Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4103
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Ecologia e Conservação de Tartarugas Marinhas Através da Análise de Encalhes no Litoral Paraibano
metadata.dc.creator: Poli, Camila
metadata.dc.contributor.advisor1: Mesquita, Daniel Oliveira
metadata.dc.contributor.advisor-co1: Mascarenhas, Rita de Cassia Siriano
metadata.dc.description.resumo: Cinco espécies de tartarugas marinhas utilizam a costa brasileira para reprodução e alimentação: a tartaruga cabeçuda (Caretta caretta), a tartaruga verde (Chelonia mydas), a tartaruga de couro (Dermochelys coriacea), a tartaruga oliva (Lepidochelys olivacea) e a tartaruga de pente (Eretmochelys imbricata). Estas espécies estão incluídas em categorias de ameaça, tanto mundialmente, de acordo com a lista vermelha de animais ameaçados de extinção da União Internacional para a Conservação da Natureza (IUCN), como regionalmente, de acordo com o Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção, do Ministério do Meio Ambiente. As tartarugas marinhas, naturalmente, encontram uma ampla variedade de estressores, tanto naturais quanto antrópicos, como doenças, predação por outros animais, captura incidental em artefatos de pesca, poluição marinha e a caça. A coleta sistemática de dados de tartarugas marinhas encalhadas pode fornecer informação biológica útil, como por exemplo, padrões sazonais e espaciais na ocorrência e mortalidade, estrutura etária, proporção sexual, dieta, variações interanuais associadas a eventos climáticos ou antropogênicos bem como as possíveis causas de mortalidade. O objetivo deste trabalho foi analisar os encalhes de tartarugas marinhas na costa do estado da Paraíba, no período de agosto de 2009 a julho de 2010, enfatizando a observação da ocorrência de ingestão de material antropogênico. Neste período foram registrados 124 encalhes. As espécies observadas foram C. mydas (n = 106), E. imbricata (n = 15), L. olivacea (n = 2) e C. caretta (n = 1). Do total de encalhes que puderam ser mensurados (n = 122), apenas doze indivíduos (9,7%) puderam ser considerados adultos. Em 20 indivíduos, foram encontrados resíduos antropogênicos sintéticos dentro do trato gastrointestinal e destes, em 13 indivíduos foi possível concluir que a causa da morte foi a ingestão destes resíduos. Em 43 indivíduos foram observados outros vestígios de interações humanas, como ferimentos provocados por emaranhamentos em linhas ou redes, ferimentos provocados por colisões com embarcações, contato direto com manchas de óleo e ferimentos provocados por facas e arpões. Em 28,5% das tartarugas encalhadas notou-se a presença de tumores externos sugestivos de fibropapilomatose. Em 9,7% foi possível observar marcas de mordidas de tubarões. Observou-se uma diferença significativa na ocorrência de encalhes entre machos e fêmeas, sendo que as fêmeas foram mais frequentes. Também verificou-se uma diferença significativa na ocorrência de encalhes entre as diferentes estações, sendo que no período de primavera/verão (estação seca) os encalhes foram mais frequentes. O resultado mais preocupante deste estudo foi a observação de evidências de interação com atividades antrópicas em metade dos encalhes analisados. O monitoramento de encalhes se faz necessário em toda a costa do Brasil e do mundo, pois este tem papel fundamental em estudos de ecologia, biologia e conservação destas espécies, gerando assim subsídios para ações locais e direcionadas aos principais problemas observados.
Abstract: Five sea turtle species use the Brazilian coast for reproduction and feeding: loggerhead turtle (Caretta caretta), green turtle (Chelonia mydas), leatherback turtle (Dermochelys coriacea), olive turtle (Lepidochelys olivacea) and hawksbill turtle (Eretmochelys imbricata). These species are included in the threatened categories, as much globally, according to the Red List of Threatened Species, issued by the International Union for Conservation of Nature (IUCN), as regionally, according to the Livro Vermelho da Fauna Brasileira Ameaçada de Extinção, published by the Ministério do Meio Ambiente. Sea turtles naturally face a wide variety of stressors, both natural and anthropogenic, like diseases, predation by other animals, incidental capture in fishing artifacts, marine pollution and the hunt. Systematic data collection from stranded sea turtles can provide useful biological information, such as seasonal and spatial patterns in their occurrence, and mortality, age structure, sex ratio, diet, interannual variations associated with climatic or anthropogenic events, as well as possible mortality causes. Thus, this study aimed to examine sea turtle strandings on the coast of Paraíba State, from August 2009 to July 2010, emphasizing the observation of the occurrence of ingestion of anthropogenic debris. In this period, 124 strandings were recorded. The species observed were C. mydas (n = 106), E. imbricata (n = 15), L. olivacea (n = 2) and C. caretta (n = 1). Of the total strandings that could be measured (n = 122), only twelve individuals (9.7%) could be considered adults. In 20 individuals, synthetic anthropogenic debris were found inside the gastrointestinal tract and of these, in 13 individuals it was concluded that the death cause was the ingestion of these residues. In 43 individuals, other traces of human interactions were observed, such as injuries caused by entanglement in fishing lines or nets, collisions with vessels, direct contact with oil spills, and lesions caused by knives and harpoons. In 28.5% of the stranded turtles, the presence of external tumors was noted, suggestive of fibropapillomatosis. Moreover, in 9.7%, shark bite marks were observed. A significant difference was found in the occurrence of strandings between males and females, being that the females were more frequent. Also, a significant difference was found in the occurrence of strandings between the different seasons, being that in the spring/summer (dry season), the strandings were more frequent. The most worrying result of this study was the observation of human interactions in half of the strandings analyzed. Stranding monitoring is necessary along the whole coast of Brazil and, indeed, along those of the entire world, because it has a fundamental role in studies of the ecology, biology and conservation of these species, generating benefits for local action, directed to the major problems observed.
Keywords: Chelonia mydas
Eretmochelys imbricata
Lepidochelys olivacea
Caretta caretta
Impactos antrópicos
Encalhes
Detritos antropogênicos
Chelonia mydas
Eretmochelys imbricata
Lepidochelys olivacea
Caretta caretta
Human impact
Strandings
Anthropogenic debris
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Zoologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas
Citation: POLI, Camila. Ecologia e Conservação de Tartarugas Marinhas Através da Análise de Encalhes no Litoral Paraibano. 2011. 85 f. Dissertação (Mestrado em Zoologia) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2011.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4103
Issue Date: 28-Jul-2011
Appears in Collections:Centro de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf675,73 kBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.