Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/16346
metadata.dc.type: TCC
Title: Persistência de Lobulação Renal Fetal em Gato Doméstico: Relato de dois casos
metadata.dc.creator: Oliveira, Judi Meire Lopes de
metadata.dc.contributor.advisor1: Campos, Danila Barreiro
metadata.dc.description.resumo: Anomalias ou defeitos congênitos podem ser anormalidades de estrutura, função ou metabolismo existentes ao nascimento, muitos não apresentando grande comprometimento a saúde do animal. As anomalias congênitas do trato urinário são comuns, porém muitas permanecem assintomáticas ou os sintomas aparecem tardiamente. A persistência de lobulação fetal é uma anormalidade de forma, sendo a irregularidade de contorno renal, sem perda da função do mesmo. Quando alguma diferença morfológica é observada, não causando prejuízo funcional ao órgão, ela é denominada variação anatômica. Esse trabalho relatar dois casos de persistência da lobulação renal fetal em dois gatos de uma mesma ninhada. A alteração anatômica foi observada em um gato sem sintomas clínicos e, então, outros quatro gatos da mesma ninhada e a matriz foram investigados. Foram realizados exames ultrassonográficos de todos os animais, além de exames hematológicos, urinálise e tomografia computadorizada dos dois felinos que apresentaram as anomalias morfológicas. Os animais com persistência da lobulação renal não apresentaram sinais clínicos de patologias e os exames de hemograma, bioquímica sérica (uréia, creatinina e fósforo) e urinálise estavam dentro da normalidade. O exame ultrassonográfico apresentando irregularidade de cápsula com invaginações, sugestivo de persistência de lobulação fetal, que foi confirmada com a tomografia computadorizada. Observou-se que o SDMA, indicador precoce de doença renal crônica, elevado em ambos os animais. A persistência de lobulação renal fetal pode ocorrer em felinos domésticos como uma variação anatômica, ou seja, sem prejuízo da função do órgão. O acompanhamento de casos clínicos de animais domésticos é importância na determinação do possível desaparecimento dessa alteração anatômica ao longo da vida do animal, e de forma mais significativa, na determinação de possível perda funcional decorrente da variação morfológica.
Abstract: Anomalies or birth defects may be abnormalities of structure, function or metabolism present at birth, many don't present major animal health issues. Congenital urinary tract anomalies are common, but many remain asymptomatic or symptoms appear belatedly. The persistence of fetal lobulation is an abnormality of shape, being the irregularity of renal contour, without loss of function. When any morphological difference is observed that doesn't cause functional impairment to the organ, it's called anatomical variation. This paper reports two cases of persistent fetal renal lobulation without loss of function. The anatomical alteration was observed in a cat without clinical symptoms, and then four other cats of the same litter and the matrix were investigated. Ultrasound examinations of all animals were performed, besides hematological examinations, urinalysis and computed tomography of the felines that presented the morphological abnormalities. Animals with persistent fetal lobulation showed no clinical signs of pathology and serum biochemistry (urea, creatinine, and phosphorus) and urinalysis were within normal limits. Ultrasound examination was suggestive of persistent fetal lobulation, which was confirmed with computed tomography. SDMA, an early indicator of chronic kidney disease, was high in both animals. Persistence of fetal renal lobulation may occur in domestic cats as an anatomical variation, without impairing organ function. The monitoring of clinical cases of domestic animals is important in determining the possible disappearance of this anatomical change throughout the life of the animal, and more importantly in determining the possible functional loss due to morphological variation..
Keywords: Anomalias
Ultrassonografia
Tomografia computadorizada
SDMA
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciências Veterinárias
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
Attribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/16346
Issue Date: 21-Oct-2019
Appears in Collections:TCC - Química - CCA

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JMLO06112019-MV069.pdf850,21 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons