Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/1731
metadata.dc.type: TCC
Title: Avaliação da eficiência técnica hospitalar do SUS na Paraíba
metadata.dc.creator: COSTA, Fábio Lima da
metadata.dc.contributor.advisor1: RAMOS FILHO, Hélio de Sousa
metadata.dc.contributor.referee1: ACCO, Marco Antônio de Castilhos
metadata.dc.contributor.referee2: FIGUEIREDO, Nayana Ruth Mangueira de
metadata.dc.description.resumo: O presente trabalho buscou avaliar a eficiência técnica do SUS no estado da Paraíba, através dos municípios sedes das Gerências Regionais de Saúde, com o objetivo de verificar quais são os municípios que estão sendo eficiente quanto ao aproveitamento de seus recursos. Os dados deste trabalho são de 2009, obtidos no Banco de dados do Sistema Único de Saúde (DATASUS). Aplicou a método de Fronteira Estocástica que é utilizado na literatura para verificar a ineficiência técnica de uma unidade produtora. Este método matemático usa variáveis insumos e produtos que geram escores de zero a um. Os valores gerados indicarão se a unidade produtora é eficiente ou ineficiente. Os resultados indicaram que nenhum dos municípios sedes está sobre a fronteira de produção, ou seja, nenhum deles é eficiente tecnicamente. O estudo também mostrou que apenas os municípios de João Pessoa e Campina Grande atendem as normas internacionais de saúde que de um médico por 1000 habitantes.
Abstract: This study is aimed to evaluate the technical efficiency of SUS in the state of Paraíba, through municipal offices of the Regional Offices of Health, in order to verify what counties are being efficient with utilization of its resources. Data from this study is from 2009, obtained by the Database Health System (DATASUL). It was applied using a border stochastic method in which literature is used to check the technical inefficiency of a production unit. This mathematical method uses variable inputs and products that generate scores from zero to one. Generated values will indicate if the production unit is efficient or inefficient. The results indicated that none of the municipal offices is on the production frontier. In other words, none of them are technically efficient. The study also showed that only João Pessoa and Campina Grande comply with international standards of health, one doctor per 1,000 inhabitants.
Keywords: POLÍTICAS PÚBLICAS DE SAÚDE
SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (SUS)
BANCO DE DADOS DO SISTEMA ÚNICO DE SAÚDE (DATASUS)
PACTO PELA SAÚDE
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO PUBLICA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Gestão Pública
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/1731
Issue Date: 5-Sep-2013
Appears in Collections:CCSA - TCC - Tecnologia em Gestão Pública

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
FLC03082017.pdf965,74 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons