Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4104
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Pesca artesanal em Maracajaú-RN, Brasil: uma abordagem etnoecológica
metadata.dc.creator: Calado, Janaina Freitas
metadata.dc.contributor.advisor1: Rosa, Ricardo de Souza
metadata.dc.description.resumo: A pesca artesanal de Maracajaú, uma comunidade localizada no município de Maxaranguape, Rio Grande do Norte, Brasil, foi caracterizada a partir da união do conhecimento científico e do conhecimento ecológico local (CEL) dos pescadores. O estudo foi feito através de acompanhamento de desembarques pesqueiros, observações de campo, entrevistas estruturadas e semi-estruturadas. A principal embarcação utilizada na pesca foi a jangada. Foi verificado que 83 espécies de peixes são utilizadas como recursos pesqueiros na região. Estes são, em sua maioria, capturados no verão com linha de mão. A Guaiuba (Ocyurus chrysurus) foi a espécie mais capturada durante todo o período amostral, seguida pelo Peixe-Espada (Trichiurus lepturus). Neste trabalho foi proposto o Índice de Importância para a Pesca (IPP), com a finalidade de destacar aquelas espécies que, de acordo com suas características biológicas, ecológicas, comportamentais e comerciais, apresentam atributos que as valorizam na comunidade pesqueira. Segundo os critérios do IPP, sete espécies se sobressaíram na comunidade estudada: Guaiuba (Ocyurus chrysurus), Espada (Trichiurus lepturus), Cioba (Lutjanus analis), Dentão (Lutjanus jocu), Cavala (Scomberomorus cavalla), Serra (Scomberomorus brasiliensis) e Guarajuba (Carangoides bartholomaei). Um estudo etnoecológico foi conduzido com enfoque nestas sete espécies. Este mostrou que os pescadores artesanais possuem um conhecimento detalhado sobre a biologia e ecologia dos peixes, que é condizente com a literatura científica e com observações da pesquisa de campo. Por fim, foi observado que o CEL dos pescadores sobre as espécies consideradas como mais importantes para a pesca artesanal da área foi superior do que o conhecimento deles sobre as espécies ditas como menos importantes. Estes resultados confirmam estudos anteriores de que o conhecimento ecológico local dos pescadores é uma valiosa ferramenta no subsídio de planos de manejo e planos de gestão pesqueira. Além disso, o mesmo possui atributos que o qualificam tanto para ampliar o conhecimento científico sobre as espécies de peixes marinhos, quanto para atuar como instrumento de estímulo a participação popular na gestão dos recursos pesqueiros.
Abstract: The artisanal fishery of Maracajaú, a community in Maxaranguape City, Rio Grande do Norte, Brazil, was characterized by an investigation both of the scientific knowledge and local ecological knowledge (LEK) of fishermen. The jangada was the kind of boat mostly utilized in the fishery. 83 fish species were utilized as fishery resoureces in the area. The majority of these resources are captured with hand line during the summer. The Guaiuba (Ocyurus chrysurus) was the most captured species during the whole study period, followed by the Espada (Trichiurus lepturus). An index of the fishery importance (IPP) was proposed in this study, in order to point out those species that possess biological, ecological, behavioral and commercial attributes that render them as valuable in the fishery community. Following the IPP criteria, seven species were highlighted in the studied community: Guaiuba (Ocyurus chrysurus), Espada (Trichiurus lepturus), Cioba (Lutjanus analis), Dentão (Lutjanus jocu), Cavala (Scomberomorus cavalla), Serra (Scomberomorus brasiliensis) and the Guarajuba (Carangoides bartholomaei). An ethnoecological study was conducted on these seven species and showed that the artisanal fishermen possess a detailed knowledge on the biology and ecology of the fishes, which is mostly coincident with the scientific knowledge and the field observations. Finally, it was observed that the LEK of the fishermen on the most important species for the fishery was greater than for the species considered less important. Such results confirm earlier studies in that the local knowledge of fishermen is a valuable tool and subsidy of fishery management plans. Such knowledge possesses attributes that qualify it both for complementing the scientific knowledge on the marine fish species, and to act as an instrument to promote the popular participation in the management of fishery resources.
Keywords: Zoologia
Pesca artesanal
Etnoecologia
Conhecimento Ecológico Local
metadata.dc.subject.cnpq: CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Zoologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas
Citation: CALADO, Janaina Freitas. Pesca artesanal em Maracajaú-RN, Brasil: uma abordagem etnoecológica. 2010. 102 f. Dissertação (Mestrado em Zoologia) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2010.
metadata.dc.rights: Acesso aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4104
Issue Date: 27-Aug-2010
Appears in Collections:Centro de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf2,25 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.