Please use this identifier to cite or link to this item: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4129
metadata.dc.type: Dissertação
Title: Captura de aves em dossel florestal: técnica adaptada e estudo de caso em remanescentes de mata atlântica da Paraíba, Brasil
metadata.dc.creator: Ferreira, Alvino Pedrosa
metadata.dc.contributor.advisor1: Ribeiro, Alan Loures
metadata.dc.description.resumo: A captura de aves no dossel não é uma metodologia frequente, principalmente por motivos logísticos, mesmo que diversos autores tenham proposto técnicas. Existe ainda a preocupação de que aspectos que dependem do manuseio das aves passem despercebidos diante do preocupante estado atual das florestas. Este trabalho objetivou desenvolver uma metodologia a partir de técnicas já existentes e apresentar seu desempenho em comparações entre manhã e tarde, borda e interior, e três diferentes alturas de dossel; assim como descrever aves capturadas no dossel de três fragmentos de Mata Atlântica da Paraíba, Brasil, a partir da riqueza, abundância, diversidade, estrutura trófica, similaridade e dados biológicos e morfométricos. A metodologia desenvolvida aqui foi baseada principalmente naquelas sugeridas por Greenlaw e Swinebroad (1967) e Munn (1991). Todos os materiais, adaptações, passo a passo da montagem e utilização são apresentados. Foram capturados 171 indivíduos de 28 espécies, em 12 famílias. O período da tarde (χ² = 8,895; g.l = 1; p = 0,003), a borda (χ² = 7,164; g.l = 1; p = 0,009) e alturas entre 15 e 25 m (χ² = 6,00; g.l = 2; p = 0,049) foram as melhores situações encontradas. Metodologias para o trabalho com a avifauna podem ser atreladas ao pico de atividade e local de amostragem para um maior sucesso. A maior taxa de captura durante a tarde pode ser reflexo do aumento da atividade das aves antes do descanso noturno e de fatores climáticos. A presença de uma maior quantidade de indivíduos capturados na borda florestal pode ser explicada pela presença de espécies generalistas e pela maior quantidade de recursos por influência da matriz adjacente e fatores climáticos externos. A taxa de captura em alturas medianas pode ter sido maior por ter abrangido tanto espécies presentes de regiões mais altas quanto de regiões mais baixas do dossel. Pipridae e Thraupidae foram as famílias mais representativas. Dentre as espécies registradas, 60,71% são consideradas de dossel, 28,57% de estrato médio e 10,71% de sub-bosque e vegetação rasteira. Frugívoros, insetívoros e onívoros representaram 28,57% das espécies cada, enquanto que nectarívoros representaram 14,28%. As áreas foram consideradas 14 similares (C33 = 0,62) e apresentaram diversidade parecida. Foram observados dois picos reprodutivos; e um pico de muda de penas. Os dados morfológicos das 28 espécies de aves capturadas são apresentados. A dominância de espécies de dossel ocorreu conforme esperado. A dominância de forma igual de frugívoros, insetívoros e onívoros é um aspecto incomum, já que o dossel é geralmente dominado por frugívoros; assim como o baixo número de representantes da família Tyrannidae, a qual é tida como mais representativa em estudos de aves terrestres. Os resultados de diversidade e similaridade das áreas ocorreram como esperado, diante da proximidade e histórico das áreas. Os picos reprodutivos encontrados estão próximos ao relatado na literatura, como sendo de setembro a janeiro no Brasil. Também como frequente, o período de muda não coincide com a reprodução, provavelmente em função do gasto energético envolvido. Os dados morfométricos e de biomassa apresentados são pioneiros devido a escassez de informações de aves nesse estrato. Aspectos a serem ressaltados nesta adaptação são a facilidade de encontrar e manusear os materiais, custos acessíveis e menor perturbação da região de amostragem. As situações encontradas aqui são sugeridas em trabalhos realizados em fragmentos com dinâmica semelhante. São recomendados mais estudos de captura de aves no dossel para um melhor conhecimento da avifauna nesse estrato florestal.
Abstract: The capture of birds in the canopy is not a common methodology, mainly for logistical reasons, even though several authors have proposed techniques. There is also the concern that aspects that depend on handling birds are becoming relegated before the current state of forests. This study aimed to develop a methodology from existing techniques and present its performance in comparisons between morning and afternoon, edge and interior, and three different canopy heights; as well as describe the community of canopy birds captured in three Atlantic Forest fragments of Paraíba, Brazil, from richness, abundance, diversity, trophic structure, similarity and biological and morphometric data. The method developed here was based primarily on those suggested by Greenlaws and Swinebroad (1967) and Munn (1991). All materials, adaptations, step by step assembly and use are presented. We captured 171 individuals of 28 species in 12 families. The afternoon (χ ² = 8.895, df = 1, p = 0.003), the edge (χ ² = 7.164, df = 1, p = 0.009) and heights between 15 and 25 m (χ ² = 6.00, df = 2 p = 0.049) were the best situations encountered. Methodologies for working with bird can be linked to the peak of activity and place of sampling for greater success. The highest catch rate during the afternoon may reflect the increased activity of birds before the night rest and climatic factors. The larger number of captures in the forest edge can be explained by the presence of species and the quantity of resources influenced by the adjacent matrix and external environmental factors. The capture rate in median heights may have been greater for having covered both species in the higher as the lower regions of the canopy. Pipridae and Thraupidae were the most representative families captured. Among the recorded species, 60.71% are considered canopy specific, 28.57% are medium stratum specifc and 10.71% are understory and ground vegetation specific. Frugivores, insectivores and omnivores are 28.57% of species each, while nectarivores accounted are 14.28%. The areas were considered similar (C33 = 0.62) and showed similar diversity. There were two reproductive and a moulting peaks, and the morphological data from 28 species of captured birds are presented. The dominance of canopy species occurred as expected. The equal dominance of frugivorous, insectivores and omnivores is unusual as the canopy is generally dominated by frugivorous; as well as the low number of representatives of the family Tyrannidae, which is considered the most representative in studies of terrestrial birds. The results of diversity and similarity of areas occurred as expected, given the proximity and historic of the areas. The reproductive peaks are close to those reported in the literature as being from September to January in Brazil. As also commonly reported, the molting period does not coincide with the breeding, probably due to the energy expenditure involved. Morphometric and biomass data presented here are pioneers due to lack of information of birds in this stratum. Aspects to be highlighted in this adaptation are the low cost and ease of finding and handling materials, and the low disturbance of the sampling region. The situations encountered here are suggested in studies performed in fragments with similar dynamics. Further studies are recommended on capturing birds in the canopy to a better knowledge of the avifauna in this forest stratum.
Keywords: Avifauna
Biologia
Estratificação
Metodologia
Morfologia
Biology
Community
Metodology
Morfology
Stratification
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::ZOOLOGIA
metadata.dc.language: por
metadata.dc.publisher.country: Brasil
Publisher: Universidade Federal da Paraí­ba
metadata.dc.publisher.initials: UFPB
metadata.dc.publisher.department: Zoologia
metadata.dc.publisher.program: Programa de Pós Graduação em Ciências Biológicas
Citation: FERREIRA, Alvino Pedrosa. Captura de aves em dossel florestal: técnica adaptada e estudo de caso em remanescentes de mata atlântica da Paraíba, Brasil. 2013. 86 f. Dissertação (Mestrado em Zoologia) - Universidade Federal da Paraí­ba, João Pessoa, 2013.
metadata.dc.rights: Acesso Aberto
URI: https://repositorio.ufpb.br/jspui/handle/tede/4129
Issue Date: 22-Feb-2013
Appears in Collections:Centro de Ciências Exatas e da Natureza (CCEN) - Programa de Pós-Graduação em Ciências Biológicas

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
arquivototal.pdf1,54 MBAdobe PDFThumbnail
View/Open


Items in DSpace are protected by copyright, with all rights reserved, unless otherwise indicated.