Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/1952
metadata.dc.type: TCC
Title: ANTIBIÓTICOS E ANALGÉGICOS EM CIRURGIA NAS CLÍNICAS DE CÁES E GATOS EM JOÃO PESSOA - PB
metadata.dc.creator: Jesus, Sabrina Figueiredo de
metadata.dc.contributor.advisor1: Buquera, Luiz Eduardo Carvalho
metadata.dc.contributor.referee1: Campos, Danila Barreiro
metadata.dc.contributor.referee2: Oliveira, Rafael Lima de
metadata.dc.contributor.referee3: Freire Neto, Oliveiro Caetano de
metadata.dc.description.resumo: O objetivo do presente estudo foi verificar se os protocolos de analgesia e antibioticoterapia nos períodos pré, trans e pós-operatório, praticados pelos médicos veterinários em diferentes tipos de cirurgias na rotina da clínica veterinária são coerentes com os conhecimentos presentes na literatura. As informações foram obtidas através de um questionário contendo 11 questões, as quais os Médicos Veterinários responderam durante visitas às clínicas veterinárias que ofereciam serviços em cirurgia de pequenos animais, posteriormente os dados foram tabulados e analisados por meio do software Excel®. Observou-se que o protocolo analgésico utilizado pelos veterinários é baseado na analgesia multimodal. Verificou-se que nos procedimentos cirúrgicos rotineiros, como a orquiectomia, ovariohisterectomia, tratamento periodontal e nas mastectomias, os Médicos Veterinários não utilizam antibiótico para o pré e trans operatório, fazendo uso de antibioticoterapia no pós-operatório. Em relação a repetição do antibiótico durante o procedimento cirúrgico, foi observado que a maioria dos veterinários não fazem uso de antibiótico. Quanto a infecção no pós-cirúrgico, observou-se que mesmo com o protocolo de antibioticoterapia utilizado, ocorreram infecções, sendo relacionados pelos veterinários pela falha de cuidado do tutor. Verificou-se que nenhum dos veterinários realizam procedimentos cirúrgicos sem a utilização de antibióticos.
Abstract: The main goal of this work is to verify whether the protocols of analgesia and antibiotic therapy in the pre, trans and postoperative periods practiced by the veterinarians in different kinds of surgeries are consistent with the knowledge presented in the literature. The data was acquired by an 11-question survey answered during visits to the veterinary clinics that offer surgery services for small pets. Later, the data were recorded and analyzed through Excel® software. According to our results, we realized the analgesic protocol used by veterinarians is based on multimodal analgesia. In regular surgical procedures, such as orchiectomy, ovariohysterectomy, periodontal treatment, and mastectomies, the veterinarians do not use antibiotics for both pre and trans operative period. The antibiotic therapy is performed in the postoperative period though. Furthermore, the most veterinarians do not repeat the use of antibiotics during the procedure. On the other hand, in the case of post-surgical infection, regardless the protocol of antibiotic therapy practiced, the infections used to happen, being related by veterinarians due to the lack of care by the owner. Finally, we realized none of the veterinarians perform surgical procedures without antibiotics application.
Keywords: Cães e gatos - Cirurgia
Cirurgia em animais - Analgésicos
Profilaxia
Cirurgia em animais - Infecção
Cirurgia em animais - Contaminação
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciências Veterinárias
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/1952
Issue Date: 28-Jul-2017
Appears in Collections:TCC - Medicina Veterinária

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
SFJ03082017.pdf972,97 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.