Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/3988
metadata.dc.type: TCC
Title: Precarização do trabalho e informalidade: um estudo no Setor Turístico da Grande João Pessoa
metadata.dc.creator: Luna, Hugo Farias de
metadata.dc.contributor.advisor1: Lima, César Emanoel Barbosa de
metadata.dc.description.resumo: O presente estudo tem como objetivo identificar quais precarizações afetam os trabalhadores do setor turístico da Região Metropolitana de João Pessoa (RMJP), João Pessoa é conhecida nacionalmente como uma cidade tropical e turística e anualmente recebe milhares de visitantes principalmente na estação do Verão. Devido a essa natural disposição ao turismo houve durante as últimas décadas um grande desenvolvimento dos pontos de visitação da cidade e com elas o comércio em geral e os voltados aos turistas começaram a fazer parte importante do da geração de renda na cidade. No entanto assim como em toda região que há um desenvolvimento econômico os trabalhos informais e precários também cresceram e neles atualmente vários trabalhadores desenvolvem atividades econômicas visando geração de renda, estas que até então são pouco estudadas e são o objeto de estudo desta monografia. Entender o perfil deste trabalhador e quais precariedades laborais os afetam é de fundamental importância para um desenvolvimento saudável do turismo na capital paraibana. O trabalhador informal do setor turístico da RMJP é em sua maioria composta por mulheres, e estes trabalhadores, no geral, estão em maior quantidade na região da orla e pôr do sol do Jacaré, nas posições de atendentes de bares e estabelecimentos assim como no mercado ambulante de comidas e bebidas pela região. Logo, pode-se destacar que O nível de informalidade entre estes trabalhadores é extremamente alto, chegando a números próximos dos 90% de informalidade, destacando como a área ainda é desprovida de relações de trabalho saudáveis que beneficiem os trabalhadores. Também, partindo das sete dimensões de precarização do trabalho definidas pela OIT, pode-se destacar, a partir dos resultados obtidos, as seguintes as que mais afligem os trabalhadores são as seguintes: - Precarização de Insegurança no Trabalho;-Precarização de Segurança e Saúde do Trabalhador; - Insegurança de Renda; - Insegurança de Representação. Já a Insegurança de Reprodução e Treinamento foi constatada, porém não representa um forte traço de precarização neste setor devido às atividades majoritárias serem de simples execução não demandando treinamentos específicos.
Abstract: This present study goals to identify cases of precariousness in which tourism sector workers in João Pessoa Metropolitan Area (JPMA) are affected by. João Pessoa is a nationally known tropical and tourist town, which is visited by thousands of tourists annually especially on summer. Due to this natural disposition for tourism, there has been a great development of tourist points in the city and the commercial spots for public and tourists that appeared beside its area are now a huge part of the city’s income. However, like in every on growth region, informal and precarious labor had also increased, leading to several informal workers developing economical activities looking to generate income, those which has not been deeply studied so far are the object of this monograph. Understanding the profile of this worker and which labor precariousness they’re affected by is fundamentally important to a healthy development of the tourism on the capital of the state. The informal workers for tourism on JPMA are mostly women and generally can be found around the seafront and sunset of Jacaré waitressing tables at bars and/or also in the street market selling foods and drinks on the area. Therefore, it can be highlighted that the level of informality between this workers is extremely high, peeking approximately 90%, showing how this area is still deprived of healthy working relations that could be truly beneficial to this people. In addition, by taking International Labour Organization’s seven dimensions of precarious labor as reference, we can highlight based on the obtained results that the ones who afflict this workers the most are the following: - Working insecurity precariousness; - Worker security and health precariousness; - Income insecurity; - Representation insecurity. As Reproduction and training insecurity, it has been noted but does not represent a strong mark of the labor precariousness in this sector because the majority of their activities are easily executable and do not demand specific training.
Keywords: Precarização do trabalho
Trabalho informal
Setor hoteleiro
Região Metropolitana de João Pessoa (RMJP)
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO::ADMINISTRACAO DE EMPRESAS::MERCADOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraíba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Administração
metadata.dc.rights: Acesso aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/3988
Issue Date: 1-Jun-2017
Appears in Collections:CCSA - TCC - Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
HFL18042018.pdf1,02 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons