological factors inherent to the species used. Therefore, RA can be considered as an excellent low cost alternative for the recovery of degraded soils in the semi-arid region.
Keywords: Degradação do solo
Estoque de nutriente
Reuso de água
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA::CIENCIA DO SOLO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Solos e Engenharia Rural
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo
metadata.dc.rights: Acesso aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/15680
Issue Date: 26-May-2017
Appears in Collections:Centro de Ciências Agrárias (CCA) - Programa de Pós-Graduação em Ciência do Solo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TS025.pdf1,95 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons