Skip navigation

Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/16798
metadata.dc.type: Tese
Title: Conhecimento e território: a Universidade Federal da Paraíba no desenvolvimento local
metadata.dc.creator: Sampaio, Diogo Araújo
metadata.dc.contributor.advisor1: Garcia, Joana Coeli Ribeiro
metadata.dc.description.resumo: Estuda a importância da informação e o conhecimento para o desenvolvimento local, objetivando analisar os fatores que viabilizam ou que impedem a Universidade Federal da Paraíba, como agente integrante do processo de produção e disseminação de informações e conhecimento, a possibilitar a dinamização do território paraibano. Parte da hipótese de que a universidade atua na dinâmica do desenvolvimento econômico-social com ações de informação, por meio de um processo frágil de integração com os atores sociais, políticos e econômicos do território em que opera, desperdiçando o potencial de interação e de cooperação, fundamentais para a construção do conhecimento, na busca do processo de promoção do desenvolvimento local. A fundamentação teórica para alicerçar a hipótese está estruturada em Raffestin (1993), que estabelece a constituição de um território por meio de uma perspectiva relacional, das múltiplas dimensões políticas, sociais, econômicas, e atrelando a abordagem neo-schumpeteriana do processo inovativo com a discussão própria da Ciência da Informação para tratar da importância da informação, do conhecimento e da inovação como elementos centrais do desenvolvimento. Entrelaçam-se os conceitos de Regime de Informação de González de Gomez (1999, 2002, 2008,2012) com o de Arranjo e Sistema Produtivo e Inovativo Local (ASPIL) de Cavalcanti Filho (2011, 2013), que dá suporte à discussão relacionada a política e a poder na relação entre os atores. A metodologia utiliza abordagem qualitativa, a partir de um estudo de caso, que utiliza a análise de pesquisa documental, base de dados institucionais, bem como entrevistas semiestruturadas com atores internos e externos à instituição. Os resultados encontrados demonstraram que a instituição tem um Regime de Informação em que existe estrutura de poder externa e interna à instituição. A estrutura externa atua por meio do fomento, da normatização e do controle de suas ações, enquanto, internamente, existe uma cultura de não integração dos atores estratégicos para a construção de políticas institucionais, que faz com que eles atuem de forma isolada. A universidade tem potencial estratégico para atuar em conjunto com os atores locais, tendo em vista seu peso institucional, formado por suas ações de informação, de pesquisa, de ensino e de extensão que atuam no território, porém não estruturadas em prol do desenvolvimento da localidade. No tocante às suas relações com os Arranjos Produtivos Locais (APL), a UPFB tem parcerias pontuais, em geral, informais, mas não se atrela como um importante ator na dinâmica dos APL. Conclui-se que a Universidade Federal da Paraíba pode e deve melhorar sua relação com o território em que atua, buscando fortalecer a integração com os atores externos, por meio de reestruturação que favoreça a criação, a dinamização e a articulação das redes internas, bem como o envolvimento com os atores externos, para que a instituição coopere, estrategicamente, com o desenvolvimento local e seja reconhecida como um ator do território.
Abstract: The objective of this research is to study the importance of information and knowledge for local development, aiming to analyze the factors that make feasible or prevent the Federal University of Paraíba (UFPB), as an integral agent of the process of production and dissemination of information and knowledge, to enable the dynamization of the territory of Paraíba. The hypothesis is that the Federal University of Paraíba university acts in the dynamics of economicsocial development with information actions, through a fragile process of integration with the social, political and economic actors, wasting the potential for interaction and cooperation, fundamental for the construction of knowledge, in its search for the process of promoting local development. The theoretical basis for the hypothesis is structured in Raffestin (1993), who establishes the constitution of a territory through a relational perspective, of the multiple political, social and economic dimensions, and linking the neo-Schumpeterian approach of the innovative process with the discussion of Information Science to address the importance of information, knowledge and innovation as central elements of development. The concepts of the Information System of González de Gomez (1999, 2002, 2008,2012) are intertwined with Cavalcanti Filho's Arrangement and Production System and Local Innovation System (ASPIL) (2011, 2013), which supports discussion related to politics and power in the relationship among actors. The methodology used in this study is of qualitative approach based in the case study, on the analysis of documentary research, institutional database, as well as semi-structured interviews with internal and external actors of the institution. The results show that the institution has an Information System in which there is external and internal power structure to the institution. The external structure acts through its promotion, regulation and control of actions, while internally there is a culture of non-integration of strategic actors for the construction of institutional policies, making them act in an isolated way. The university has strategic potential to work with local actors, considering its institutional weight, formed by its information, research, teaching and extension actions, which are not structured in favor of the development of the locality. Concerning its relations with Local Productive Arrangements (APL), UPFB usually has informal partnerships, not as an important actor in the dynamics of APL. It is concluded that the Federal University of Paraíba can and should improve its relationship with the territory in which it operates, seeking to strengthen integration with external actors, through restructuring that may favor the creation, promotion and articulation of internal networks, as well as the involvement with external actors so that the institution will strategically cooperate with local development and will be recognized as an actor of territory.
Keywords: Informação e conhecimento
Universidade e desenvolvimento
Regime de informação e ASPIL
Território – Aspectos sociais, políticos e econômicos
Information and knowledge
University and development
Information System and ASPIL
Territory - Social, political and economic aspects
Desenvolvimento territorial – Atuação da UFPB
Gestão de informação
Arranjo e Sistema Produtivo e Inovativo Local – APIL – Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::CIENCIA DA INFORMACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciência da Informação
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação
metadata.dc.rights: Acesso aberto
Attribution-NoDerivs 3.0 Brazil
metadata.dc.rights.uri: http://creativecommons.org/licenses/by-nd/3.0/br/
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/16798
Issue Date: 29-Mar-2019
Appears in Collections:Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA) - Programa de Pós-Graduação em Ciência da Informação

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivototal3,82 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons