Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/1667
metadata.dc.type: TCC
Title: Terapia ocupacional capacitante: relato, percepções, enfrentamento e inclusão de um indivíduo com toc no meio acadêmico
metadata.dc.creator: Nóbrega, Eveline Cavalcanti Cabral da
metadata.dc.contributor.advisor1: Polia, Andreza Aparecida
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo relata a experiência vivenciada por uma estudante do curso de Terapia Ocupacional da Universidade Federal da Paraíba (UFPB), compreendendo o período entre o segundo semestre de 2011 e o segundo semestre de 2015, com diagnóstico médico de TOC, conforme a Classificação Internacional de Doenças – CID 10 (F- 42). TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo) é um distúrbio psiquiátrico de ansiedade caracterizado pela presença de crises recorrentes de obsessões e compulsões. As obsessões são pensamentos impulsivos ou imagens indesejáveis e involuntárias que invadem a consciência causando acentuada ansiedade ou desconforto, obrigando o indivíduo a executar compulsões, ou seja, atos físicos ou mentais realizados em resposta às obsessões com a intenção de afastar ameaças, prevenir possíveis falhas ou simplesmente aliviar um desconforto físico. O TOC é uma doença mental grave e incapacitante que afeta milhões de pessoas em todo o mundo, e que limita a vida dos indivíduos acometidos. O presente relato tem como objetivo analisar e compreender como a graduação em Terapia Ocupacional contribuiu para o entendimento do indivíduo, tornando-se uma ocupação relevante no combate e enfrentamento dos sintomas do transtorno, que por sua vez interferem de modo significativo no cotidiano do indivíduo, afetando seus papéis ocupacionais e suas áreas de ocupação causando sofrimento psíquico. Dessa forma, é necessário a reinserção do mesmo mais ativamente no meio em que vive, retirando-o do mundo obsessivo e compulsivo criado pelo próprio, visando à melhora de sua saúde e consequentemente, da sua qualidade de vida. Foi realizado um relato de experiência feito pela própria estudante durante sua vida, a partir dos primeiros sintomas e sinais na infância, as fortes evidências na adolescência, os prejuízos causados pelo transtorno mental na idade adulta, as consequências na família, as relações interpessoais e as autopercepções durante o percurso realizado como graduanda no curso de Terapia Ocupacional. As experiências narradas procuraram demonstrar a importância da participação social para a inclusão do indivíduo, destacando suas dificuldades no ambiente acadêmico, e conquistas adquiridas durante o curso de Terapia Ocupacional. O presente relato possibilitou a análise e a discussão da importância da participação social através da realização de ocupações significativas no tratamento do transtorno. Constatou-se a importância das ocupações na melhoria dos sintomas do indivíduo com TOC, como também, o quão benéficas foram as experiências vivenciadas no ambiente acadêmico. Esse ambiente aberto proporcionou um melhor entendimento e melhoria nas percepções do que seria o transtorno. Tais fatores foram primordiais para uma melhor qualidade de vida do indivíduo, promovendo a inclusão, a interação social e o autoconhecimento.
Abstract: This study reports the experience lived by a Student Occupational Therapy course at the Federal University of Paraíba (UFPB), covering the period between the second half of 2011 and the second half of 2015 with OCD medical diagnosis, according to the International Classification of Diseases - ICD-10 (F-42). OCD (Obsessive Compulsive Disorder) is a psychiatric anxiety disorder characterized by recurrent crises of obsessions and compulsions. Obsessions are impulsive thoughts or undesirable and unintended images that invade the consciousness causing marked anxiety or discomfort, forcing the individual to perform compulsions, or physical or mental acts carried out in response to obsessions with the intention of removing threats, prevent possible failures or simply alleviate physical discomfort. OCD is a serious and disabling mental illness that affects millions of people worldwide, and that limits the life of affected individuals. This report aims to analyze and understand how a degree in Occupational Therapy contributed to the individual's understanding, becoming a relevant occupation in combating and coping of the symptoms of the disorder, which in turn interfere significantly in the everyday individual, affecting their occupational roles and their areas of occupation causing psychological distress. Thus, it is necessary to reinsertion of even more actively in the environment they live in, removing it from the obsessive and compulsive world created by himself, aiming at improving their health and therefore their quality of life. An experience report was conducted done by the own student during his life, from the early symptoms and signs in infancy, strong evidence in adolescence, the losses caused by mental disorder in adulthood, the consequences in the family, interpersonal relationships and self-perceptions along the way performed as graduate student in the course of Occupational Therapy. The experiences narrated sought to demonstrate the importance of social participation for the inclusion of the individual, highlighting the difficulties in the academic environment and achievements acquired during the course of Occupational Therapy. This report enabled the analysis and discussion of the importance of social participation by conducting meaningful occupations in the treatment of the disorder. It was noted the importance of occupations in improving the symptoms of the individual with OCD, but also how beneficial were the experiences in the academic environment. This open environment provided a better understanding and improvement in perceptions of what would be the disorder. These factors were crucial to a better quality of life of individuals, promoting inclusion, social interaction and self-knowledge.
Keywords: Transtorno Obsessivo Compulsivo
Terapia Ocupacional
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS DA SAUDE
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Terapia Ocupacional
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/1667
Issue Date: 24-Nov-2015
Appears in Collections:TCC - Terapia Ocupacional

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
ECCN 09122015.pdf588,99 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons