Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/16387
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Educação para a emancipação na era digital: um estudo sobre as Fanfics como recurso pedagógico para a aprendizagem de leitura crítica e de escrita criativa no ensino médio
metadata.dc.creator: Silva, Meirylane Lopes da
metadata.dc.contributor.advisor1: Palhano, Tânia Rodrigues
metadata.dc.description.resumo: A educação voltada para o pensamento crítico e autônomo do indivíduo é o principal instrumento para a emancipação dos sujeitos e para a transformação da sociedade. Nesta pesquisa, essa teoria é associada às possibilidades educacionais advindas do uso dos recursos tecnológicos, em especial, a produção e o consumo do gênero digital fanfictions, numa perspectiva de multiletramentos concretizada através do letramento literário e digital, na construção de uma prática pedagógica calcada na autonomia de pensamento e criticidade dos alunos por meio da leitura crítica e da escrita criativa. Tivemos como objetivo geral analisar a contribuição do uso das fanfictions como recurso pedagógico para uma prática de leitura e de escrita crítica e emancipatória. Trata-se de uma pesquisa qualitativa de caráter bibliográfico, suporte científico para o aprofundamento do estudo acerca da emancipação, do multiletramento e das fanfictions, e participante. Como caminho epistemológico, definimos o materialismo histórico e dialético com fundamento em Triviños (2015) e Gamboa (2012), para apreender a educação como um fenômeno emancipatório em meio aos condicionantes econômico-políticos que moldam a educação escolar, tornando-a um espaço de transmissão acrítica de conhecimentos acumulados. Através de questionários e da pesquisa participante — desenvolvimento de uma proposta pedagógica com uso das fanfictions em uma escola pública de João Pessoa/PB —, obtivemos as informações necessárias à análise do objeto. A análise dos dados, fundamentada na hermenêutica-dialética com base em Minayo (2002; 2009; 2010), evidenciou três categorias empíricas: apropriação, autoria e autonomia de pensamento. A pesquisa possibilita afirmar que o uso pedagógico das fanfictions proporciona um espaço de interação, de criatividade e de autonomia de pensamento aos alunos, possibilitando-lhes desenvolver, por meio da relação sinérgica entre escola e tecnologia, experiências reais de uso produtivo e coletivo da linguagem que corroboram para sua emancipação.
Abstract: The education focused on the critical and autonomous thinking of the individual is the main instrument for the emancipation of subjects and for the transformation of society. Based at this theory, and in view of the educational possibilities emerged from the use of technological resources, this research was outlined. In this research, this theory is associated to the educational possibilities arising from the use of technological resources, especially the production and consumption of the digital genre fanfictions, in a multiliteracies perspective materialized through literary and digital literacy, in the construction of a pedagogical practice based on in the students' autonomy of thought and criticality through critical reading and creative writing. We had as general objective to analyze and prove the potential of the use of fanfics as a pedagogical resource for a practice of reading and writing critical and emancipatory. It is a qualitative bibliographic research, scientific support for the study of emancipation, multiliteracy and fanfictions, and participant. As epistemological approach, we define historical and dialectical materialism based on Triviños (2015) and Gamboa (2012), to apprehend education as an emancipatory phenomenon amidst the economic-political determinants that today shape school education as an uncritical transmission space of accumulated knowledge. Through open questionnaires and participant research — development of a pedagogical proposal with the use of fanfictions in a public school in João Pessoa / PB —, we obtained the necessary information for object analysis. Data analysis, based on dialectical hermeneutics with theoretical foundation in Minayo (2002; 2009; 2010), revealed three empirical categories: appropriation, authorship and autonomy of thought. The research makes it possible to state that the pedagogical use of fanfictions provides a space for interaction, creativity and autonomy of thought to the students, enabling them to develop, through the synergistic relationship between school and technology, real experiences of productive and collective use of the language that corroborate for their emancipation.
Keywords: Educação
Multiletramento
Fanfics
Education
Multiliteracy
Escola e tecnologia
Aprendizagem
Fanfictions
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS HUMANAS::EDUCACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Educação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Educação
metadata.dc.rights: Acesso aberto
Attribution-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/16387
Issue Date: 8-Feb-2019
Appears in Collections:Centro de Educação (CE) - Programa de Pós-Graduação em Educação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivototal4,27 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons