Use este identificador para citar ou linkar para este item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/4488
Tipo: TCC
Título: MORTE SÚBITA EM UM CÃO ACOMETIDO POR HEMANGIOSSARCOMA MULTICÊNTRICO COM ENVOLVIMENTO CEREBRAL
Autor(es): Henrique, Gabriela Santina Costa
Primeiro Orientador: Lucena, Ricardo Barbosa de
metadata.dc.contributor.referee1: Barbosa, Francisca Maria Sousa
metadata.dc.contributor.referee2: Vidal, Ivana Fernandes
Resumo: Os neoplasmas em cães e gatos tem sido diagnosticado comumente nos últimos anos. Entre os neoplasmas dos cães destacam-se o tumores de origem vasculares sendo o hemangioma a variante benigna e o hemangiossarcoma sua variante maligna. Os hemangiossarcomas induzem metástases para diversos órgãos. O presente trabalho tem como objetivo descrever um caso de morte súbita em um cão com hemangiossarcoma cerebral metastático atendido no Hospital Veterinário da Universidade Federal da Paraíba, localizado em Areia- PB. Um cão fêmea, sem raça definida, seis anos de idade foi submetido ao exame clínico e alguns exames complementares como hemograma, ultrassonografia, radiografia, e histopatológico. No hemograma não foram observados alterações. O exame histopatológico através da biópsia foi diagnosticado como hemangiossarcoma cutâneo. O nódulo foi retirado por ressecção cirúrgica. Após vinte e um dias o animal retornou com vômito, vocalização, hiperextensão dos membros torácicos, estado de estupor ou semicomatoso. Na avaliação do hemograma observou-se uma anemia normocítica, hipocrômica, arregenerativa. O leucograma apresentou neutrofilia com desvio nuclear a direita. Nos achados ultrassonográficos foram observados esplenomegalia, sugestiva para neoplasma primário ou metastático, na bexiga urinária indicativo de cistite leve e os rins alterações sugestivas de nefropatia crônica. No exame radiográfico do tórax observou-se duas imagens radiopacas esféricas sugestivo de neoplasma. O cão morreu subitamente e foi remetido para necropsia no Laboratório de Patologia Veterinária. Na necropsia foram observados nódulos enegrecidos e hemorrágicos em tamanhos variados no encéfalo, rins e pulmões. Na avaliação histopatológica foram observadas massas não encapsuladas, não delimitadas, formadas por células mesenquimais neoplásicas. O citoplasma variava de moderado a escasso. Conclui-se que os neoplasmas de origem vascular são comuns, porém são escassos os trabalhos relatando morte súbita após rompimento de capilares, por metástase de hemangiossarcoma intracerebral.
Abstract: The neoplasms in dogs and cats have been commonly diagnosed in recent years. This is due to the increased longevity of these animals. Among the neoplasms of the dogs, vascular tumors of origin are noteworthy. Hemangioma is the benign variant and hemangiosarcoma is its malignant variant. Hemangiosarcomas induce metastasis to various organs. The present work aims to describe a case of sudden death in a dog with metastatic cerebral hemangiosarcoma attended at the Veterinary Hospital of the Federal University of Paraíba, situated in Areia-PB. A six-year-old female dog, without a defined breed, underwent clinical examination and some complementary tests such as hemogram, ultrasonography, radiography, and histopathology. No changes were observed on the blood count. Histopathological examination through the biopsy was diagnosed as cutaneous hemangiosarcoma. The nodule was removed by surgical resection. After twenty-one days the animal returned with vomiting, vocalization, hyperreflexion of the thoracic limbs, stupor or semi-comatose state. In the evaluation of the hemogram, normocytic, hypochromic, regenerative anemia was observed. The leukogram showed neutrophilia with nuclear deviation to the right. In the sonographic findings, splenomegaly, suggestive of primary or metastatic neoplasm, was observed in the urinary bladder indicative of mild cystitis and the kidneys alterations suggestive of chronic nephropathy. Two radiopaque spherical images suggestive of neoplasm were observed in the radiographic examination. The dog died suddenly and was sent to necropsy in the Laboratory of Veterinary Pathology. At necropsy, blackened and hemorrhagic nodules of various sizes were observed in the brain, kidneys and lungs. Histopathological evaluation revealed non-encapsulated, non-delimited masses formed by neoplastic mesenchymal cells. The cytoplasm varied from moderate to scarce. The nuclei were pleomorphic with loose chromatin and two evident nucleoli and several vascular spaces in different sizes, filled by erythrocytes. It is concluded that neoplasms of vascular origin are common, but there are few reports of sudden death after clot disruption due to intracerebral hemangiosarcoma metastasis.
Palavras-chave: Cães
Células mesenquimais
Tumores vasculares
CNPq: CNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::MEDICINA VETERINARIA
Idioma: por
País: Brasil
Editor: Universidade Federal da Paraíba
Sigla da Instituição: UFPB
Departamento: Ciências Veterinárias
Tipo de Acesso: Acesso aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/4488
Data do documento: 3-Jul-2018
Aparece nas coleções:TCC - Agronomia

Arquivos associados a este item:
Arquivo Descrição TamanhoFormato 
GSCH12072018.pdf1,35 MBAdobe PDFThumbnail
Visualizar/Abrir


Os itens no repositório estão protegidos por copyright, com todos os direitos reservados, salvo quando é indicado o contrário.