Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/3653
metadata.dc.type: TCC
Title: Acolhimento na percepção do usuário do SUS: uma revisão crítica
metadata.dc.creator: Gonzaga, Jamilly Cristiny de Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor1: Serrano, Rossana Maria Souto Maior
metadata.dc.description.resumo: O Sistema Único de Saúde (SUS) foi umas das maiores conquistas sociais para todo cidadão brasileiro, que passou a ter sua saúde como direito e colocou o Estado com dever de prover políticas econômicas que a garantam. Em resposta às situações de fragmentação e verticalização dos serviços, ao despreparo de equipes para lidar com as dimensões sociais e ao baixo investimento em qualificação, buscando uma resposta à crise do SUS, surgiu em 2003 a Política Nacional de Humanização (PNH). Uma de suas diretrizes, o acolhimento, propõe a presença de aspectos importantes para humanização do SUS: diálogo, escuta e envolvimento com a queixa do outro. Para identificar, a partir da percepção do usuário descrita na literatura, se o acolhimento implantado na rede SUS tem sido realizado, tomou-se por base estudos publicados no período 2003-2016, que retratassem esse tipo de experiência. Observou-se que o processo de acolhimento ainda não está totalmente sistematizado nos serviços de saúde, que ainda existe um distanciamento entre a teoria e a prática. Para que essa lacuna diminua, os serviços precisam implementar um espaço físico acolhedor, realizar treinamento de trabalhadores a fim de humanizar a atenção e promover atividades transversais de acolhimento.
Abstract: The Unified Health System (SUS) for one of the greatest social achievements for every Brazilian citizen, who passed with his health as a right and placed the State with a duty to provide economic policies that guarantee it. In response to situations of fragmentation and verticalization of services, unprepared equipment to deal with social dimensions and low investment in qualification, seeks a response to the SUS crisis, involves in 2003 the National Humanization Policy (PNH). One of its guidelines, the reception, proposes a presence of important important for the humanization of SUS: dialogue, listening and involvement with the other's complaint. To identify, from the user's perception, the description of the perception of the network, the process of dissemination of the network. It was observed that the reception process is not yet fully systematized our health services, that there is still a gap between a theory and a practice. Para que essa lacuna diminua, os serviços e implementação de um espaço físico acolhedor, realize treinamento de trabalhadores para fim de humanizar uma atenção e promoção de atividades transversais de acolhimento.
Keywords: Humanização da assistência
Sistema Único de Saúde
Acolhimento
metadata.dc.subject.cnpq: Ciências da Saúde: Farmácia
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciências Farmacêuticas
metadata.dc.rights: Acesso aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/3653
Issue Date: 20-Jun-2017
Appears in Collections:TCC - Farmácia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
JCOG20062017.pdf879,12 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons