Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/2621
metadata.dc.type: TCC
Title: Pacto nacional pela alfabetização na idade certa: o ensino e a prática de escrita no ciclo de alfabetização
metadata.dc.creator: Trajano, Jonh Herbert de Almeida Falcão
metadata.dc.contributor.advisor1: Faria, Evangelina Maria Brito de
metadata.dc.description.resumo: A procura pelo aprimoramento do trabalho docente tem sido objeto de diversos estudos e políticas para a educação. No contexto da formação continuada, o Pacto Nacional pela Alfabetização na Idade Certa tem despontado como um grande propulsor de mudança da prática educativa no Ciclo da Alfabetização. Em seu quarto ano de implementação no estado da Paraíba e no Brasil, para o alcance de seus objetivos, as ações do Pacto compreendem um conjunto integrado de programas, materiais e referências curriculares e pedagógicas, disponibilizados pelo Ministério da Educação, que contribuem para um melhor desenvolvimento das habilidades linguísticas das crianças. Dentro desse contexto, o presente trabalho tem por objetivo compreender, sob a perspectiva da proposta da formação do PNAIC, como se dá a prática da escrita no ciclo de alfabetização. Para o embasamento teórico, nos valemos de considerações teóricas acerca da concepção de escrita em BAKHTIN (1986), FERREIRO (1985), SMOLKA (1993), o Caderno Ano 1: Unidade 3 (2012), o Caderno Ano 2: Unidade 5 (2012) e o Caderno 05 (2015), desenvolvidos para a formação do PNAIC. Para compreender a organização do ensino da escrita na alfabetização, nos apoiamos teoricamente em ANTUNES (2003), FARACO (1992), KATO (1988) e VYGOTSKY (1991). Metodologicamente, partiremos de análises: a) de entrevistas, realizadas com professoras alfabetizadoras de dois municípios paraibanos (Picuí e João Pessoa); b) de práticas de escrita registradas em acompanhamento em salas de aula do 1° e 2° Anos do Ensino Fundamental; c) de uma prática de escrita realizada no 3° Ano do Ensino Fundamental, descrita em um relato de experiência. Os dados levantados (leitura de teorias da alfabetização, entrevistas, observação de práticas de escrita) nos permitiram entender a formação do Pacto sob o olhar desse alfabetizador, e como essas propostas são traduzidas em sala de aula. A partir desses dados, podemos concluir que, a escrita na alfabetização deve ser pensada de forma sistemática, partindo de práticas que levem a criança a não somente compreender o sistema de escrita alfabética, mas também, se apropriar de suas convenções. Os dados revelam que as práticas de escrita desenvolvidas por essas alfabetizadoras, sob a perspectiva da proposta do PNAIC, colocam em ênfase o alfabetizar letrando. Como também, atividades de consciência fonológica, de análise linguística e de produção escrita partindo do contato com a diversidade textual em sala de aula.
Abstract: The search for the improvement of teaching work has been the object of several studies and policies for education. In the context of continuing education, the National Pact for Literacy in the Right Age has emerged as a major propeller of change in educational practice in the Literacy Cycle. In its fourth year of implementation in the state of Paraíba and in Brazil, to achieve its objectives, the actions of the Pact comprise an integrated set of programs, materials and curricular and pedagogical references, made available by the Ministry of Education, which contribute to a better Development of children's language skills. Within this context, the present work aims to understand, from the perspective of the proposal of the formation of the PNAIC, how the practice of writing in the literacy cycle occurs. For the theoretical basis, we use theoretical considerations about the conception of writing in BAKHTIN (1986), FERREIRO (1985), SMOLKA (1993), Yearbook 1: Unit 3 (2012), Yearbook 2: Unit 5 2012) and Caderno 05 (2015), developed for the formation of the PNAIC. In order to understand the organization of writing teaching in literacy, we theoretically support ANTUNES (2003), FARACO (1992), KATO (1988) and VYGOTSKY (1991). Methodologically, we will start with analyzes: a) interviews with literacy teachers from two municipalities in Paraíba (Picuí and João Pessoa); B) writing practices recorded in follow-up in classrooms of the 1st and 2nd years of elementary school; C) a writing practice held in the 3rd Year of Primary Education, described in an experience report. The data collected (reading of literacy theories, interviews, observation of writing practices) allowed us to understand the formation of the Pact under the eyes of this literacy teacher, and how these proposals are translated into the classroom. Based on these data, we can conclude that writing in literacy should be thought in a systematic way, starting with practices that lead the child not only to understand the alphabetical writing system, but also to appropriate their conventions. The data show that the writing practices developed by these literacy teachers, from the perspective of the PNAIC proposal, emphasize literacy literacy. As well as activities of phonological awareness, linguistic analysis and written production starting from contact with textual diversity in the classroom. Keywords: Literacy,
Keywords: Letramento
Alfabetização
Ensino
Prática de escrita
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::LINGUISTICA, LETRAS E ARTES::LETRAS::LINGUA PORTUGUESA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Letras Clássicas e Vernáculas
metadata.dc.rights: Acesso restrito
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/2621
Issue Date: 23-Nov-2016
Appears in Collections:TCC - Letras - Português (Curso presencial)

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JHFT17012017.pdf1.32 MBAdobe PDFView/Open    Request a copy


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons