Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/3894
metadata.dc.type: TCC
Title: SUBSÍDIOS AO PLANTIO E MANEJO DA MACAMBIRA EM ROÇADOS DE ESPINHO NO SEMIÁRIDO PARAIBANO
metadata.dc.creator: Andrade, Dayane da Silva de
metadata.dc.contributor.advisor1: Pereira, Daniel Duarte
metadata.dc.description.resumo: A utilização de lavouras xerófilas para recuperação de áreas degradadas, mais especificadamente o semiárido nordestino, vem se revelando um dos procedimentos mais aceitáveis ao combate ou o evitamento do processo de desertificação. A Bromelia laciniosa é uma espécie de alta resistência à seca e com um alto teor de amido, um teor proteico próximo das farinhas de milho e arroz e relevante teor de cálcio. Os objetivos do presente estudo foram instituir os roçados de espinho como alternativa viável nos agroecossistemas de produção do Semiárido; analisar os comportamentos de espécies não consagradas como a macambira em termos de produção por unidade de área; avaliar a percepção de agricultores e agricultoras frente às inovações de algumas das culturas implantadas; e criar opção de produção em áreas degradadas ou com baixa fertilidade usando lavouras xerófilas com baixa exigência nutricional. Foi instalado, no Distrito de Catolé de Boa Vista, município de Campina Grande, Paraíba, em parceria com o Instituto Nacional do Semiárido, o Programa de Estudos e Ações para o Semiárido e o Módulo de Agroecologia, um experimento contendo roçados de espinhos com plantios de Macambira em quatro repetições em parcelas de 10,0 m x 10,0 m ou 100,0 m². Obteve-se na coleta dados identificados como: mortalidade; brotação; altura de plantas; diâmetro médio (DM), obtido por duas leituras na roseta da planta; massa verde por planta, obtida a partir das folhas consideradas úteis e pesadas em campo com o auxílio de balança digital. Os resultados foram uma padronização em todas as plantas com relação à altura apresentando média de 39,05 cm com um coeficiente de variação de 6,2863%, consequentemente, um desenvolvimento uniforme de todas elas em relação à altura. Verificou-se também que o coeficiente de variação foi maior em diâmetro comparado a valores da altura obtendo-se assim 66,88 cm de diâmetro com um coeficiente de variação de 12,8427%. Ocorreu uma variação elevada com relação ao peso das folhas viáveis colhidas, onde para o período estudado, um exemplar pode produzir 148,61 g de massa verde por planta para um coeficiente de variação de 30,5509%. Contudo pode-se concluir que não existe uma boa correlação entre altura, diâmetro médio e peso médio, mas, existe um bom desenvolvimento da espécie até o período avaliado.
Abstract: The utilization of xerophytes crops for degraded areas recovery, more specifically the northeastern semi-arid, is proving to be one of the most accepted procedures for desertification combat or avoidance. The Bromelia laciniosa is a high resistant to drought species and with a high starch content, a protein content similar to the corn and the rice flour and relevant calcium content. The objectives of this study were to establish the thorn plantation (roçado de espinhos) as a viable alternative to the production agroecosystems on semi-arid; analyze the behavior of non-consecrated species such as macambira in terms of production per unit area; evaluate the perception of men and women farmers owing to the innovations of some implanted cultures; and create a production option on degraded or with low fertility areas using xerophilous crops with low nutritional requirements. It was installed in the Catolé de Boa Vista District, in the city of Campina Grande, Paraíba, in partnership with the National Semi-Arid Institute, the Studies and Actions for Semi-Arid Program and the Agroecology Module, an experiment containing thorns plantations (roçados de espinhos) with Macambira plantations in four replications in portions of 10.0 m x 10.0 m or 100.0 m². There was obtained on the gathering identified data as: mortality; budding; plant height; average diameter (DM), obtained by two readings by the plant rosette; green mass per plant, obtained from the leaves considered useful, which were weighed on field with the aid of digital weighing-machine. The results were a standardization with an average of 39.05 cm with a 6.2863% coefficient of variation, hence a uniform development of all of them in relation to the height. It was also found that the variation coefficient was larger in diameter compared to the height values thus obtaining 66.88 cm in diameter with a 12.8427% coefficient of variation. There was high variation in weight of viable leaves harvested, where for the period studied, a copy can produce 148.61 g of green mass per plant to a 30.5509% coefficient of variation. However it can be concluded that there is a good correlation between height, diameter and average weight, but there is a good development of the species to the evaluation period. Keywords:
Keywords: Bromelia laciniosa
Semiárido
Manejo
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Ciências Fitotecnia e Ciências Ambientais
metadata.dc.rights: Acesso aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/3894
Issue Date: 20-Jun-2016
Appears in Collections:TCC - Agronomia

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
DSA04042018.pdf1,48 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.