Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/3839
metadata.dc.type: Dissertação
Title: E-Tribes: um estudo do comportamento dos consumidores à luz da Teoria das Representações Sociais
metadata.dc.creator: Moraes, Thiago Assunção de
metadata.dc.contributor.advisor1: Abreu, Nelsio Rodrigues de
metadata.dc.description.resumo: A iniciativa de criar uma comunidade virtual tem dado às marcas a possibilidade de se aproximar do consumidor e entender como se dão as interações entre eles ao ponto de criarem uma identidade de grupo e um compromisso em função das experiências vivenciadas. No entanto, a criação não assegura que esse consumidor estará disposto a ter estas mesmas experiências com a marca e seus produtos, mas fará perceptível a padronização de um comportamento que o leva a consumir, baseado em dimensões culturais que envolvem locais, rituais, artefatos, afetividade e consciência compartilhada, dando origem a uma tribo de consumo. Deste modo, para analisar o processo que leva uma comunidade virtual de consumo a se comportar como uma tribo, este estudo apropriou-se de procedimentos de natureza qualitativa para captar dos indivíduos padrões de discurso, captados pelo uso da Netnografia, que refletem o sentido de e-tribe. Tais indivíduos foram selecionados a partir da intensidade de suas interações na comunidade virtual escolhida, definidos como Imersos (Insiders) e os Devotos (Devotees), em que, na Teoria das Representações Sociais, o processo de Ancoragem gerou a sua opinião coletiva, dando origem aos Discursos do Sujeito Coletivo que evidenciaram, na comunidade peladeiro.com.br, um comportamento de tribo em função das peladas e não propriamente da marca patrocinadora da comunidade virtual. Os dados foram estudados através da análise da opinião coletiva com o auxílio do software QualiquantiSoft, que permitiu a geração as ancoragens formadoras dos discursos do sujeito coletivo que responderam aos objetivos da pesquisa. Os resultados geram ao meio acadêmico e gerencial mais uma abordagem nos estudos das comunidades virtuais de marca e a oportunidade de entender a relação de tribo que envolve o consumo e os consumidores de forma que estas perspectivas busquem no Marketing conhecimentos que propiciem o equilíbrio no sistema de trocas. O estudo traz em seus achados os elementos encontrados nas relações sociais de uma comunidade virtual que transformam essa comunidade em uma tribo. As limitações do estudo, que são propostas ao fim do trabalho, podem ser encaradas como oportunidades de ampliação do conhecimento tanto no campo do Marketing quanto da Teoria envolvida.
Abstract: The initiative to create a virtual community has given to Brands the possibility of approaching the consumer and understands how the interactions occur between them, to the point of creating a grupal identity and a commitment in the light of experiences. However, the creation does not guarantee that consumers will be willing to have these same experiences with the brand and its products, but will make noticeable a standardization of behavior that leads to consume, based on cultural dimensions that involve local, rituals, artifacts, affection and shared awareness, giving rise to a tribe of consumption. Thus, to analyze the process that takes a virtual community of consumption to behave as a tribe, this study appropriated qualitative procedures to capture individuals' speech patterns, obtained by the use of netnography, reflecting the sense of e-tribe. These individuals were selected from the intensity of their interactions in the virtual community chosen, defined as Insiders and Devotees, where, in Social Representations Theory, the process of Anchoring generated their collective opinion, giving rise Discourses of Collective Subject to that evidenced in peladeiro.com.br community, a tribe behavior depending on the peladas (informal soccer games) and not exactly the brand sponsor of the virtual community. The data were analyzed by analysis of collective opinion with the help of software Qualiquantisoft, which allowed the generation of anchors forming DCS s (Discourses of Collective Subject) who responded to the research objectives. The results generates to the academic and managerial environments another approach in studies of virtual brand communities and the opportunity to understand the relationship of tribe that involves consumption and consumers so that these perspectives bring knowledge in marketing that provide balance in the exchange system . The study brings in its findings the elements found in the social relations of a virtual community that make this community a tribe. The limitations of the study that are offered at the end of work, can be seen as opportunities to expand knowledge both in the field of Marketing Theory as involved.
Keywords: E-tribes
Teoria das Representações Sociais
Tribos de Consumo
Comunidades Virtuais de Marca
E-tribes
Social Representations Theory
Consumer tribes
Virtual Brands Communities
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::ADMINISTRACAO
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Administração
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós Graduação em Administração
Citation: MORAES, Thiago Assunção de. E-Tribes: um estudo do comportamento dos consumidores à luz da Teoria das Representações Sociais. 2013. 107 f. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/3839
Issue Date: 17-Apr-2013
Appears in Collections:Centro de Ciências Sociais e Aplicadas (CCSA) - Programa de Pós-Graduação em Administração

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Arquivototal.pdfArquivo total2,59 MBAdobe PDFView/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.