Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/318
metadata.dc.type: Dissertação
Title: O descuido de se tombar: a importância da paisagem cultural dos engenhos de cachaça e rapadura como patrimônio do município de Areia
metadata.dc.creator: Ferreira, Anna Cristina Andrade
metadata.dc.contributor.advisor1: Moura Filha, Maria Berthilde de Barros Lima e
metadata.dc.description.resumo: Esta dissertação visa investigar a importância do município de Areia, na Paraíba, enquanto uma paisagem cultural formada pela junção de seu meio urbano e rural. A cidade de Areia é um dos mais recentes sítios urbanos a receber a alcunha de Patrimônio Histórico Nacional, tendo seu tombamento homologado no ano de 2006, devido a sua importância histórica, arquitetônica, urbanística e paisagística. Se distinguindo, principalmente, por sua implantação urbana e expansão acompanhando o cume da Serra da Borborema. Porém, a proteção patrimonial privilegiou apenas a salvaguarda do núcleo urbano, sendo a paisagem renegada a moldura da cidade. No entanto, o que se percebe revendo a história do município é que a paisagem, formada principalmente por sua área rural, sobretudo os engenhos de cachaça e rapadura, configura um patrimônio cultural tão ou mais importante que o urbano. O crescimento e desenvolvimento do município têm se baseado na agricultura, e atravessou diversos períodos econômicos ao longo de sua história: algodão, cana-de-açúcar, café, agave e pecuária, mas, dentre todas essas culturas, a cana-de-açúcar tem se comportado como aquela intermitente, que nunca foi totalmente abandonada. Assim sendo, foram os engenhos de cachaça e rapadura que delinearam seu crescimento, influenciando diretamente os aspectos sociais, econômicos, urbanos e culturais de Areia, e reforçando sua tradição como município produtor de cachaça e rapadura. O conjunto de formas diferentes de patrimônio que compõe a paisagem dos engenhos a arquitetura, as características ambientais, o patrimônio imaterial auxiliaram na formação e transformação da paisagem do município, e em suas características urbanas e culturais. Todas essas questões levam a refletir sobre a importância dos engenhos para a história e a cultura do município e a necessidade de se promover a salvaguarda destes, enquanto documentos importantes na preservação da identidade cultural de Areia.
Abstract: This study aims to investigate the importance of the city of Areia, Paraíba, as a cultural landscape formed by the junction of its urban and rural. The City of Areia is one of the newest urban sites to receive the title of National Heritage, with its tumbling approved in 2006, due to its historical, architectural, urban and landscape importance. If distinguished primarily by their location and urban expansion following the ridge of the Serra Borborema. However, the favored asset protection only to safeguard the urban core, with the landscape denying the "frame" of the city. However, what is perceived by reviewing the history of the city is the landscape, formed mainly by their rural area, especially the mills of cachaça and rapadura , sets up a cultural heritage as or more important than the urban. The growth and development of the city have been based on agriculture, and through different economic periods throughout its history: cotton, sugar cane, coffee, agave and cattle breeding, but out of all these crops, the sugar cane has behaved like that intermittent, never totally abandoned. Thus, were the engines of cachaça and rapadura which outlined its growth, influencing directly the social, economic, urban and cultural Areia, and strengthening its tradition as producing city of cachaça and rapadura . The set of different forms of assets that comprise the landscape of the mills - the architecture, environmental characteristics, the intangible heritage - assisted in the configuration and transformation of the landscape of the city, and urban and cultural characteristics. All these issues lead to reflect on the importance of the mills to the history and culture of the city and the need to promote their safeguarding, while important documents in preserving the cultural identity of Areia.
Keywords: Paisagem Cultural
Patrimônio Histórico
Engenho
Cidade de Areia
Cultural Landscape
Historic Heritage
Mill
Areia City
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ARQUITETURA E URBANISMO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Arquitetura e Urbanismo
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós Graduação em Arquitetura e Urbanismo
Citation: FERREIRA, Anna Cristina Andrade. O descuido de se tombar: a importância da paisagem cultural dos engenhos de cachaça e rapadura como patrimônio do município de Areia. 2010. 202 f. Dissertação (Mestrado em Arquitetura e Urbanismo) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2010.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/318
Issue Date: 27-Sep-2010
Appears in Collections:Centro de Tecnologia (CT) - Programa de Pós-Graduação em Arquitetura e Urbanismo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
parte1.pdf2.13 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.