Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/460
metadata.dc.type: TCC
Title: Aposentadorias rurais: uma economia sem produção relevante nas pequenas cidades do Siridó Ocidental da Paraíba.
metadata.dc.creator: Xavier, Maria Karolyne Gracilene da Silva.
metadata.dc.contributor.advisor1: Silva, Anieres Barbosa da.
metadata.dc.description.resumo: A presente monografia tem por objetivo compreender a relevância das aposentadorias rurais nas condições de vida da população beneficiada e no meio construído das pequenas cidades da Microrregião do Seridó Ocidental da Paraíba. Nos últimos tempos, os problemas sociais existentes no meio rural brasileiro têm exigido dos governos um maior empenho no enfrentamento das desigualdades sociais. A extensão de políticas públicas e conquista de direitos sociais às áreas rurais, têm contribuído para combater os efeitos da vulnerabilidade social, sobretudo no que diz respeito à pobreza. Apesar dos avanços alcançados com a execução de tais políticas, é importante destacar que as áreas rurais ainda sofrem com os resultados decorrentes dos anos de abandono e negligência de diversos governos e de políticas públicas ineficientes no atendimento das demandas produzidas pelos Trabalhadores rurais, os quais, historicamente, estiveram excluídos pelos sistemas de proteção social e de promoção do crescimento econômico, fazendo com que a realidade socioeconômica desses personagens ainda seja caracterizada pela precariedade de infraestruturas. Para o desenvolvimento desse estudo foi indispensável a compreensão do conceito de “Economia sem produção”, criado por Maia Gomes (2001). Segundo este autor a economia sem produção só se aplica aos aposentados do Semiárido nordestino, pois os benefícios dessa categoria constituem uma transferência de renda, na qual são pagos sem exigência de qualquer contrapartida contemporânea de prestação de serviços produtivos, ou seja, eles não produzem, mas se apropriam de uma parte da renda nacional. Do ponto de vista metodológico, a pesquisa foi desenvolvida com base em levantamentos bibliográficos, coleta de dados primários através do trabalho de campo, e secundários por meio de sítios eletrônicos, como o do Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE), Instituto Nacional de Seguridade Social (INSS) e do Ministério da Fazendo. A pesquisa nos permitiu inferir que a previdência rural vem assumindo um papel preponderante na melhoria das condições de vida dos beneficiados, bem como na dinâmica socioeconômica das pequenas cidades da Microrregião.
Abstract: This monograph aims to understand the relevance of rural retirement living conditions of the population served and the built environment of the small towns of Western Microrregião Seridó of Paraíba. In recent times, the social problems in rural Brazil have required a greater commitment of governments in addressing social inequalities. The extent of public policies and achievement of social rights to rural areas, have contributed to combat the effects of social vulnerability, especially with regard to poverty. Despite the progress made with the implementation of such policies, it is important to note that rural areas are still suffering from the results from the years of neglect of many governments and public policies ineffective in meeting the demands produced by rural workers who, historically been excluded by the systems of social protection and the promotion of economic growth, causing economic reality of these characters is still characterized by poor infrastructure. For the development of this study was essential to understanding the concept of "economy without production", created by Maia Gomes (2001). According to this author the economy without producing only applies to retirees Semiarid Northeast, because the benefits of this category are an income transfer, which are paid without any requirement for contrast contemporary service production, ie, they do not produce, but appropriate a part of the national income. From the methodological point of view, the survey was developed based on literature surveys, collection of primary data through fieldwork, and secondary via electronic sites, such as the Brazilian Institute of Geography and Statistics (IBGE), the National Security Social (INSS) and the Ministry of Making. The survey allowed us to infer that the rural social security has assumed a leading role in improving the living conditions of the beneficiaries, as well as the socioeconomic dynamics of small towns Microrregião.
Keywords: Previdência social rural
Aposentadoria rural
Trabalhador rural
Economia rural
Políticas públicas
Rural Social Security
Rural Retirement
Rural worker
Rural economy
Public policy
metadata.dc.publisher.department: Geociências
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/123456789/460
Issue Date: 11-Sep-2013
Appears in Collections:TCC - Geociências

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
MKGSX11092013.pdf1,32 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.